Tópico Oficial Halo Infinite - Initialize? [2021]

Saci

Heimdall dos Pampas
Moderador
Abril 11, 2007
17,547
32,380
Muito foi especulado sobre o desenvolvimento do game, e agora temos algumas informações direto de um ex-funcionário da 343i.

  • O produto final será bom. O gameplay e história foram significativamente aprimoradas. Não espere uma masterpiece, entretanto.
  • A ideia inicial dos diretores era ambiciosa e propunha que Halo Infinite fosse um game semi-open world. Porém, isso necessitaria de um redesenho da engine, que estava sendo desenvolvida concomitantemente. Isso prejudicou o fluxo de trabalho. O desastre da apresentação no ano passado foi principalmente em razão da engine não estar totalmente funcional.
  • O game teve um corte substancial de conteúdo, incluindo o multiplayer. Muitas coisas trabalhadas durante anos nunca verão a luz do dia.
  • O trabalho foi intenso, principalmente dos funcionários do baixo escalão. O jogo passou por um crunch pesado.
  • Agora o funcionário trabalha com uma terceirizada da 343i e sente-se feliz de ter deixado a empresa.


Parece que realmente foi um development hell. Agora é esperarmos pra ver o quanto foi cortado e o quanto restou do game no fim do ano.
 
  • Curtir
Reações: CaioNF e Edu Barros
Abril 5, 2018
223
231
Brasil
O produto final ser bom não é o suficiente pra Halo que merece mais que isso e principalmente pro Xbox que ta precisando de masterpiece mas pelo visto nem quem trabalha no jogo acha grande coisa
 

RAYMON

XBOX MVP
Administrador
Outubro 29, 2005
11,530
23,049
Medalhas
1
São Paulo
Se um jogo dessa magnitude fosse fácil desenvolver, todo mundo faria.
Pra quem gosta, fiquem tranquilos. Apenas 5 segundos dentro de um Big Team Battle vão ser suficientes pra te fazer sorrir de orelha a orelha.

Minha sensação é de literalmente querer morar dentro do jogo.
 

Saci

Heimdall dos Pampas
Moderador
Abril 11, 2007
17,547
32,380
É como disse o Jason Schreier: todos os jogos grandes passam por development hell; só que os jogos que se tornam fantásticos conseguem passar por isso e chegar num resultado coeso no final. A Bioware passou por isso tantas vezes que muitas lideranças ganharam excesso de confiança, "calma que no final tudo dá certo". Não necessariamente.

Mas, a ideia é enxergar os dois lados: o desenvolvimento cheio de problemas não significa que o jogo não pode ser espetacular, porque os demais jogos espetaculares também passaram por muitas dificuldades.
 
Última edição:

Senta a pua

Guerreiro
Maio 14, 2009
1,983
2,163
Salvador
Sou fã de Halo, vou esperar poder jogar para dar minha opinião. Até lá vai ser muita notícia como essa.
A complexidade do universo Halo dificilmente pode ser comparada com algum outro jogo. Vejo muita gente falando que tem que tirar o jogo das mãos da 343, que basta colocar ma mão de tal ou tal empresa... vai sair algo que lembra Halo. Eu acho que, na verdade, precisa é trocar os cabeças da 343i se realmente Halo Infinite não corresponder às expectativas.
 
  • Curtir
Reações: CaioNF e Edu Barros

Saci

Heimdall dos Pampas
Moderador
Abril 11, 2007
17,547
32,380

"Em seu mais recente pronunciamento, ele afirma que “não quer que erros de tradução ou que estejam fora do contexto distorçam seu compartilhamento”.

