Rumor Central de Rumores Xbox - "Eu aumento, mas não invento"

xJohnKennedy

Viciado
1,403
1,479
Goiás
THQ diz estar com 80 jogos em desenvolvimentos, tem muita coisa na mão dela. E "muita" no sentido de "parece além do que eles podem gerenciar".
Mas pode ser uma jogada inteligente (não que eu acredito muito nisso agora), pois daqui a pouco, com essas grandes querendo entrar no mercado de streaming e loucas pra ter conteúdo pra apresentar, já pensou o poder de negociação da THQ agora (ou daqui a pouco) sentada numa mesa com o Google pra discutir acordos de exclusividade? É um movimento estranho porque dá a impressão que eles não tem cacife pra tudo isso, mas estão aí fechando acordos e mais acordos, caso eles não sejam vigaristas e realmente consigam dar andamento a isso tudo, a THQ passa a sentar nas reuniões com mesmo peso de EA e Ubisoft, pois a chance de sair pelo menos alguns títulos incríveis no meio desses 80 é bem grande.
Sabe o que vai acontecer né, falir e sair vendendo isso tudo denovo.
 
  • Curtir
Reações: RAYMON

ronabs

Opa
Moderador
11,872
22,757
Porto Alegre
Estão falando que esse Behemoth e San Diego são a mesma coisa e é um estúdio. Existe um estúdio em San Diego que já trabalhou antes com a Microsoft chamado Behemoth. Ligaram isso a uma possível aquisição.
Behemoth é a galera de Castle Crashers, Battleblock Theater e Pit People.
 

broskione

Jogador
314
223
Brasília
De todas essas 4 citadas a umas duas paginas atrás a unica que me deu qualquer emoção foi a IO
gosto da franquia Hitman

o resto ou desconheço os projetos ou passo numa facilidade nunca antes vista
 
  • Curtir
Reações: 2JLR

Victal

Viciado
11,005
9,704
Eu disse isso no sentido do Molyneux estar muito tempo parado. O último jogo relevante dele foi quando? Fable III? Depois disso ele saiu da MS né?
Não lembro do nome dele brilhando na ultima década na indústria depois que ele saiu da Lionhead, a não ser por levantar polêmicas vazias...

Agora em contrapartida, ele disse que tava afim de Fazer Fable IV, então talvez o designer criativo de anos atrás possa voltar a brilhar fazendo o que gosta né.

Qualquer um que tentar algo com o Molyneux nesse momento vai estar jogando na loteria, ou o cara vai chegar desatualizado, ou ele vai chegar cheio de ideias revolucionárias que só não colocou em prática ainda por falta de investimento.
Ele fez jogos mobile. Lembro da polêmica lá do jogo da caixa, Curiosity, que no final o ganhador não ganhou nada. Mas a ideia era interessante.
Aí teve o Godus que nem sei se existe ainda.
É mais recente teve um jogo mobile que você vai andando pela estrada lá, The Trail, dizem que é bom.

Edit: Pesquisei aqui, saiu pra Switch.
 

Victal

Viciado
11,005
9,704
Sobre a Ready at Dawn:

Parece que estão crescendo, vão dividir o estúdio em dois, um com foco em VR e outro com foco em console. E tem um projeto de jogo para console em fase embrionária.
 

bereljs

Viciado
164
109
Brasil
E3 de maior dor de cabeça da M$. Tem que anuciar jogos, estúdios, nova geração e xcloud. Vai ser difícil ninguém sair reclamando depois da apresentação. M$ ficou com toda responsabilidade da E3
 
  • Curtir
Reações: Péricles Freitas

Maxximu

Casual
3,297
2,418
Eu disse isso no sentido do Molyneux estar muito tempo parado. O último jogo relevante dele foi quando? Fable III? Depois disso ele saiu da MS né?
Não lembro do nome dele brilhando na ultima década na indústria depois que ele saiu da Lionhead, a não ser por levantar polêmicas vazias...
Troca a palavra "Molyneux" por "Kojima" e "Fable III" por "Metal Gear Solid". É a mesma coisa. ;)
Não entendo pq endeusam Kojima_monojogo.

Não to criticando o Perche, só peguei o gancho! ;)
.....
E3 de maior dor de cabeça da M$. Tem que anuciar jogos, estúdios, nova geração e xcloud. Vai ser difícil ninguém sair reclamando depois da apresentação. M$ ficou com toda responsabilidade da E3
Concordo, mas também a de maior importância.
Imagine uma copa do mundo onde por exemplo, a Alemanha não está, o Brasil tem mais peso de levar o troféu mesmo.
Se perder, , será cobrado em dobro.
Mas se ganhar, vai passar anos sendo lembrada.
.........

E se a MS tá comprando esses estúdios pra fazer multiplayer e ganhar dinheiro? É possível? Ela falou que estudios dela são apenas para exclusivos?
 
Última edição:

HenriquePerche

Viciado
6,358
6,439
Ribeirão Preto
Troca a palavra "Molyneux" por "Kojima" e "Fable III" por "Metal Gear Solid". É a mesma coisa. ;)
Não entendo pq endeusam Kojima_monojogo.
Ah mas eu também sou do time que acho ele um bom designer, mas não acima da média. Acho que o Kojima foi um cara a frente do seu tempo na primeira década de 2000, ai na década de 2010 ele passou a fazer jogos muito bons, mas sem nenhuma inovação.

