Anúncio Anúncio Module
Recolher
Nenhum anúncio ainda.
PXB Cast 02 Título da Página Module
Mover Remover Recolher
X
Detalhes da Conversa Module
Recolher
  • Filtrar
  • Hora
  • Mostrar
Clear All
novos posts

  • PXB Cast 02









    PARTICIPANTES
    DocAraxá ADMINISTRADOR

    DW CONSULTOR

    ZeroCool BR MODERADOR


    Nesta edição a Equipe do PXB comenta opiniões, detalhes técnicos, dúvidas e suposições acerca da nova geração de games (games?) da Microsoft, o Xbox One! O nome, o design, a estratégia, o hardware comparado ao Playstation 4 e como a Microsoft pretende conquistar o mercado com seu novo console.



    Para assinar o feed, use este link no itunes ou seu agregador de podcasts preferido.
    Também disponível na iTunes Store.


  • #2
    Vamos lá... Ouvindo...

    Comentar


    • #3
      Queria baixar o arquivo em MP3 mas tá difícil ein

      Comentar


      • #4
        acho que agora consegui

        Comentar


        • #5
          Poxa, amigos. Eu sou apaixonado pelo Xbox 360. Pode ser falta de perspectiva minha, mas eu quero jogar, não tô muito preocupado com uma central de entretenimento que unifique outras coisas que eu ja tenho. Uma nova geração é animadora, mas tomara que mostrem mais do que TV na E3.

          Comentar


          • ZeroCool BR
            ZeroCool BR comentado
            Editando um comentário
            Luiz ta uma boa hora pra ter o Xbox 360, agora os preços tendem só a cair.
            Editado por ZeroCool BR; 23-05-13, 14:56. Motivo: editado

          • Luiz Trindade
            Luiz Trindade comentado
            Editando um comentário
            É verdade ZeroCool BR. E pretendo ficar com meu 360 até o fim. Como disse: é um console pelo qual realmente sou apaixonado; e construí uma biblioteca de titulos realmente colecionáveis para ele com jogos do Caixão e do próprio 360. Continuarei comprando jogos para ele e curtindo até que seja descontinuado e, assim como meu Mega Drive velho de guerra, ele continuará em meu inventário, recebendo títulos que não pude jogar em sua vida útil, enquanto hajam.

        • #6
          Doc eu concordo com você, o que você disse com relação a que nós queremos jogar e todo resto é só "firula". Agora, se tratando de Brasil e da própria realidade do 360, acho que não vamos ver essa "fírulas".... No final das contas, teremos o que temos hoje mas com alguns recursos diferentes (conquistas, nuvem, controle) e só.
          E só uma pergunta, no Win8, não é só desligar o computador? (pelo menos aprendi assim).
          Outro ponto que gostaria de levantar... será que a MS está errada? Quero dizer, o lançamento foi muito ruim, mas quando lançaram o Kinect, muita gente criticou, justamente por não ser "hardcore", não é mesmo?
          O que quero dizer, será que é ruim querer atingir "todo mundo"? Você acha que o One será realmente "ruim" para nós que somos mais hardcore?
          Acho que o como eles venderam não foi bom... mas com os jogos não vejo mais esse problema. (isso pensando em que vai ser o console e não o que a MS acabou usando como texto de lançamento).
          Editado por Haddad; 23-05-13, 15:07.

          Comentar


          • MaikyJS
            MaikyJS comentado
            Editando um comentário
            Não há problema em querer atingir vários públicos, mas a MS não soube colocar o pessoal game como público principal. Afinal o pessoal que compra Xbox só por causa do Kinect é meio "fogo de palha", compra o console, compra um jogo a cada ano e liga o console só em festas. Todo mundo sabe que quem move o mercado de games são os gamers que são pelo menos um pouco mais hardcore

          • ZeroCool BR
            ZeroCool BR comentado
            Editando um comentário
            Concordo contigo Maiky, isso me lembra um pouco o público do Wii.

