Topico Oficial God of War | A New Beginning

HelderSR

Viciado
PXB Gold
7,025
7,181
Pelo menos nos próximos 5 dias o que eu vou ler de pessoas dizendo que a mídia é sonysta não será brincadeira .

Já estou lendo pessoas desmerecendo GoW. Opa, calma aí , GoW é uma obra prima. Então não é nada surreal ter ganhado o prêmio, pior foi o caso do Uncharted 4.

O RdR2 realmente é um ponto fora da curva, minha aposta era nele , mas querer banalizar GoW pelo fato do RdR2 não ter ganhado acho complicado .

Prêmio está em ótimas mãos.
 
Última edição:

HenriquePerche

Viciado
6,223
6,306
Ribeirão Preto
Pelo menos nos próximos 5 dias o que eu vou ler de pessoas dizendo que a mídia é sonysta não será brincadeira .

Já estou lendo pessoas desmerecendo GoW. Opa, calma aí , GoW é uma obra prima. Então não é nada surreal ter ganhado o prêmio, pior foi o caso do Uncharted 4.

O RdR2 realmente é um ponto fora da curva, minha aposta era nele , mas querer banalizar GoW pelo fato do RdR2 não ter ganhado acho complicado .

Prêmio está em ótimas mãos.
Pega cada um dos jogos, divide em "categorias" cada um deles (história, trilha sonora, gráficos, etc...) e pontua cada um.

Tudo empata.

GoW não é nada aquém a RDR2, são jogos de qualidade equivalente, e um vai acabar tocando mais algumas pessoas do que outras.

The Last of Us já perdeu pra GTA V, Bloodborne pra The Witcher e o pior de todos, Uncharte 4 perdeu pra Overwatch... Não vejo NENHUM motivo pra GoW não ter ganho.

E rapaz...
Terminando RDR2 vou jogar GoW de novo!
 

HelderSR

Viciado
PXB Gold
7,025
7,181
Pega cada um dos jogos, divide em "categorias" cada um deles (história, trilha sonora, gráficos, etc...) e pontua cada um.

Tudo empata.

GoW não é nada aquém a RDR2, são jogos de qualidade equivalente, e um vai acabar tocando mais algumas pessoas do que outras.

The Last of Us já perdeu pra GTA V, Bloodborne pra The Witcher e o pior de todos, Uncharte 4 perdeu pra Overwatch... Não vejo NENHUM motivo pra GoW não ter ganho.

E rapaz...
Terminando RDR2 vou jogar GoW de novo!
hehehe Eu já joguei o NG+ , estou sossegado com GoW. O que tenho que jogar mesmo são as DLC's do Spiderman. Vi que já jogou as duas lançadas, acho que neste mês saí a 3. Só que quero jogar as 3 de uma vez só, vou começar Spiderman do zero na maior dificuldade e jogo tudo de uma vez.

Tenho que terminar o Shadow of The Tomb Raider e AC Odyssey, ambos jogos são mídia física e pretendo vender após fechar os jogos, com o dinheiro compro o Hitman 2 ou Resident Evil 2 em janeiro.
 

Morts

Viciado
11,859
6,695
Cotia
Pelo menos nos próximos 5 dias o que eu vou ler de pessoas dizendo que a mídia é sonysta não será brincadeira .

Já estou lendo pessoas desmerecendo GoW. Opa, calma aí , GoW é uma obra prima. Então não é nada surreal ter ganhado o prêmio, pior foi o caso do Uncharted 4.

O RdR2 realmente é um ponto fora da curva, minha aposta era nele , mas querer banalizar GoW pelo fato do RdR2 não ter ganhado acho complicado .

Prêmio está em ótimas mãos.
kkkkkkkkkkkkkkkkkk
Galera ja ta putassa...
Eu não ligo muito pra isso de GOTY não, mas nesse caso, qualquer 1 q ganhasse estaria correto pra mim.
Agora ta sendo duro ler q a premiaçao foi comprada pela sony....
 

Johannes

Viciado
8,934
5,415
Pega cada um dos jogos, divide em "categorias" cada um deles (história, trilha sonora, gráficos, etc...) e pontua cada um.

Tudo empata.

GoW não é nada aquém a RDR2, são jogos de qualidade equivalente, e um vai acabar tocando mais algumas pessoas do que outras.

The Last of Us já perdeu pra GTA V, Bloodborne pra The Witcher e o pior de todos, Uncharte 4 perdeu pra Overwatch... Não vejo NENHUM motivo pra GoW não ter ganho.

E rapaz...
Terminando RDR2 vou jogar GoW de novo!
Mas o que tem de errado Bloodborne perder pra TW3? Acho que é até lógica nesse caso.
 
