Rumor Central de Rumores Xbox - "Eu aumento, mas não invento"

Creis92

Viciado
2,622
2,223
Pernambuco
Não precisa nem ser Mário ou Zelda. Pega lá qualquer RPG da Nintendo e lança no One que a galera vai jogar dinheiro na tela da Tv.
Na hora do anúncio claro que alguém vai falar: pow logo esse, bem que podiam mandar aquele.
Pode mandar Pokémon ou Astral Chain ou esse remake do Zelda. Microsoft passadeira de pano da Nintendo devia cobrar algo deles.
 

Rafael Marques

Viciado
761
1,597
São Paulo
Pessoal sonha demais com esses jogos da Nintendo... Já não ficou meio evidente que a parceria é unilateral, com iniciativa da Xbox, e que a Microsoft não se importa que seja assim?

Sobre Halo sair em outras plataformas, isso já é rumor faz um tempinho. E, convenhamos, um rumor bastante convergente com as diretrizes da plataforma. Se o objetivo é alcançar o jogador onde ele estiver, talvez ele esteja na Nintendo ou Playstation. E essas declarações dúbias, ambíguas etc reforçam essa tese.
 
Final de geração, ano que vem console novo, e galera queria que a MS mostrasse tudo que tem, muito cedo galera, ano que vem sim a cobra vai fumar, Sony e MS vao se degladiar para mostrar quem tem o melhor console e mais jogos no lançamento.

Pra mim a apresentacao da MS foi Ok, podia ter sido melhor? podia, mas nao foi de forma alguma ruim.
 

Tensor Plissken

Viciado
199
288
Brasil
Disparada a melhor conferência a da Nintendo. É quando não se espera nada dela que ela mostra as garras. Maravilhosa.

Mas sobre Banjo e Kazooie. Vi que alguns se incomodaram, mas eu fiquei MUITO feliz. Eu queria muito que fosse mostrado um novo game de Banjo na E3, e a Microsoft ter entregado a duplinha pra Nintendo faz eu mais do que nunca acreditar que um novo game é quase inevitável.

Vou tentar ilustrar minha especulação:

O único game next gen apresentado foi Halo Infinite. Até houve o discurso de que Halo foi o game que fez as pessoas adquirirem o primeiro Xbox, e vai ser o game que vai introduzir ao próximo. Acho justo colocar Halo nessa figura centralizadora. O rei soberano. De nova geração apenas ele nessa conferência, porque ele pode. De resto apenas jogos de Xbox One. E podemos dizer com convicção que será a última E3 assim.

Então minha pergunta: vale a pena apresentar um jogo de Banjo e Kazooie pra essa geração e associar a um videogame que está no seu final de ciclo de vida? Ou vale mais a pena esperar até a próxima, onde os games next gen vão ser oficializados e associar ao videogame que eles querem vender? Imagina chegar na E3 que vem e ver novo Banjo e Kazooie, Halo Infinite, RPG da playground, game da Initiative, e projetos de quase todos os estúdios adquiridos, tudo pro Scarlett. Quem não embarcaria? Quem não surtaria? Entendo a frustração de agora, mas não vale a pena gastar as fichas mais preciosas com o Xbox One. Queiram ou não, muito logo o foco vai se voltar todo para o Scarlett. É uma lição aprendida: o xbox precisa ser associado a bons exclusivos, e o xbox agora vai ser o scarlett.

Se a Microsoft não estiver trabalhando em um game do Banjo, entregar os personagens pro Smash foi uma cortesia um pouco boazinha demais pro meu gosto. E eu não acredito que ela seja tão boazinha assim. Vamos pensar que a intenção seja retornar com a IP, o que ela ganha? Banjo e Kazooie está agora em um dos jogos mais populares do Nintendo Switch. Uma galera realmente surtou com o anuncio. Será que quando um Banjo 3 (ignorando na cara dura o anterior) for anunciado não dá pra atrair um pedaço bem significativo desses entusiastas pro Scarlett ou game pass? A Nintendo ganha dois personagens pra Smash, a Microsoft ganha propaganda gratuita pra um possível vindouro jogo.

Hoje foi um primeiro passo pras pessoas voltarem a se importar com Banjo. Qual o passo de amanhã? Eu realmente acredito que essa parceria está cheia de segundas intenções.
 

Blanka Azul

Viciado
466
312
Disparada a melhor conferência a da Nintendo. É quando não se espera nada dela que ela mostra as garras. Maravilhosa.

Mas sobre Banjo e Kazooie. Vi que alguns se incomodaram, mas eu fiquei MUITO feliz. Eu queria muito que fosse mostrado um novo game de Banjo na E3, e a Microsoft ter entregado a duplinha pra Nintendo faz eu mais do que nunca acreditar que um novo game é quase inevitável.

Vou tentar ilustrar minha especulação:

O único game next gen apresentado foi Halo Infinite. Até houve o discurso de que Halo foi o game que fez as pessoas adquirirem o primeiro Xbox, e vai ser o game que vai introduzir ao próximo. Acho justo colocar Halo nessa figura centralizadora. O rei soberano. De nova geração apenas ele nessa conferência, porque ele pode. De resto apenas jogos de Xbox One. E podemos dizer com convicção que será a última E3 assim.

Então minha pergunta: vale a pena apresentar um jogo de Banjo e Kazooie pra essa geração e associar a um videogame que está no seu final de ciclo de vida? Ou vale mais a pena esperar até a próxima, onde os games next gen vão ser oficializados e associar ao videogame que eles querem vender? Imagina chegar na E3 que vem e ver novo Banjo e Kazooie, Halo Infinite, RPG da playground, game da Initiative, e projetos de quase todos os estúdios adquiridos, tudo pro Scarlett. Quem não embarcaria? Quem não surtaria? Entendo a frustração de agora, mas não vale a pena gastar as fichas mais preciosas com o Xbox One. Queiram ou não, muito logo o foco vai se voltar todo para o Scarlett. É uma lição aprendida: o xbox precisa ser associado a bons exclusivos, e o xbox agora vai ser o scarlett.

Se a Microsoft não estiver trabalhando em um game do Banjo, entregar os personagens pro Smash foi uma cortesia um pouco boazinha demais pro meu gosto. E eu não acredito que ela seja tão boazinha assim. Vamos pensar que a intenção seja retornar com a IP, o que ela ganha? Banjo e Kazooie está agora em um dos jogos mais populares do Nintendo Switch. Uma galera realmente surtou com o anuncio. Será que quando um Banjo 3 (ignorando na cara dura o anterior) for anunciado não dá pra atrair um pedaço bem significativo desses entusiastas pro Scarlett ou game pass? A Nintendo ganha dois personagens pra Smash, a Microsoft ganha propaganda gratuita pra um possível vindouro jogo.

Hoje foi um primeiro passo pras pessoas voltarem a se importar com Banjo. Qual o passo de amanhã? Eu realmente acredito que essa parceria está cheia de segundas intenções.
Também acho que Banjo-Kazooie no Smash é uma propaganda dos personagens, que retornarão num game bem nostálgico e supremo! Ao menos quero acreditar nisso.