          • Haddad
            Haddad comentado
            Editando um comentário
            Mas dando uma de advogado do Diabo, ok? (eu concordo com vocês) ... Quero fazer uma pergunta, pois acho que vocês tem mais dados e conhecimento para ajudar...
            Eu tenho a impressão que o Xbox cresceu em vendas depois que foi lançado o kinect, não foi? Quero dizer, até então quem dominava as vendas era o Wii, será que esse "fogo de palha", não viu a possibilidade de ter uma interação maior com o Xbox do que no Wii e com gráficos melhores, etc?
            Meu ponto é... será que essas pessoas que deixaram o Wii como líder de vendas por tanto tempo, não podem tornar nessa nova geração o Xbox, líder?
            Sinceramente não vejo o ponto mais crítico da MS buscar esse público de kinect, até porque eles nem chegaram nem perto disso... Não acho que o público que joga Wii é o cara que troca o vídeo game pela TV.
            O ponto fundamental é que a MS errou em falar demais sobre TV.... quem quer jogar vídeo game, justamente não quer ver TV! Não sei se isso tem algum outro pano de fundo, se estão tentando mudar os caminhos do que é a Tv hoje em dia, etc... mas o fato é que isso não tem nada haver com vídeo game.
            Mas... eu quero ressaltar... as pessoas estão elevando demais o PS4 na minha opinião. Eu não acho que eles acertaram, a MS que errou demais... Lembro-me muito bem que o PS3 prometeu muito no lançamento e ficou a desejar.
            Eu ainda estou esperando mais informações de ambos para entender melhor o que vai acontecer no próximo ano. O que vocês acham?

        • #7
          Galera, parabéns pelo PodCast. É importante debatermos e principalmente como vocês disseram no final, ficar de olho nos próximos passos da MS no que se trata de Brasil, onde no final das contas, realmente importa. Um país que tem milhares de aficionados não pode ficar abandonado e em segundo plano.
          Valeu, abraço!

          Comentar


          • ZeroCool BR
            ZeroCool BR comentado
            Editando um comentário
            E a Microsoft estava fazendo um bom trabalho aqui, nos resta saber se vai continuar, esse é O momemnto pra eles.

          • PHRIOS
            PHRIOS comentado
            Editando um comentário
            O que me deixa cabreiro é que até o momento não tem ninguém que responde pela divisão Xbox no Brasil, desde a saída do Guilherme Camargo.

            Todos sabemos que para vingar aqui alguma coisa aqui que foi amplamente alardeada na apresentação a MS daqui teria que negociar localmente com possíveis parceiros .Vide uma parceria com uma Sky ou Net.

            E hoje, quem esta correndo atras destas parcerias e tudo mais que um lançamento desta magnitude demanda?

          • Haddad
            Haddad comentado
            Editando um comentário
            Sim, conseguimos uma Live nacional. Um grande passo. Bem defasado, mas que com o tempo foi ganhando mais forma. Conseguimos lançamentos mundiais. E vários e vários jogos em português (legendado ou dublado), muitos até fora da MS....
            Mas acho que como foi comentando no P.Cast, tudo foi começando a perder força. Também tivemos várias promessas não cumpridas. Que simplesmente deixam de lado e caem no esquecimento.
            Será uma surpresa muito grande nós termos grandes notícias com relação ao One aqui. (fabricação, lançamento, bons preços, jogos de lançamento, conteúdo para nós). Eu desconfio que vai ser muito difícil, mais uma vez.

        • #8
          Uau, que bacana, estou até mais saceado da fome que eu estava sobre o x1, kkkkkkkk.

          Senhores, esse podcast foi um banquete pra mim, mal vejo a hora de comer novamente com a galera do Jogando Papo, e falando neles, o Celso (correspondente direto de Boston), é quem dirá pra nós o ponto de vista dos norte americanos né?!

          Em relação ao debato que Vcs fizeram, ficou uma interrogação na minha cabeça na parte de hardware... Qual é a placa de video?

          Quem a fornecerá? É equiparada a qual do mercado?

          DW, vc sabe, me fala!