  • Curtir
Reações: Edu Barros

Johannes

Viciado
8,934
5,415
Acho que GOW tem mais inovação. Gameplay realmente novo. Moleque ajudando e tal. Gameplay core de RDR2 é o mesmo de RDR1 lá de 2011.
De todas os pontos positivos em que posso pensar em GOW inovação não entra. Narrativa, direção de arte e gameplay bem feito sim, mas inovar ele só inova dentro da própria franquia.
 

HelderSR

Viciado
PXB Gold
7,025
7,181
kkkkkkkkkkkkkkkkkk
Galera ja ta putassa...
Eu não ligo muito pra isso de GOTY não, mas nesse caso, qualquer 1 q ganhasse estaria correto pra mim.
Agora ta sendo duro ler q a premiaçao foi comprada pela sony....
Sabe o que foi mais engraçado. Meu inglês é tabajara, então fui no Youtube e procurei alguma alternativa de canal brasileiro transmitindo e comentando o que eles falavam. Então apareceu de tudo, Xbox Mil Grau, IGN , Combo Infinito, Playstation Mil Grau e um monte de outros canais. Então decidi assistir com o pessoal mais apaixonado pela Sony, vi no Playstation Mil Grau. Então estava ali postando no PXB e assistindo o evento só que pouco antes do anúncio do GOTY eu apaguei . Só acordei porque o maluco do dono do canal gritava após o anúncio do GOTY. :joy: Não sei como minha esposa também não acordou , sorte minha.
 
  • Curtir
Reações: Victal

Victal

Viciado
10,924
9,626
De todas os pontos positivos em que posso pensar em GOW inovação não entra. Narrativa, direção de arte e gameplay bem feito sim, mas inovar ele só inova dentro da própria franquia.
Pode ser, mas era isso o que ele precisava. E isso RDR2 não faz. É o mesmo gameplay de RDR1, só mais bonito.

Eu acho o uso do Atreus em combate tem seu nível de inovação. Não me recordo de outro companheiro controlado tão integrado ao combate.
 

Johannes

Viciado
8,934
5,415
Pode ser, mas era isso o que ele precisava. E isso RDR2 não faz. É o mesmo gameplay de RDR1, só mais bonito.

Eu acho o uso do Atreus em combate tem seu nível de inovação. Não me recordo de outro companheiro controlado tão integrado ao combate.
Não concordo que seja o mesmo gameplay. RDR 2 tem muita coisa que não existia no primeiro, mas não vou levar isso adiante porque acho que você não gostou muito do jogo, normal e vai de cada um.

O Atreus no combate é minha principal crítica por ser uma quebra de imersão já que ele é quase sempre invencível e no máximo é agarrado por inimigos. No mais, achei bem parecido com a Ellie no TLOU, com a diferença que TLOU era mais furtivo e GoW não. Aliás, o que tem de TLOU no GoW não é pouco e por isso não vejo inovação, dentro da franquia sim.
 
  • Curtir
Reações: Péricles Freitas

Victal

Viciado
10,924
9,626
Não concordo que seja o mesmo gameplay. RDR 2 tem muita coisa que não existia no primeiro, mas não vou levar isso adiante porque acho que você não gostou muito do jogo, normal e vai de cada um.

O Atreus no combate é minha principal crítica por ser uma quebra de imersão já que ele é quase sempre invencível e no máximo é agarrado por inimigos. No mais, achei bem parecido com a Ellie no TLOU, com a diferença que TLOU era mais furtivo e GoW não. Aliás, o que tem de TLOU no GoW não é pouco e por isso não vejo inovação, dentro da franquia sim.
Em termos de combate ali, realmente não vejo nenhuma inovação em RDR2 em relação a RDR1. No restante do jogo sim e muito. Não que precise inovar no combate também, não é algo que eu critique no jogo, se tivesse seria um bônus.

Eu entendo totalmente a crítica a invencibilidade do Atreus e acho válido. Porém também entendo porque fizeram assim. Acho que se tivéssemos que passar o jogo todo preocupados com a integridade do moleque seria muito chato. Então entre realismo mais chato e o fantasioso mais divertido, eu fico com o segundo. Lógico que dá pra argumentar que a Santa mônica poderia ter resolvido isso de outras maneiras, mas no final das contas não acho um problema.

Minha crítica com GOW é em relação ao reuso de Troll, acho que passa um pouco do ponto. O jogo deve ter o que, uns 6 boss e mini-boss que são variações de Troll. Acho que poderiam ter feito mais inimigos únicos ali.

Eu acho que se for comparar as qualidades de ambos, realmente fica muito difícil pois ambos são sensacionais de maneiras diferentes, mas se for olhar para os defeitos, eu vejo mais defeitos em RDR2 mesmo. Acho que muita gente deixa o carinho pelos personagens e pela história falar mais alto e ignora muita coisa do jogo.
 