Porém tem duas diferenças entre o Molyneux e o Kojima: a primeira é que o japorongo se manteve ativo sempre. Último jogo dele foi em 2015 e apesar de eu não gostar, é um jogo que foi bem recebido por crítica e jogadores. (Até teve o P.T. que é um teaser jogável que é genial, mas ainda é só um teaser).
A segunda diferença é que o Kojima hoje tá trabalhando num projeto que promete ser ambicioso, o Molyneux tá trabalhando em jogos mobile.

Mas volto a dizer, talvez pro Molyneux tá faltando só um $incentivo$ coisa que a MS pode dar e ele voltar a brilhar.

E se a MS tá comprando estúdio pra fazer multiplayer? É possível?
Meu palpite é que a Microsoft vai ter um foco maior nos jogos Single Player no futuro, até porque ela já tem estúdios que fazem excelentes (se não os melhores MP da atualidade).
 
Última edição:
  • Curtir
Reações: Maxximu

Saci

Heimdall dos Pampas
Moderador
9,985
12,797
E se a MS tá comprando esses estúdios pra fazer multiplayer e ganhar dinheiro? É possível? Ela falou que estudios dela são apenas para exclusivos?
Multiplayer vai fazer o estúdio que quiser fazer.
Antes a menina dos olhos do Xbox era a XBox Live, era ter a melhor rede, por isso davam ênfase em ter jogos que aproveitassem isso.
Com o Game Pass, ter diversidade (e qualidade) no catálogo é chave, então a lógica muda. Aquele jogo single precisa agregar qualidade antes de mais nada, ele tem que aumentar o "valor agregado" do Game Pass. Ele pode não ser o jogo que vende milhões, mas poderá potencialmente ser baixado por milhões, já que agora as pessoas não vão "ter pena de gastar 60 dólares com jogo de 10 horas de campanha", por exemplo. Então o jogo cumpre sua missão, que é deixar o GP mais atrativo.

Sobre exclusivos: como o Ybarra reforçou, mas só é novidade pra quem não estava prestando atenção: Xbox é a marca gaming da Microsoft. A meta é ter o Game Pass na maior quantidade possível de dispositivos, e claro que a popularização do streaming será vital para que um dia cheguem lá. Assim como as TVs hoje permitem que você instale apps da Netflix ou do Amazon Prime, vamos ver os apps de Xbox e Playstation disputando esses espaços também. Então "exclusivo" será exclusivo da plataforma, e não do hardware. A MS talvez esteja uns 3 anos na frente da Sony nesse objetivo, mas é só ver a última reunião de investidores pra entender que eles pretendem fazer a mesma coisa, e não ficar eternamente brigando pelo mesmo mercado de consoles que não cresce nem parecido com o mercado de outros serviços digitais que incluem smartv's, PC e celulares.

Então vai acabar os consoles? Uma coisa independe da outra. Os consoles proporcionam uma forma de experimentar os jogos que é a forma preferida de dezenas de milhões de pessoas. Quando o interesse das pessoas em adquirir consoles baixar de forma que inviabilize sua produção, daí sim sua continuidade estará ameaçada.
 

Saci

Heimdall dos Pampas
Moderador
9,985
12,797
A MS talvez esteja uns 3 anos na frente da Sony nesse objetivo, mas é só ver a última reunião de investidores pra entender que eles pretendem fazer a mesma coisa, e não ficar eternamente brigando pelo mesmo mercado de consoles que não cresce nem parecido com o mercado de outros serviços digitais que incluem smartv's, PC e celulares.
Sobre isso, uma coisa que o @Victal sempre fala, que vamos ver os jogos da MS no Playstation. Isso deve demorar um tempo, pois primeiro a Sony vai querer ter o SEU próprio serviço rodando em muitas plataformas. Talvez a MS deixe a PS Now aparecer no Xbox primeiro, ou combinem de liberar os apps ao mesmo tempo. Fato é o seguinte: se o console Xbox tiver acesso ao PS Now, quem está com vantagem? Não é mais interessante ter o console que roda tudo? Por isso não duvido que combinem pra liberar os aplicativos ao mesmo tempo. Um hardware vai rodar os jogos de uma plataforma nativamente, e o outro por streaming. Daqui uns 10 anos pode ser que a diferença entre nativo e streaming diminua.
 
Última edição:
1,862
1,401
São Carlos
E se a MS tá comprando esses estúdios pra fazer multiplayer e ganhar dinheiro? É possível? Ela falou que estudios dela são apenas para exclusivos?
Acho que não faz sentido comprar os estúdios pra continuar fazendo multi a não ser que seja uma Mojang da vida com um jogo que estava vendendo(e ainda vende) horrores.

É como falaram la atrás, os jogos que estão saindo de Obisidan e InXile, ja estavam fechadas as parcerias e assim até é bom que a Microsoft deixe como está e não quebre a cabeça pra reverter isso.

Mas num possível Hellblade 2, continuar lançando pra todas as plataformas. Ai ninguém vai entender, e é melhor passar todos jogos a multi mesmo.
 

Lightwarrior8

Jogador
487
446
Juiz de fora
E3 de maior dor de cabeça da M$. Tem que anuciar jogos, estúdios, nova geração e xcloud. Vai ser difícil ninguém sair reclamando depois da apresentação. M$ ficou com toda responsabilidade da E3
Se bem que muita coisa a gente hypa e ouve de " insiders ". Então acho que temos de ser justos e cobrar só o que ela disse que vai fazer.