          Agora em relação a tudo que a MS mostrou e falou do novo produto que ela vai dispor no mercado, que parece que é focado em amantes de video game, eu ñ lembro qual de vcs falou, que o gamer casca-grossa ñ tem condições de ajudar a expandir o mercado deste tipo de aparelho, e que talvez, o PS4 tb seja o último dos aparelhos FOCADOS apenas em jogos.

          Com o avanço da Micro-arquitetura, e a entrada da Nano tecnologia, a tendência é criarem cada vez mais dispositivos imbutindo outras tecnologias, esse é um caminho sem volta, e nem vou dar exemplos que TODOS aqui ná hora, já tiveram uma luz, certo.

          Cada vez mais, eu estou passando a aceitar o novo produto que ela está pra colocar no mercado, não tem pra onde correr, uma coisa mais HORRÍVEL que foi inventado e que mesmo diante de muita reclamação, já caiu no esquecimento, é a inspeção veícular obrigatória, kkkkkkkkkkkkkkk

          É isso ai Doc, DW e Zero "Legal" Br, um abç pra vcs!

          Comentar


          • DW
            DW comentado
            Editando um comentário
            Fala Paul,



            A GPU é feita pela AMD sob medida para a Microsoft. Ainda não sabemos qual placa atualmente no mercado ela se compara pois a arquitetura do barramento de memória é muito diferente daquilo que usamos nos PCs. O que sabemos comparando apenas specs do que foi divulgado para o PS4 é que na comparação entre uma GPU e a outra a do Xbox One tem uma força bruta de 33% a 50% menor. Agora é hora de esperar as demos dos jogos na E3 para observarmos se a diferença nos specs fará com que os jogos do PS4 tenham visual melhor. Minha aposta é que mesmo com as diferenças no papel o visual de ambos, agora no início da geração será muito parecido. Veremos.



            [] `s DW
            Editado por DW; 23-05-13, 17:19.

        • #9
          Feita pela a AMD sob encomenda??? Muito interessante DW.

          Agora diferença no visual DW, acho q será pouco ou nenhuma diferença nos jogos multi (Pc, PS4 e X1), sabe porquê? Eu explico, (vc já ouviu isso?)... então, qquer jogo no pc, tem as configs minimas e ideais, certo? Logo, qndo é usado uma config acima da ideal (recomendada pela softhouse), o desempenho é o mesmo, certo?

          O fato de eu usar minha GTX 670 com um i5 2500 mais 4GB de memória e o jogo ser instalado numa SSD, não significa que:

          Quem usar um Titan com um bla, bla, bla, bla

          Ex. sei q vc está jogando Far Cry 3, então vamos lá
          Requisitos Mínimos

          Processador: Intel Core2 Duo E6700 / AMD Athlon 64 X2 6000+
          Velocidade do processador: 2 núcleos de 2.66 GHz
          Memória RAM: 4 GB
          Memória de vídeo: 512 MB
          Chipset de vídeo: NVIDIA 8800 GTX / ATI HD 2900 XT
          Direct3D: Sim
          Versão do DirectX: 10.0
          Sistemas Operacionais: Windows Vista, Windows 7
          Espaço: 20 GB livres em disco

          Requisitos Recomendados

          Processador: Intel Core i3-530 / AMD Phenom II X2 565
          Velocidade do processador: 4 núcleos de 3.2 GHz
          Memória RAM: 6 GB
          Memória de vídeo: 1 GB
          Chipset de vídeo: NVIDIA GTX 460 / ATI HD 5870
          Direct3D: Sim
          Versão do DirectX: 11.0
          Sistemas Operacionais: Windows 7
          Espaço: 20 GB livres em disco



          Eu pergunto, qualquer config. acima da Recomendada, vai fazer diferença que intresteça quem tem uma config. hj em dia, identica a recomendada pela Ubsoft DW?

          outro [] pra vc tb!!!!

          Comentar


          • paul_gamer
            paul_gamer comentado
            Editando um comentário
            Ok DW!

            Vamos aguardar os primeiros jogos e os comentários dos game designs sobre como é trabalhar em cada uma das plataformas em seu início!