  • Curtir
Reações: Johannes

HelderSR

Viciado
PXB Gold
7,025
7,181
Sei não @Victal.

RdR2 tem algumas coisas tão ricas que nunca vi em um jogo.

Independente da pessoa crer em Deus ou não , de religião, esse diálogo que gravei mostra o quanto é rico o RdR2. A qualidade desse diálogo foi foda.


GoW também é uma obra prima, mas os detalhes de RdR2 , cara, são fodas. O fato que o prêmio também está em boas mãos, eu estou louco para ver a continuação e o final de GoW foi de explodir a cabeça.
 

Victal

Viciado
10,924
9,626
Sei não @Victal.

RdR2 tem algumas coisas tão ricas que nunca vi em um jogo.

Independente da pessoa crer em Deus ou não , de religião, esse diálogo que gravei mostra o quanto é rico o RdR2. A qualidade desse diálogo foi foda.


GoW também é uma obra prima, mas os detalhes de RdR2 , cara, são fodas. O fato que o prêmio também está em boas mãos, eu estou louco para ver a continuação e o final de GoW foi de explodir a cabeça.
Sim, indiscutível.
O ponto que estou dizendo é que pra comparar duas obras-primas a gente tem que procurar pelo em ovo, não tem jeito. Eu citei minha única real crítica a GOW mais pra cima.

Quanto a RDR2, eu achei muito ruim perder o loadout das armas quando desmonta do cavalo, por exemplo. Isso me irritava demais. É um defeito pequeno, mas num jogo longo esses defeitos pequenos acabam se acumulando. E, para mim, é uma quebra de imersão bem maior. Ou como a economia do jogo é quebrada, não há muito o que fazer com o dinheiro. Upgrades no acampamento não servem para nada. Falta de teleporte decente. Etc.

Mas, só ressaltando, nenhum desses defeitos tira o brilho do jogo que adorei, mas se forçados a comparar, temos que procurar defeitos para desempatar. Hehehe.
 

HelderSR

Viciado
PXB Gold
7,025
7,181
Sim, indiscutível.
O ponto que estou dizendo é que pra comparar duas obras-primas a gente tem que procurar pelo em ovo, não tem jeito. Eu citei minha única real crítica a GOW mais pra cima.

Quanto a RDR2, eu achei muito ruim perder o loadout das armas quando desmonta do cavalo, por exemplo. Isso me irritava demais. É um defeito pequeno, mas num jogo longo esses defeitos pequenos acabam se acumulando. E, para mim, é uma quebra de imersão bem maior. Ou como a economia do jogo é quebrada, não há muito o que fazer com o dinheiro. Upgrades no acampamento não servem para nada. Falta de teleporte decente. Etc.

Mas, só ressaltando, nenhum desses defeitos tira o brilho do jogo que adorei, mas se forçados a comparar, temos que procurar defeitos para desempatar. Hehehe.
Sim, analisando por esse lado . O único defeito que consigo apontar em GoW foi o mapa que poderia ser mais específico. Nem reutilização do troll citado por você vi como defeito. Nem o atreus como um deus imortal também não vi problema. RdR2 por ser mais grandioso , tem muitas ações paralelas , acho que isto abre mais possibilidades para apontar defeitos. Tem outras coisas que posso citar como defeito além desses citados por você.

Bom, o prêmio já foi dado, GoW está num patamar de GOTY também e a vida continua.
 
  • Curtir
Reações: CrivesRaid e Victal

Goleiro

Viciado
439
408
RDR 2 tem uma história muito bem contada, mas é uma história real sobre algo comum. GOW já é uma coisa muito mais refinada e abstrata, por assim dizer. É preciso muito mais criatividade pra criar uma história como GOW do que uma história como a de RDR2. Por outro lado, RDR2 tem animações e detalhes incríveis que somente podem ser feitos num jogo de mundo aberto. É questão de característica de cada jogo. Qualquer um dos dois poderia ganhar.
 
  • Curtir
Reações: Victal

HelderSR

Viciado
PXB Gold
7,025
7,181
Para mim o problema do RdR2 é o fator surpresa, não existiu. Sabemos quem são os personagens do primeiro jogo. Já o final do GoW explodiu minha cabeça, foi uma surpresa de deixar um pouco.

Outra coisa é a mudança de mecânica do jogo. Pegaram GoW que já apresentava cansaço e transformaram o jogo dando uma nova vida e gás. Quem aqui não aguarda GoW 5?

No caso do RdR2 realmente o mundo aberto dele é incrível, melhor já visto em um game até hoje, entretanto a experiência da Rockstar em mundo aberto é de longa data. Não existiu uma transformação épica como foi o caso de GoW, ocorreu um aperfeiçoamento em relação aos jogos anteriores.
 
