Blair Witch é anunciado com trailer que lembra Alan Wake

Gerent

Viciado
569
407
Santa Catarina
Terminei o jogo.

Voltando apenas pra avisar que não é leve igual Alan Wake.
O jogo é praticamente dividido em duas partes, a primeira é exploração e a segunda jumpscare e terror.

Fechando o jogo eu diria que é outra experiência, vale a jogatina.
 
  • Curtir
Reações: The Herdy

João Saleme

Novato
167
92
Wellington
Bem, Layers of fear tbm é mal otimizado, porém em Blair Witch não da pra relevar.
No fat one me deu dor de cabeça, cada virada de câmera me dava algo ruim.

Acabei de matar meu segundo monstro e o jogo é até interessante até aqui, mas meio decepcionante.

Ah, e pra quem ta com medo de jogar, podem ir de boa, é nível Alan Wake.
Eu matei meu primeiro e não faço idéia como. Só sei que matei porque pipocou a conquista na tela.
Estou meio perdido no jogo e não sei se é minha culpa ou do game.
Quando encontramos a primeira fita, assisti ao vídeo algumas vezes, parei frame a frame para ver se algo acontecia e nada. Joguei mais uma hora sem conseguir proceguir e desisti. No outro dia, quando voltei a jogar, assisti o video como havia feito antes e o carrinho apareceu.
 

Gerent

Viciado
569
407
Santa Catarina
Eu matei meu primeiro e não faço idéia como. Só sei que matei porque pipocou a conquista na tela.
Estou meio perdido no jogo e não sei se é minha culpa ou do game.
Quando encontramos a primeira fita, assisti ao vídeo algumas vezes, parei frame a frame para ver se algo acontecia e nada. Joguei mais uma hora sem conseguir proceguir e desisti. No outro dia, quando voltei a jogar, assisti o video como havia feito antes e o carrinho apareceu.
Percebi que a galera meio que se perdeu nessa parada das fitas, principalmente nas duas primeiras.
Mas depois começa a ficar bem óbvio.
Mas não desiste pq vale a pena a experiência.
 
  • Curtir
Reações: João Saleme

Paulo Taucci

Viciado
317
207
Brasil
Eu comecei o jogo, bem no começo ainda, encontrei as primeiras duas fitas, quando chega nas trincheiras. Por enquanto to gostando e muito. Ele é bem monótono no começo, mas jogo de terror costuma ser assim mesmo, é pra dar a introdução da história, pra vc entender a situação dos personagens. Depois as coisas começam a decolar, quando escureceu começou a ficar mais interessante. Eu achei bacana que vc não tem mapa, a floresta te perde de vez em quando, então vc depende muito do cachorro, e teve uma hora que o cachorro ficou rodando em circulos rs. Interessante também como ele brinca com o psicológico, o cara é meio surtado, o cachorro é problemático, os dois não podem ficar muito tempo separados (me lembrou os livros do Stephen King nesse ponto). Tem coisas que vc não sabe se é real, se é bruxaria ou se é da mente dele. A polícia não acredita nele justamente por essas alucinações dele. E essa parada das fitas achei muito doido, algo surreal. Acho que fizeram isso porque no Layers of Fear tinha aquela de vc se virar e o ambiente mudar por completo que agradou a muitos.
 
Comecei o game ontem a noite, tava bem animado pra jogar.
Cheguei a encontrar 3 fitas e enfrentei 2 inimigos. Confesso que quando o jogo apresentou o primeiro inimigo, deu uma brochada, a tensão tava legal e o inimigo é fraco no sentido "terrorístico" da coisa. Mas vou seguir, o jogo parece ter um potencial legal, principalmente pelo background do personagem principal!
 

Rafael Marques

Viciado
822
1,684
São Paulo
Zerei ontem, aparentemente há vários finais.

Gostei do game, mas ainda me deixou bem menos assustado que Layers of Fear. Talvez porque a proposta seja levemente diferente também, um pouco mais calcada na exploração aberta com leves toques de ação. O estúdio mostra todo seu talento mesmo lá pra parte final do jogo, que é mais voltado ao terror psicológico, as demais partes abertas são "novidade" em termos de desenvolvimento. Levando isso em consideração, acho que foram muito bem. Os gráficos também são bons, o clima é muito bem construído em torno da floresta, o cão realmente foi uma excelente adição ao torna-se guia indispensável de jogadores casuais até hardcores.

Como disseram, esse estúdio é muito talentoso, apesar de entregarem jogos sempre com performance medíocre e vários bugs. Tive que reiniciarbo game algumas vezes pra poder acessar a roda de ferramentas e coisas assim.

Espero que esteja na mira de aquisições da Microsoft, eles sempre tiveram uma excelente relação.
 

Gerent

Viciado
569
407
Santa Catarina
Lendo os comentários de vcs, percebo que o jogo está bem longe do terror que temos em Outlast e Layers of Fear.