Era esperado que o cara, que ainda tem relações profissionais com o jogo, precisasse "esclarecer alguma coisa".
Acho que confiou muito que estava em um mundo paralelo, falando numa língua que ele sempre percebeu como "alienígena" para aqueles que não deveriam ouvir suas manifestações pessoais. Pelo que entendi, ele falou originalmente de forma muito relaxada, diferente do que faria numa comunicação mais formal; nessas aí, todos nós estamos sujeitos a dar a impressão de que as coisas eram piores do que foram, simplesmente porque em determinado momento a gente está falando do que foi ruim; agora ele quis consertar que no geral foi bom. Eu avalio as duas declarações da seguinte forma: foi legal, mas no final ficou muito estressante e ele se sentiu melhor mudando de posto.
 
  • Curtir
Reações: CaioNF

Saci

Heimdall dos Pampas
Moderador
Abril 11, 2007
17,547
32,380
Nem acredito que sou eu que vou trazer essa discussão pra cá, porque acho bem chata, mas tem um elefante na sala sobre as futuras avaliações de Halo Infinite, e o porque eu acho que não será nem um dos 3 melhores Halo avaliados: uma parte dos avaliadores (que comporão a média) tem a seguinte premissa para dar uma nota alta para um Halo em 2021:


Temos a nossa tropa aqui que acha que tudo é uma questão de proteger o Playstation e etc., e que é sobre isso que estou falando. Não é. O problema é que a franquia tem uma particularidade específica em relação aos grupos de expectativas: temos o grupo conservador, e temos o grupo inovador, e ambos são ENORMES em quantidade.

Como eu leio o cenário futuro, em termos de resultado de projeto:
a) jogo agrada em cheio o grupo conservador, que ficará maravilhado com o retorno de mecânicas que ele adora e com a exclusão de coisas que ele abomina. O que tem de novo basicamente dá uma escala maior e mais bonita ao que ele defende como um verdadeiro Halo. Quem não liga muito pra Halo vai achar "mais um Halo" e não vai se empolgar, o que ficará claro na avaliação. Notas medianas.

b) Jogo tenta agradar aos dois grupos, resgatando coisas do passado e acrescentando algumas novidades inéditas e significativas, mas não muitas. Grande parte das avaliações dirá "é um bom jogo", ninguém fica maravilhado.

c) Jogo tenta revolucionar a série, mudando significativamente a experiência, mantém algumas coisas mas parece muito diferente dos jogos anteriores. Essa é a aposta MAIS arriscada de todas. É a que pode ter o resultado mais espetacular, porém é a mais provável de fracassar de forma absurdamente humilhante. É aquela que quase todo mundo torce o nariz quando descobre a ideia, mas, SE MARAVILHOSAMENTE EXECUTADA, pode reverter as opiniões e virar um marco da indústria. Isso não se consegue com "esforço". O sucesso dessa alternativa depende de "conjunção dos astros". Quando dá certo, muitas vezes cria-se um novo formato a ser copiado, até que esse formato cansa e as pessoas pedem a próxima grande novidade. Os conservadores podem não gostar desse novo jogo e reclamar bastante, mas a obra-prima trará muito mais gente nova para a franquia e os constantes elogios em mídia abafarão o ruído.

------

Sabe quem vai passar pelo caso C, possivelmente? Avowed. Explico: Pillars of Eternity é uma grande franquia, jogos excelentes, mas o formato (RPG isométrico) não é bem aceito pelas massas e os desenvolvedores sentiram isso comercialmente. O jogo, que mudará de nome pra isso não ficar tão evidente, vai sair de RPG isométrico para um modelo Skyrim.
Só que essa aposta tem um risco "baixo", relativamente. O novo conceito já está "pré-aprovado", mas agora tem que entregar.

Halo não chegou nesse ponto de "esse formato não dá mais". God of War chegou, Pillars chegou. Halo, não. O formato de Halo ainda tem muita lenha pra queimar, então acaba sendo uma expectativa cruel com o desenvolvedor esperar que ele revolucione tudo, sabendo que é uma franquia vivíssima, jogada diariamente por milhares e milhares de pessoas. Na minha visão, é mais fácil um spin-off de Halo conseguir um metacritic acima de 90 hoje em dia do que um Halo principal. O Spin off não seria tão jogado quanto Halo Infinite eu sei que será, porém ficaria ali na história como um "Halo melhor" devido às notas.

