Crítica: PlayStation Plus precisa desesperadamente de uma revisão

Na sua opinião, o que a Sony poderia fazer pra melhorar a assinatura da PS Plus?


  • Total voters
    27

HenriquePerche

Viciado
6,302
6,392
Ribeirão Preto


No início de 2018, a Sony confirmou que removeria os títulos PlayStation 3 e PlayStation Vita do PlayStation Plus. Isso significava que, a partir de março de 2019, os assinantes do PS Plus só teriam acesso a dois jogos gratuitos do PlayStation 4 por mês. É verdade que as ofertas do PS3 e do Vita se tornaram incrivelmente antigas na maior parte do tempo, mas não havia como negar que a assinatura havia perdido valor. Mesmo se você nunca tocasse nas listas de PS3 e Vita, você ainda estaria pagando a mesma quantia de dinheiro por menos jogos.

Ainda assim, muitos eram otimistas - incluindo nós mesmos.
Nós achamos que a Sony fez isso para aumentar a qualidade geral dos brindes de PS4 para compensar a quantidade reduzida de jogos incluídos, e quando a programação PS Plus de março de 2019 foi revelada, nosso otimismo parecia justificado. Os assinantes receberam Call of Duty: Modern Warfare Remasterizado e The Witness - dois títulos de peso que merecem seus elogios.

No entanto, um mês depois, a qualidade deu uma decaída óbvia. The Surge e Conan Exiles eram ofertas de abril de 2019 - jogos que não são terríveis, mas certamente não são ótimos. [Aqui, eu discordo, acho The Surge ótimo]
Em maio, tivemos Overcooked e What Remains of Edith Finch. Um retorno a títulos mais bem cotados, mas sem soar mal, não era bem o tipo de adição de grande sucesso que a maioria dos assinantes queria ver.
Isto ficou evidenciado pela reação que rapidamente seguiu o anúncio de maio. Os canais oficiais do YouTube e as contas de redes sociais da PlayStation foram totalmente criticadas - foi o tipo de ultraje da PS Plus que não víamos há muito tempo.

A programação de junho tinha que apaziguar as massas, e felizmente para a Sony, pelo menos até certo ponto. Borderlands: The Handsome Collection e Sonic Mania foram um retorno à forma dos tipos, mas em retrospectiva, eles só serviram para definir assinantes para o futuro desapontamento.

Ontem, a Sony revelou a linha PS Plus de julho de 2019, e dizer que ela não caiu bem é um eufemismo severo. A seleção do próximo mês inclui PES 2019: Pro Evolution Soccer e Horizon Chase Turbo. E esse é outro caso de dois bons jogos que simplesmente não têm apelo em massa. Nem todo mundo gosta de futebol, enquanto o Horizon Chase Turbo é divertido, mas nunca será divertido o suficiente para satisfazer os assinantes.

Fato é: no ponto em que estamos a PlayStation Plus precisa de uma revisão geral.

Veja bem, 150 reais por ano para jogar online, 24 jogos de PS4 "gratuitos", 100GB de acesso a armazenamento em nuvem e um monte de bons descontos na PlayStation Store ainda é um bom valor. A verdadeira questão reside no fato de que o PS Plus costumava oferecer mais por menos - e, novamente, esse problema foi amplificado pela remoção dos títulos PS3, Vita e até PSVR.

Em 2016, o preço do PS Plus aumentou no Brasil. Na época, os aumentos de preços eram, como seria de se esperar, não bem recebidos, mas, novamente, muitos achavam que a Sony estaria acrescentando algo extra ao serviço. Isso nunca foi realmente o caso, no entanto. Embora os membros do PS Plus tenham recebido benefícios adicionais ao longo dos anos - o aumento do armazenamento em nuvem, por exemplo, que chegou no início deste ano - mas muitos argumentariam que o aumento de preço nunca foi realmente justificado.

Com o PS5 no horizonte, a PS Plus poderia ter alguma atualização. Em março, a Sony revelou que mais de 36 milhões de usuários estão inscritos no PS Plus, e a própria PlayStation Network entrega pra Sony uma quantia absurda de cifras. Em 2018, a PSN gerou mais lucro do que a totalidade da Nintendo por exemplo. É claro que a Sony precisa manter as pessoas interessadas para a manutenção de seus serviços on-line - e a PS Plus é uma porta de entrada para essa economia.
Não estamos dizendo que a Sony está prestes a arruinar o seu sucesso se não remodelar o PS Plus como um serviço, mas seria bom levar avante o avanço desta geração de consoles para a próximo da maneira mais eficiente possível.