Desse jeito vou até arriscar hehe
Apenas para o final fica assustador e com sustos. 90% do jogo é exploração e tensão. Pra quem jogou os outros jogos do estúdio ficou bem claro que o ponto forte deles são cenário fechados.

Algo que ficou bem nítido entre a galera que jogou foi a broxada na escolha dos monstros. Poderiam fazer algo bem mais simples como vultos humanos andando entre uma arvore e outra.
 

Morts

Viciado
12,580
7,322
Cotia
Olha comecei o jogo e sinceramente eu me decepcionei.
Esperava algo mais estilo outlast, terror 100% do tempo.
Joguei 1 hora e não senti nenhuma tensão. Eu ia dropar ele, até pq em 1h, não pipocou nenhuma conquista, mas vendo q o jogo tem 6h vou até insistir no final.
Mas confesso que esperava bem mais, nisso outlast é foda!
 

Wolsten

Viciado
Cara, que jogo! Quando apresentaram o trailer, eu fiquei com um pé atrás porque parecia um Outlast genérico, mas felizmente não chega nem perto!
Apesar de adorar Outlast, não é um jogo que me causa medo, apenas sustos e a agonia de ficar fugindo do perigo. E para mim, depois de dois jogos e uma expansão, a jogabilidade não tem mais o mesmo charme de antes. Então nem preciso dizer o quanto fiquei feliz quando vi que Blair Witch seguiu um caminho diferente.
Os gráficos estão bons, a jogabilidade é legal e a história é ok, mas a ambientação é incrível!
Como alguém que adora o filme original (e a versão de 2016 também), achei surreal ligar o Xbox e ser transportado pra floresta de Black Hills. Os detalhes, os sons, as coisas bizarras, está tudo lá! E depois de tantos e tantos anos, um jogo me deu medo. Medo a ponto de ficar enrolando antes de seguir caminho, medo a ponto de empurrar o Bullet para ir na frente, e até mesmo medo a ponto de parar de jogar (motivo pela qual não zerei ainda).
E achei sensacional a ideia de ter um cachorro como companheiro! No inicio do jogo lá estava eu fazendo carinho no Bullet pra fortalecer a nossa relação, e algumas horas depois, lá estava eu fazendo carinho no Bullet pra me acalmar.
Sério, fazia um tempinho que eu não me envolvia tanto em um jogo, as horas passavam e eu só percebia na hora de desligar o vídeo game.
Tem alguns momentos que gostei bastante, mas como considero spoilers não vou dizer quais.
Então para quem é fã da história da Bruxa de Blair, é um prato cheio! Para quem só quer jogar um jogo de terror e não liga para os filmes, provavelmente não vai achar tanta graça, muita coisa se perde sem o contexto do filme original, e acho que a história e os inimigos por si só não conseguiriam prender a atenção tanto assim. Portanto, se alguém aqui for jogar por jogar, assista ao filme antes!
Provavelmente esqueci de falar uma coisa ou outra, mas é isso, eu gostei bastante e não vejo a hora de chegar em casa pra jogar! (Hoje eu zero saporra!)
E deixo aqui meu agradecimento a Microsoft e ao Game Pass!
 

lufre

Viciado
Cara, que jogo! Quando apresentaram o trailer, eu fiquei com um pé atrás porque parecia um Outlast genérico, mas felizmente não chega nem perto!
Apesar de adorar Outlast, não é um jogo que me causa medo, apenas sustos e a agonia de ficar fugindo do perigo. E para mim, depois de dois jogos e uma expansão, a jogabilidade não tem mais o mesmo charme de antes. Então nem preciso dizer o quanto fiquei feliz quando vi que Blair Witch seguiu um caminho diferente.
Os gráficos estão bons, a jogabilidade é legal e a história é ok, mas a ambientação é incrível!
Como alguém que adora o filme original (e a versão de 2016 também), achei surreal ligar o Xbox e ser transportado pra floresta de Black Hills. Os detalhes, os sons, as coisas bizarras, está tudo lá! E depois de tantos e tantos anos, um jogo me deu medo. Medo a ponto de ficar enrolando antes de seguir caminho, medo a ponto de empurrar o Bullet para ir na frente, e até mesmo medo a ponto de parar de jogar (motivo pela qual não zerei ainda).
E achei sensacional a ideia de ter um cachorro como companheiro! No inicio do jogo lá estava eu fazendo carinho no Bullet pra fortalecer a nossa relação, e algumas horas depois, lá estava eu fazendo carinho no Bullet pra me acalmar.
Sério, fazia um tempinho que eu não me envolvia tanto em um jogo, as horas passavam e eu só percebia na hora de desligar o vídeo game.
Tem alguns momentos que gostei bastante, mas como considero spoilers não vou dizer quais.
Então para quem é fã da história da Bruxa de Blair, é um prato cheio! Para quem só quer jogar um jogo de terror e não liga para os filmes, provavelmente não vai achar tanta graça, muita coisa se perde sem o contexto do filme original, e acho que a história e os inimigos por si só não conseguiriam prender a atenção tanto assim. Portanto, se alguém aqui for jogar por jogar, assista ao filme antes!
Provavelmente esqueci de falar uma coisa ou outra, mas é isso, eu gostei bastante e não vejo a hora de chegar em casa pra jogar! (Hoje eu zero saporra!)
E deixo aqui meu agradecimento a Microsoft e ao Game Pass!
O bonito da vida é isso. Existem coisas pra agradar todo mundo no seu estilo.
 