          • caddelin
            caddelin comentado
            Editando um comentário
            Na verdade depende do jogo viabilizar ou não níveis de qualidade gráficas maiores para quem possua um hardware mais adequado. No MÍNIMO dos MÍNIMO, sempre haverá uma diferença de desempenho no processamento, como a quantidade de frames por segundo. Por exemplo, MESMO até que alguém jogando o Far Cry 3 com uma GTX 460 consiga rodar com tudo no máximo, o desempenho será sempre inferior ao de uma GTX 680, por exemplo. Uma GTX 680 foi feita para você rodar em resolução de até três monitores interligados, então não só é possível (se você tiver o equipamento) rodar o jogo numa resolução que a 460 não consegue nem sonhar em rodar, como também ela nem sequer sua a camiseta para rodar no máximo de FPS discerníveis pelo olho humano, e sem nenhuma queda, o que em qualquer outra máquina estaria sujeito a mais solavancos.

            Hardware é tudo nesas horas. Não vamos nos iludir com a "miraculosa capacidade dos programadores" porque o hardware sempre vai estabelecer as fronteiras do que pode ou não ser feito.

          • paul_gamer
            paul_gamer comentado
            Editando um comentário
            Perfeito Caddelin, foi muito esclarecedor!

            O ganho fica no quesito fps (frames por segundo), muito instrutivo, valeu!

        • #10
          Muito bom o

          Comentar


          • #11
            Vou repetir o que já havia dito no tópico do PXB Cast nº1.

            Respeito a opinião do Doc Araxá e dos demais participantes do PXB Cast nº2, mas não concordo com a maioria delas.

            Penso que a indústria de games chegou num ponto que para uma empresa ficar neste ramo só vale a pena se o negócio der muito, mas muito lucro mesmo e não apenas meramente pagar os custos, porque a energia necessária a ser gasta com criatividade, gerenciamento, inovação que é exigida atualmente neste ramo alcançou patamares muito altos e perigosos.

            Nós sabemos que no mundo de hoje, para as empresas de games atender os desejos dos gamers hardcores estas precisam sambar muito para conseguir pagar custos, e numa situação desta é válida sim a estratégia de entupir os novos consoles de aplicativos e transforma-los em Media Centers para equilibrar a receita, e outras estratégias que sequer consigamos imaginar hoje.

            Galera, sejamos menos exagerados, é óbvio que haverá milhares de games, inclusive milhares de games hardcores, para serem jogados no novo Xbox Infinity ao longo do seu ciclo de vida.... daí se o usuário não gosta dos aplicativos firulas, passe batidos por eles na tela inicial do aparelho e vá direto a jogatina. A presença deste mar de firulas que estão hoje nos consoles pode não fazer a mínima diferença para os gamers hardcores, mas não sejamos ingênuos este mar de firulas é muito importante para a saúde dos negócios das empresas e elas tem as estatísticas para se basearem nestas tomadas de atitudes. Imaginem como estaria a saúde financeira das empresas do ramo de telefonia e a importância destas para a economia hoje, se os celulares continuassem tendo apenas como função "ouvir e falar a distância'?

            Posso estar errado nas minhas análises, ninguém sabe ao certo o futuro. Mas sou muito otimista quanto ao novo Xbox One.

            "As muito feias que me perdoem, mas beleza é fundamental." Vinícius de Moraes

            Comentar


            • ZeroCool BR
              ZeroCool BR comentado
              Editando um comentário
              Respeito seu otimismo, mas creio que você é um dos poucos que esta levando fé nessa estratégia da Microsoft, o problema como você citou o celular é que essas funcionalidades novas não agregam na experiência do jogador e forma como tudo foi apresentado foi no minimo atabalhoada, nós como apreciadores dos consoles da Microsoft esperávamos um pouco mais.do unveil.

            • ElCidBr68
              ElCidBr68 comentado
              Editando um comentário
              Cara ninguém discuti a necessidade do uso de outros meios para a Microsoft arrecadar mais. A questão aqui é o foco do console, se ele vai ser apenas um média center ou um console de jogos com outras funcionalidades.
              Aparentemente a Microsoft optou pela segunda, enquanto a Sony, apesar de tambem ter suas firulas,optou mais pela primeira. Agora como essas estratégias vão ser desenvolvidas só vamos ter certeza daqui a um ano mais ou mesmo.