E esse é realmente o ponto crucial de todo esse argumento.
Com o PS4 na frente frente, a Sony ganhou força desde o lançamento do console em 2013. Seus únicos pontos de atrito vieram na forma de percepção. A empresa foi rotulada como o vilão quando se trata de jogar multiplataformas, e agora, o PS Plus está começando a criar um problema semelhante. É um fardo que a gigante japonesa simplesmente não quer arcar enquanto nos dirigimos para a próxima geração - um PS Plus revisado poderia fazer maravilhas, supondo que a Sony acerte. Poderia ser uma espécie de renovação para um serviço que muitos estão cansando - e outros já se cansaram.

--/--

Fonte: Push Square
 

sleepsz

Jogador
214
119
salvador
Mais do que isso, por exemplo, eu tinha uma conta europeia da plus... Naquela epoca que nem tinhamos plus br, o problema é que se eu tiver outra plus meus jogos da europeia nao funcionam, o que difere do xbox, que independente da conta que tiver os jogos, basta que tenhamos Live em uma das contas.
 
  • Curtir
Reações: HenriquePerche

tric-one

Viciado
527
337
Brasil
Minha conta da psn também é europeia. É um pé no saco esse negócio de trava de região para jogos e dlc's. Mas o que acho mais importante é que a PSN tenha menos lag e que a velocidade da conexão seja mais estável. Jogar online no PS3/PS4 é complicado e depois que vi como é jogar online na Live, nunca mais joguei online na PSN. Tá bom vai, eu joguei GTA V mês passado, mas era na sessão solo, então não conta.
 

CaioNF

Novato
743
546
Pra falar a verdade só renovei nessa ultima promoção por 103,90 porque a minha venceria em outubro e em agosto tem aumento.
Veremos como ficará esse ano e se valerá a pena renovar ano que vem.
 

mad2035

Casual
1,620
857
Infelizmente a sony não vai mover um dedo até o lancamento dos novos consoles. Devido a base instalada mesmo que perdesse metade dos assintes da plus, ainda ela estaria no lucro.

A plus só mudara caso ela senti incomodada com o lancamento forte do scarlet contra o ps5 no final 2020 ou se Stadia ameaçar o reino dos consoles.

O gamepass e outros servicos de assinatura game apesar de vantajosos ainda nao caiu no conhecimento do povão, ainda mais nas terras niponicas. A SONY e Nintendo vão serem os ultimos a entrar
 
Última edição:

2JLR

Novato
979
577
Acredito que uma grande mudança/melhoria na Plus só aconteça na próxima geração E se a Sony estiver perdendo mercado para a Microsoft.
Mas sinceramente acho que isso não vai acontecer, pois a M$ vai lançar um console sem exclusivos desde o início da sua vida, então nós grandes mercados (EUA e Europa) onde as pessoas podem ter um bom PC + Vídeo Game, qual a vantagem de pegar um Scarlet ??

Eu acho, na minha humilde opinião, que a M$ vai levar uma surra enorme da Sony na próxima geração... a E3 2020 deve mostrar um pouco do que vai ser o panorama next gen.
 

LelaRc

Viciado
PXB Gold
103
103
Belo Horizonte
Acho que a Sony não está preocupada no momento com a qualidade dos títulos oferecidos na PS Plus, apesar de que houve melhorias significativas nos títulos oferecidos no último ano. Digo isso porque a Sony tem a maior base de jogadores de consoles, o PS Now rende mais do que Game Pass, Origin Access e EA Access somado juntos, mesmo sendo caro, então ela não deve mudar suas projeções por agora, ainda mais por ser transição de geração, mas acredito que devem sim melhorar e agregar seus serviços para a próxima geração. Eu mesmo adoraria que viesse um combo de plus + now, basicamente como é o ultimate hoje e acredito que vai acontecer em breve.
 
  • Curtir
Reações: 2JLR

Max

Viciado
3,517
1,202
Santa Cruz do Sul
Esqueçam melhorias no serviço nesta geração. Qualquer mudança que ocorrer nos serviços vão deixar para a próxima geração que está batendo na porta.
 
  • Curtir
Reações: 2JLR