1,274
506
Terminei, gostei bastante, primeiro jogo de terror que zero. Para quem é hardcore no gênero, provavelmente achará chato, mas para os medrosos, o jogo é uma excelente entrada, só levei 2 sustos durante o jogo, mas fiquei tenso demais, o jogo quase todo. E vi que é cânone, preciso vê os filmes.
Mas cadê a Bruxa? Haha, achei o final até que previsível
 
  • Curtir
Reações: Wolsten

Wolsten

Viciado
Terminei, gostei bastante, primeiro jogo de terror que zero. Para quem é hardcore no gênero, provavelmente achará chato, mas para os medrosos, o jogo é uma excelente entrada, só levei 2 sustos durante o jogo, mas fiquei tenso demais, o jogo quase todo. E vi que é cânone, preciso vê os filmes.
Mas cadê a Bruxa? Haha, achei o final até que previsível

Terminei ontem também! Cara, achei a parte final tão tensa que várias vezes pensei em desistir e assistir o final no youtube haha.
Foi uma junção de todo o clima pesado que o jogo foi construindo + os sustos e as agonias do Outlast.
Sério, quem conseguiu zerar Blair Witch de noite, usando fone de ouvido e em um quarto escuro, tem meu respeito!
Que legal que gostou sem ter visto os filmes, eu não sei se teria me envolvido tanto sem eles. Mas realmente, da mesma forma que joguei com uma base em cima dos filmes, você irá assisti-los com uma base em cima do jogo. Interessante, não tinha pensado nisso!
Tem que começar com o filme original, ele é incrível e brinca muito com a imaginação! O segundo só recomendo assistir por curiosidade, porque ele é péssimo e só foi feito por dinheiro mesmo haha. O de 2016 tem quem goste e quem não goste, ele bebe muito do primeiro filme e traz para os dias de hoje, eu particularmente achei muito bom!

A Bruxa? Está no 71! O final não era o que eu estava esperando, mas achei ele bom para encerrar o jogo e sua história. A única coisa que eu achei que o jogo não deixou claro foi a forma de obter um final ou outro (acho que são 4 ou 5). Vi muito rage porque a galera queria um final feliz. Para mim, a partir do momento que o Bullet aparece já é um final feliz haha.
 
1,274
506
Terminei ontem também! Cara, achei a parte final tão tensa que várias vezes pensei em desistir e assistir o final no youtube haha.
Foi uma junção de todo o clima pesado que o jogo foi construindo + os sustos e as agonias do Outlast.
Sério, quem conseguiu zerar Blair Witch de noite, usando fone de ouvido e em um quarto escuro, tem meu respeito!
Que legal que gostou sem ter visto os filmes, eu não sei se teria me envolvido tanto sem eles. Mas realmente, da mesma forma que joguei com uma base em cima dos filmes, você irá assisti-los com uma base em cima do jogo. Interessante, não tinha pensado nisso!
Tem que começar com o filme original, ele é incrível e brinca muito com a imaginação! O segundo só recomendo assistir por curiosidade, porque ele é péssimo e só foi feito por dinheiro mesmo haha. O de 2016 tem quem goste e quem não goste, ele bebe muito do primeiro filme e traz para os dias de hoje, eu particularmente achei muito bom!

A Bruxa? Está no 71! O final não era o que eu estava esperando, mas achei ele bom para encerrar o jogo e sua história. A única coisa que eu achei que o jogo não deixou claro foi a forma de obter um final ou outro (acho que são 4 ou 5). Vi muito rage porque a galera queria um final feliz. Para mim, a partir do momento que o Bullet aparece já é um final feliz haha.
Eu terminei de madrugada o jogo, mas usar fone aí não tenho tanta coragem não kkkk, o som desse jogo é absurdo.
Vou vê o filme original, li que a parte final do jogo é um prato cheio para quem viu os filmes.
Também fiquei sem entender quais seriam as escolhas, a única que visualizo seria a que você abandona o Bullet quando ele se machuca, tem a opção de soltá-lo. Eu vi 2 finais, mas tem gente falando em 4. Só sei que tenho 5 conquistas secretas e duas sobre descobrir o que aconteceu com o Bullet e Peter