Então você que está se preparando pra excomungar na internet se Halo não tiver uma nota muito alta, fica a vontade pra começar agora. Acho bem previsível que não chegará a 90 (de média, porque eu acho que muita gente vai adorar, só não a grande maioria).
 
Última edição:

Morts

Guerreiro
Agosto 21, 2009
13,476
8,487
Cotia
Então você que está se preparando pra excomungar na internet se Halo não tiver uma nota muito alta, fica a vontade pra começar agora. Acho bem previsível que não chegará a 90 (de média, porque eu acho que muita gente vai adorar, só não a grande maioria).
Olha eu sinceramente não ligo para notas.
Pra mim pode ser até amarelo, se o jogo for divertido é o importante.

Gosto de halo, joguei todos, mas confesso que após o halo 5, o qual eu sequer lembro da historia, eu não tenho mais fé na qualidade narrativa da 343.

Acredito que deveriam sim explorar mais spin-off da franquia, até pq o melhor halo de todos (no meu gosto) é o Halo Reach, que conseguiu montar uma historia coesa e entregar um puta jogão mesmo com mudanças bem nítidas na gameplay.
 

ronnalds

Guerreiro
Junho 27, 2018
131
190
São Paulo
Olha, se o produto nem está pronto, ss alguém já está tecendo uma "régua" pra dizer que o produto deve ser X pra ser bom ou não, enfim, essa pessoa é tendenciosa sim. GOW tem suas particularidades, outras franquias tem as delas. É uma comparação infeliz essa do cara.
Doom 2016 não precisou reinventar a roda pra ser um jogaço. E o Eternal então? Só pegou o que o anterior fez e refinou, foi indicado a game do ano, com muita justiça. Mario então, vixe... desde o 64 tem a mesma ideia de jogar, vão refinando, e cada novo que sai, ganha notas altíssimas da mídia.
Na minha opinião, não de apegue a esse tipo de "critico". Não vale a pena.
 

Rafael Marques

Guerreiro
Outubro 6, 2015
2,427
5,928
Medalhas
1
São Paulo
Não acho que Halo precise revolucionar nada pra ser uma masterpiece. Aliás, revolucionar nunca foi o ponto forte da série: até meados de Halo 3, tudo era praticamente idêntico a Halo CE. Halo mudou "radicalmente" (para os parâmetros da série) em Reach, 4 e 5, principalmente esse último. E a crítica sempre se derreteu com o "mais do mesmo", porque entregavam bons jogos, extremamente avançados para suas respectivas épocas.

Então, sim, não acredito que Halo tem uma cruz mais pesada ou tarefa ingrata que outros games. O game pode ser ótimo criticamente e surpreender, todo game pode, do que revoluciona até o que entrega uma experiência em linha de games anteriores. Exemplos não faltam na indústria.

Se vier uma masterpiece, vou amar e ficar satisfeito. Se vier um jogo bom/mediano, vou gostar e jogar também, afinal, sou fã da franquia. Mas logicamente vou ficar decepcionado, pois creio que Halo deva estar no panteão dos games, não nos jogos medianos ou e"divertidos". Diversão por diversão, muita gente gostou de Crackdown 3.

Acho que esse vídeo do Carpenedo, um clássico fã de Halo e um dos colaboradores da Halo Project Brasil, sintetiza bem tudo isso. É uma falsa dicotomia o fã "precisar gostar" do que vê em Halo pelo simples fato de ser Halo.



Enfim, vamos dar tempo ao tempo. Por enquanto não é bom sofrer antecipadamente ou ter autopiedade com a franquia, a 343i ou seja lá quem for. Se for bom, não tem porque se preocupar; se for ruim, pelo menos será lançado.
 

Saci

Heimdall dos Pampas
Moderador
Abril 11, 2007
17,547
32,380
Olha eu sinceramente não ligo para notas.
Pra mim pode ser até amarelo, se o jogo for divertido é o importante.

Gosto de halo, joguei todos, mas confesso que após o halo 5, o qual eu sequer lembro da historia, eu não tenho mais fé na qualidade narrativa da 343.

Acredito que deveriam sim explorar mais spin-off da franquia, até pq o melhor halo de todos (no meu gosto) é o Halo Reach, que conseguiu montar uma historia coesa e entregar um puta jogão mesmo com mudanças bem nítidas na gameplay.
Olha, se o produto nem está pronto, ss alguém já está tecendo uma "régua" pra dizer que o produto deve ser X pra ser bom ou não, enfim, essa pessoa é tendenciosa sim. GOW tem suas particularidades, outras franquias tem as delas. É uma comparação infeliz essa do cara.
Doom 2016 não precisou reinventar a roda pra ser um jogaço. E o Eternal então? Só pegou o que o anterior fez e refinou, foi indicado a game do ano, com muita justiça. Mario então, vixe... desde o 64 tem a mesma ideia de jogar, vão refinando, e cada novo que sai, ganha notas altíssimas da mídia.
Na minha opinião, não de apegue a esse tipo de "critico". Não vale a pena.

Eu concordo com vocês.

Só que esse tipo de pessoa existe, e elas vão pesar na média. Se, mesmo sabendo disso, você ainda sim definir se o jogo é válido ou não com base na média, é você que está se sujeitando a esse tipo de coisa. Eu até entendo o pessoal que não quer perder a briga para os amiguinhos, mas os adultos acho que não deveriam se sujeitar a esse tipo de aflição. "Eu joguei e odiei por isso e por aquilo", beleza, mas dar piti só porque viu metacritic abaixo de sua expectativa...
LXsB.gif
 

Morts

Guerreiro
Agosto 21, 2009
13,476
8,487
Cotia
Não acho que Halo precise revolucionar nada pra ser uma masterpiece. Aliás, revolucionar nunca foi o ponto forte da série: até meados de Halo 3, tudo era praticamente idêntico a Halo CE. Halo mudou "radicalmente" (para os parâmetros da série) em Reach, 4 e 5, principalmente esse último. E a crítica sempre se derreteu com o "mais do mesmo", porque entregavam bons jogos, extremamente avançados para suas respectivas épocas.

Então, sim, não acredito que Halo tem uma cruz mais pesada ou tarefa ingrata que outros games. O game pode ser ótimo criticamente e surpreender, todo game pode, do que revoluciona até o que entrega uma experiência em linha de games anteriores. Exemplos não faltam na indústria.

Se vier uma masterpiece, vou amar e ficar satisfeito. Se vier um jogo bom/mediano, vou gostar e jogar também, afinal, sou fã da franquia. Mas logicamente vou ficar decepcionado, pois creio que Halo deva estar no panteão dos games, não nos jogos medianos ou e"divertidos". Diversão por diversão, muita gente gostou de Crackdown 3.

Acho que esse vídeo do Carpenedo, um clássico fã de Halo e um dos colaboradores da Halo Project Brasil, sintetiza bem tudo isso. É uma falsa dicotomia o fã "precisar gostar" do que vê em Halo pelo simples fato de ser Halo.



Enfim, vamos dar tempo ao tempo. Por enquanto não é bom sofrer antecipadamente ou ter autopiedade com a franquia, a 343i ou seja lá quem for. Se for bom, não tem porque se preocupar; se for ruim, pelo menos será lançado.
Gosto muito do carpenedo uma pena que muita gente deixou de gostar dele, pq ele é honesto.
 

Guilherme Augusto

Guerreiro
Outubro 18, 2015
2,700
2,152
a
Eu joguei e odiei por isso e por aquilo", beleza, mas dar piti só porque viu metacritic abaixo de sua expectativa...
Acho que a revolta quando ocorre essas coisas, é até "normal" pois vemos tantos jogos as vezes piores levarem nota melhor que é complicado de engolir.