            • DW
              DW comentado
              Editando um comentário
              Fala Mr. X



              Gostei muito do seu ponto de vista. E você tem toda razão: Ninguém sabe ao certo o futuro.



              O que fica claro é que a Microsoft está numa estratégia bem diferente da da Sony. E realmente a Microsoft está apostando todas as fichas que o mercado de hardcore gamers não mais conseguiria sozinho pagar a conta de mais uma geração. É uma aposta arriscada, mas que pode estar certa. Vamos acompanhar os desdobramentos nas próximas semanas e meses. Sem dúvida teremos muitos coisas interessantes acontecendo que podem nos ajudar a entender melhor o que acontecerá.



              []'s Dw.

          • #12
            Muito legal ver que as coisas estão voltando ao normal com tudo!!!
            Nova casa, conteúdo de qualidade e aquela velha sensação de uma nova geração se aproximando e virando realidade...

            Parabéns pelo programa...foi quase 1 hora de conversa e confesso que nem percebi o tempo passar...minha vontade era de estar conversando e debatendo junto com a galera...huahuahuaha


            Pai, Marido, Trabalhador e GAMER!!!

            Comentar


            • DW
              DW comentado
              Editando um comentário
              Legal André,



              E é muito bom ver o pessoal expressando novos pontos de vista sobre o assunto para que o debate fique mais rico. O patamar elevado com que debatemos na comunidade temas complexos como esse é o que torna tão interessante participar do PXB.



              []'s Dw.

            • ZeroCool BR
              ZeroCool BR comentado
              Editando um comentário
              Acho que pra gente que gravou também ficou aquela sensação que o tempo passou bem rápido, o mais legal é ver que o debate sempre continua aqui no PXB e até digo mais, o debate evolui por aqui!

          • #13
            Tenho que concordar com o Doc sobre a estratégia da Microsoft abandonar os jogadores Hardcore nesse primeiro momento. Jogador hardcore no mundo dos consoles de games é formador de opinião, abdicar de tentar atrair esse caras pro teu lado pode ser uma tremenda roubada.
            Acredito que na E3 a Microsoft vai mudar o discurso e tentar trazer esse povo pro lado deles. Como, fica ai a duvida.
            \\\ A opção pela verdade deve ser refeita diariamente, entre as hesitações e dúvidas que constituem o preço da dignidade humana /// Olavo de Carvalho

            http://raptr.com/ElCidBR68

            Comentar


            • ZeroCool BR
              ZeroCool BR comentado
              Editando um comentário
              Ela precisa mudar, disso nós temos plena certeza Elcid!

            • paul_gamer
              paul_gamer comentado
              Editando um comentário
              Elcid, recomendo vc assistir novamente o press conference, e vc verá que qndo o Yusuf Mehdi vai iniciar a demonstração, ele fala que veremos mais sobre os jogos na E3.

          • #14
            Eu estou otimista. Até a E3 tenho grande esperança de uma revira volta em favor do X-One como VÍDEO GAME.

            Comentar


            • ElCidBr68
              ElCidBr68 comentado
              Editando um comentário
              Acho que otimismo é o que todos temos neste momento Mr. Cloud. Mas que fica um certo medo de pra onde vai esse mercado, ah isso fica.

              E não espero grandes revelações na E3, se fosse pra ter grandes revelações já teriam feito. A E3 vai ficar pra remendar as porcarias que a Microsoft fez até o momento, e esperamos revisar as estratégias de mercado.

              E vamos finalmente ver o tão falado PS4 e seu novo Dualshock ao vivo, quem sabe!

            • Mr. Cloud
              Mr. Cloud comentado
              Editando um comentário
              Ainda acredito que a MS vai focar em jogos na E3, mas vamos esperar... falta pouco.

          • #15
            Opa!! O tão esperado Podcast PXB sobre o novo Xbox One. Baixando!!!
            Editado por AleAcostA; 25-05-13, 21:01.

            Comentar

            Trabalhando...
            X