Microsoft e Sony anunciam parceria para cloud, IA e streaming

Tauguro

Viciado
1,046
915
Rio de Janeiro
Esse assunto ainda vai render bastante...

Quando a Sony Corp. divulgou um pacto de jogos na nuvem com a arqui-rival Microsoft Corp., surpreendeu indústria.Talvez ninguém tenha ficado mais chocado do que os funcionários da divisão Sony PlayStation, que passaram quase duas décadas lutando contra a gigante norte-americana de software no mercado de consoles de videogame, de US $ 38 bilhões.

Na semana passada, as empresas anunciaram uma parceria estratégica para co-desenvolver a tecnologia de streaming de jogos e hospedar alguns dos serviços online da PlayStation na plataforma de nuvem Azure, da empresa de Redmond. Ele vem depois que a PlayStation passou sete anos desenvolvendo sua própria oferta de jogos em nuvem, com sucesso limitado.

As negociações com a Microsoft começaram no ano passado e foram tratadas diretamente pela gerência sênior da Sony em Tóquio, em grande parte sem o envolvimento da unidade PlayStation, segundo pessoas familiarizadas com o assunto. Os funcionários da divisão de jogos foram pegos de surpresa pelas notícias. Os gerentes tiveram que acalmar os trabalhadores e assegurar-lhes que os planos para o console da próxima geração da empresa não foram afetados, disseram as pessoas, pedindo para não serem identificadas discutindo assuntos particulares.

https://www.bloomberg.com/news/articles/2019-05-19/sony-s-deal-with-microsoft-blindsided-its-own-playstation-team

Noticia bizarra, parece até revista de fofoca
 

MainFrame93

Velhato
PXB Gold
752
1,009
Curitiba
Enquanto a Sony no lançamento do PS4 fez video zuando o emprestimo de jogo usado, a MS fecha parceria e elogia a Sony.
Uma empresa tem sangue nos olhos e a outra é apenas um gatinho bebendo leite.
Só na sua inocente cabecinha que uma mega corporação trilionária vai se importar com zoeira de política de empréstimos e guerrinha de fanboy em fórum. O negócio deles é faturar.
 
  • Curtir
Reações: LiinhoGamer

Maxximu

Casual
3,238
2,327
Eu colocaria assim: uma empresa é madura o suficiente pra bater o valor de mercado de um trilhão de dólares, a outra frequentemente está nas notícias com problemas financeiros e anunciando saídas de mercados...
Entendo seu ponto de vista, e isso só reforça meu entendimento. "MS nunca será agressiva!". Será madura.
A Sony cria hype, MS cria dinheiro. :yum
 

Maxximu

Casual
3,238
2,327
Só na sua inocente cabecinha que uma mega corporação trilionária vai se importar com zoeira de política de empréstimos e guerrinha de fanboy em fórum. O negócio deles é faturar.
Eu entendo sua resposta lacradora, mas infelizmente é verdade. A MS só quer lucrar.
Então, se vender a divisão Xbox desse lucro, a MS faria?
 

LOCATELLi

Viciado
2,650
3,409
Rio Grande do Sul
Como o @patrickfb publicou ali, os diretores da divisão Playstation nem sabiam dessa negociação, a MS negociou diretamente com os cabeças da Sony. A Azure será para a Sony, não para o PlayStation apenas.

Microsoft nunca vai dar munição para os principais concorrentes. Deixar a Sony alugar a Azure significa grana monstruosa entrando, sem contra-partidas da Microsoft. Deixaram claro que descartaram totalmente a GaiKai, que era promissora, ou seja, ainda falta o know-how para o PlayStation. Então eu não vejo ponto negativo da Sony ser cliente da Microsoft, aconteceu coisa parecida no inicio da geração passada com o blu-ray.
 
Última edição:

ronabs

Opa
Moderador
11,707
22,355
Porto Alegre
Gente, a Microsoft está falando isso há uns três ou quatro anos já. Lembram quando um cara da equipe Xbox falou que o Phil Spencer está colocando toda a indústria de games à frente até da divisão Xbox? É a busca de um bem coletivo, que beneficia a todos. Utilizar o Azure é uma das maneiras, começar a derrubar barreiras é outro, expandir a Xbox Live, levantar bandeiras.

 

MainFrame93

Velhato
PXB Gold
752
1,009
Curitiba
Gente, a Microsoft está falando isso há uns três ou quatro anos já. Lembram quando um cara da equipe Xbox falou que o Phil Spencer está colocando toda a indústria de games à frente até da divisão Xbox? É a busca de um bem coletivo, que beneficia a todos. Utilizar o Azure é uma das maneiras, começar a derrubar barreiras é outro, expandir a Xbox Live, levantar bandeiras.

Tem gente que simplesmente não entende...

O mais engraçado é que (no meu círculo de amigos pelo menos) os que tem ambos os consoles são os mais favoráveis e essas uniões na indústria e os que tem apenas um dos consoles são os que mais defendem a console war. Quem dera eu pudesse ter todos os jogos que gosto em um único aparelho
 
  • Curtir
Reações: Morts

Maxximu

Casual
3,238
2,327
Se um xeique doidão oferecer uma grana preta que valha à pena vender, pode ter certeza!!!
Então a MS não quer ter uma divisão de games, quer ter um negócio de games.