Mas eu mesmo preciso me policiar nessas notas, eu não vou deixar de jogar o jogo, mas confesso que reclamo um pouco se vejo algumas injustiças.
 
  • Curtir
Reações: Saci

Guilherme Augusto

Guerreiro
Outubro 18, 2015
2,700
2,152
a
Gosto muito do carpenedo uma pena que muita gente deixou de gostar dele, pq ele é honesto.
Eu vi algumas coisas dele bem no começo, parecia ser um cara legal, mas que pagou um preço alto por querer virar "famoso".

Vi alguns exemplos e ele mudando de opinião, isso acontece com todo mundo, mudar não é proibido, mas dançar conforme a musica para ter mais gente na internet concordando com você, é complicado.
 

xJohnKennedy

Guerreiro
Dezembro 31, 2015
2,126
2,956
Goiás
Nem acredito que sou eu que vou trazer essa discussão pra cá, porque acho bem chata, mas tem um elefante na sala sobre as futuras avaliações de Halo Infinite, e o porque eu acho que não será nem um dos 3 melhores Halo avaliados: uma parte dos avaliadores (que comporão a média) tem a seguinte premissa para dar uma nota alta para um Halo em 2021:
Mas não tem nenhum elefante na sala... A galera já aceitou que o sistema é assim e pronto,. Tanto que esse tipo de assunto nem rende mais como lá em 2015/2016 renderia.
 

Morts

Guerreiro
Agosto 21, 2009
13,476
8,487
Cotia
Eu vi algumas coisas dele bem no começo, parecia ser um cara legal, mas que pagou um preço alto por querer virar "famoso".

Vi alguns exemplos e ele mudando de opinião, isso acontece com todo mundo, mudar não é proibido, mas dançar conforme a musica para ter mais gente na internet concordando com você, é complicado.
Isso se chama capitalismo cara.

Ou vc da o que a galera consome ou vc passa fome.
Acho q nem é questão de ficar famoso, ele fez um video falando exatamente sobre isso.

Ele trabalhava em um emprego e os videos do youtube começaram a dar mais retorno, logo ele iria focar em fazer videos e deixar o trabalho.
Eu entendo ele. Ele é fã de xbox e isso q importa, o trabalho que ele faz eu consigo separar tranquilo.

O que eu gosto dele é que ele não é hater, mas entendo que o fato dele ter se tornado "isento" irrita a galera mais hard core.

Eu tbm faço lives e vc pode falar: ahh mas vc é sonysta...Não, não sou, eu gosto de games, mas quando faço live no PS4 tenho um resultado que não alcanço no xbox por exemplo. Então obviamente vou focar no que me da resultado.

Se eu começar ganhar sub de galera do xbox, largo e ps e foda-se e ai vai vir alguem e falar: ahh mas vc ta dançando conforme a musica...Eu vou responder: eu estou trabalhando!

EDIT: ahhh quando for quotar, pelo menos dá o like, caso contrario nem precisa quotar uhauhauhauh.
 

Sobre o PXB

  • Desde 2005 nossa comunidade se orgulha de oferecer discussões inteligentes e críticas sobre a plataforma Xbox. Estamos trabalhando todos os dias para garantir que nossa comunidade seja uma das melhores.

Sobre a Comunidade

  • As opiniões expressas neste neste site são da inteira responsabilidade dos autores. Microsoft, Xbox, Xbox Live, os logotipos do Xbox e/ou outros produtos da Microsoft mencionados neste site são marcas comerciais ou registradas da Microsoft Corporation.

Assinatura PXB Gold

+ Navegação sem publicidade

+ Upload de imagens nas postagens do fórum

+ Títulos de avatar personalizados.

 

Assinar com PayPal PagSeguro (cartão ou boleto)