Última edição:

Victal

Viciado
10,924
9,626
Isso sem contar que a Santa Monica estava desacreditada, haviam uns rumores não animadores e tal.
E os caras fizeram um trabalho incrível que mudou tudo pra eles.

Tem o trabalho de câmera que não havia obrigação nenhuma, mas fizeram e ficou ótimo.

Uniram de maneira harmônica duas mitologias, que é um trabalho bem minucioso. E não só uniram mitologia grega e nórdica como, da maneira que foi feito, abriram o leque para qualquer mitologia. Antes desse GOW, a gente se perguntava "quem o Kratos vai matar agora, já matou a mitologia grega toda", agora ele tem todas as mitologias do mundo para dar um arrebento praticamente.
 
  • Curtir
Reações: HelderSR

HenriquePerche

Viciado
6,223
6,306
Ribeirão Preto
Memórias Maternas: Como a Música de God of War Trouxe Faye à Vida
O espírito da mãe de Atreus é atrelado ao jogo pela voz encantadora da cantora faroese Eivør Pálsdóttiron.



Quando o co-produtor Keith Leary e eu primeiro ouvimos os detalhes do novo God of War , nossa mente criativa começou a girar. Tivemos várias conversas e imaginamos, em termos bem abrangentes, como seria a nova trilha sonora. Manteríamos o coro, cordas e sopro bombásticos de sempre? Os fãs gostariam de uma trilha que desviasse das antigas? Quem aceitaria o desafio de reimaginar o som de GOW?

Começamos escolhendo algumas idéias de alto nível para mostrar ao diretor do jogo, Cory Barlog. A primeira era pedir para Bear McCreary compor a trilha. Keith havia trabalhado com Bear em SOCOM 4 e ficou impressionado com sua habilidade de integrar instrumentos étnicos com sons orquestrais modernos, e com seu dom de compor temas memoráveis. Estavámos certos de que a nova trilha teria instrumentos da Escandinávia para ajudar a colocá-la no mundo Nórdico, então a experiência de Bear nesta área seria crucial. Cory d Bear imediatamente se deram bem, e soubemos que tínhamos escolhido certo. A segunda idéia foi de usar um coro Islandês pra cantar em nórdico antigo no lugar de um coro tradicional cantando em Latim. Nosso objetivo era manter o DNA da trilha original usando cordas, sopro e o coro, mas mudando o coro para refletir a mudança de cenário do título. A idéia final foi de dar à falecida mãe de Atreus, Faye, uma voz.




Parabéns ao Keith por ter “descoberto” a cantora Feroesa, Eivør Pálsdóttiron no YouTube. Fomos instantaneamente impressionados pela beleza e o poder de sua voz, especialmente na canção Trollabundin. Poderia essa ser a voz de Faye? Uma ligação para o agente de Evior, Roy Lidstone-Jackson, levou à uma reunião em Los Angeles e uma sessão de gravação com Bear e Eivor. Algumas vezes duplas criativas são como casamentos arranjados, boas intenções muitas vezes não significam um bom par. Mas neste caso, a colaboração entre Bear e Eivør estava escrita, e trouxe Faye à vida.

A voz poderosa de Eivør pode ser ouvida pelo jogo, nos lembrando da presença de Faye, guiando o caminho de Kratos e Atreus. A versão de “Memories of Mother” na trilha oficial é especial e aproveita o alcance vocal incrível de Eivør. Dos sussurros sutis no início do tema até as notas altas nas partes finais, sua voz nos chama. A versão mais íntima, chamada “Farewell to Faye,” é tão cativante quanto, e é incrível ouvir a canção da personagem reimaginada desta maneira. Ao ouvi-la, também me faz pensar em Faye, e agora não consigo imaginar sua voz representada por outra pessoa que não Eivør’s.



É impossível exagerar a gratidão que sinto por todos que colaboraram com esta trilha. Bear e sua equipe de produção, a Sparks & Shadows, especialmente Sam Ewing, Joanna Pane, Ed Trybek, e Steve Kaplan, parceiros de produção brilhantes que ajudaram muito na quantidade de gravações necessárias. Os músicos em Londres, Islândia, Praga, e Nashville todos trouxeram suas personalidades distintas à música. O Santa Monica Studio apoiou a visão e providenciou os meios para nós viajarmos pelo mundo e capturarmos algo especial. Meus colegas Monty Mudd, Joel Yarger, Zak Millman, e toda a equipe da Sony Interactive Music, mais uma vez, vieram com tudo. À Keith Leary, Chuck Doud, e a liderança do World Wide Studio, obrigado pelo seu comprometimento com a excelência. E à Eivør por sua magia Nórdica.

Adquira God of War na Hit the PlayStation Store e viva um novo começo.

 
  • Curtir
Reações: Edu Barros