@Pegazuswarri0R jogar. Torcer pra que? Não entendi.
@fblipe Não quero console war. Queria mais agressividade da MS, e não sempre "se portar de forma madura" como o Raymon falou.

Enfim, estão entendendo que quero confusão e não é o caso. Deixa quieto.
 

RAYMON

XBOX MVP
Administrador
9,606
14,179
São Paulo
O que a Microsoft fez com essa parceria, e o que ela está fazendo com o mercado, está sendo feita com inteligência de negócio por trás, um negócio sustentável, que tem como objetivo o futuro. É um movimento que "ninguém" esperava, mas que era necessário. Ela conseguiu dar para a divisao de games a importância para encabecar tais decisões dentro da mega empresa trilionaria Microsoft. Isso é agressividade. Agressividade de saber que outras empresas como Google e Amazon estão prontas pra entrar no mercado, e sair "as compras" pra garantir que os estúdios de qualidade não entrem no bolo da concorrência.
 

Lightwarrior8

Jogador
435
395
Juiz de fora
Amazon estão prontas pra entrar no mercado, e sair "as compras" pra garantir que os estúdios de qualidade não entrem no bolo da concorrência.
Eita , acho que aqui que a briga vai ser feia. Imagina estúdios gigantes que antes faziam multiplataformas se tornando exclusivos. Tá certo que é bem difícil de abandonar essa base de consoles mas esse Stream é um terreno que ainda ninguém pisou pra valer , pode ser a galinha dos ovos de ouro.
Vai ser interessante presenciar essa briga
 

HenriquePerche

Viciado
6,330
6,409
Ribeirão Preto
Interessante esse artigo do bloomberg

Curioso como foi que o mercado reagiu bem com essa parceria da Sony e da Microsoft.
Ações da Sony e da MS aumentaram bastante com isso.

Sejamos justos: no final das contas são duas das três maiores empresas de games se juntando em prol dos... Games.

Mesmo que eu bote 0% de fé no streaming de games, as empresas vão seguir forte nesse ramo.
 
Funcionários haterzinhos sonystas nevorzinhos tiveram que ser acalmados????4k4k4k4k4k4k4k4k4k4k4k
Muitos foram remanejados!!!!!4k4k4k4k4k4k4k4kk4k4k4kk4k4k
John Kodera chefe divisão Playstation foi substituído em menos de um ano???4k4k4k4k4k4k4k4k4k4k4k4k4k4k
A Top das Top(dizem as lendas né) quase em colapso salva pela Microsoft!!!!4k4k4k4k4k4k4k4k4k4k4k4k
Após acordo com Microsoft ações da Sony subiram após 18 meses sem isso acontecer!!!!4k4k4k4k4k4k4k
Fui obrigado a tirar onda agora!!!!!!!kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
 
Última edição:
Li a matéria no Bloomberg, interessante.
O lance dos funcionários não ficarem sabendo imagino que tenha sido desagradável, mas será superado rapidamente. O mercado reagiu bem ao movimento da Sony, consideraram que sua liderança foi ágil em identificar a mudança de rumos do mercado futuro.
Os funcionários da divisão Playstation, que são um terço do faturamento da Sony segundo a matéria, vão entender que os reflexos dessas decisões em termos de dominância de mercado estão há anos de distância, porém os resultados financeiros são pro curto prazo. As lideranças da Sony viram que entraram outros players para disputar o mercado de streaming, que ainda será pequeno em 2023; os competidores, porque possuem outros serviços para vender em sua plataforma de nuvem, podem e devem investir bilhões anualmente em data centers. Somente a PS Now não banca esse investimento. Então a Sony vai parar de investir dinheiro em estrutura física e focar naquilo que vai dar alguma vantagem sobre os competidores: ter o conteúdo que o público quer. Claro que não é só dela essa ideia, visto que a MS também tem investido cada vez mais em estúdios.
A Amazon não conseguiu fechar uma proposta comercial boa para a Sony. Todos os principais fornecedores de nuvem, com exceção de São Pedro, estão trabalhando em streaming de games. Não tem mais player isento pra Sony escolher, e mesmo que tivesse, teria que ter qualidade no mínimo igual aos melhores e ainda ter preço razoável, senão o produto dela fica muito caro em relação aos competidores.
A Sony agora fica mais tranquila em relação aos investimentos, pois ela vai andar de mãos dadas com as melhores tecnologias e cobertura global por meio da Azure - pode focar mais no conteúdo; A divisão Xbox, por outro lado, vai ter ainda mais confiança de investimentos por parte da empresa, e uma vez que o Playstation estará na mesma rede, também o Xbox precisará se diferenciar cada vez mais em conteúdo, pois o argumento de "melhor rede" vai perder força. Win-win-win (o terceiro win é pra nós que vamos ver ainda mais investimentos em conteúdo).
Sim tanto que após o anuncio do acordo as ações da sony aumentaram seu valor em 9,9% na ultima sexta feira, detalhe um recorde nós últimos 18 meses.
Segue a fonte dessa notícia: