Na mesa do Boteco - Quem é você?

HSR

GamePass é vida
PXB Gold
Outubro 31, 2014
11,383
16,024
Medalhas
1
Campo Grande - MS
show de bola
acho que depois dessa pandemia seria legal rolar algo do tipo novamente, ou algum projeto que envolvesse a nossa comunidade

Bem bacana mesmo.

Aproveitando, vê com o @RAYMON se é possível criar um link com o nome da pessoa encaminhando para o comentário da mesma . O @ronabs faz isso no resumo , ao clicar lá nos tópicos no início do Resumo acaba sendo encaminhado para a parte que quer ler . Fica bem organizado.
 

ronabs

opa
Moderador
Novembro 8, 2010
18,513
46,796
Medalhas
1
Porto Alegre
Bem bacana mesmo.

Aproveitando, vê com o @RAYMON se é possível criar um link com o nome da pessoa encaminhando para o comentário da mesma . O @ronabs faz isso no resumo , ao clicar lá nos tópicos no início do Resumo acaba sendo encaminhado para a parte que quer ler . Fica bem organizado.
O que eu faço é dentro do mesmo tópico, aí precisa usar um sistema de "anchors" disponível nos códigos do fórum.

Pra fazer isso que tu comentou, de linkar na página inicial a pessoa + postagem, dá pra pegar o link de cada publicação no numerozinho ali do lado.


1633719928340.png
 
  • Grrr
Reações: DarkChornS

HSR

GamePass é vida
PXB Gold
Outubro 31, 2014
11,383
16,024
Medalhas
1
Campo Grande - MS
Última edição:

DarkChornS

ding ding
PXB Gold
Julho 21, 2017
3,873
7,414
Porto Feliz
Link dos Usuários

Helder - HSR
Bruno - DarkChorns
Gustavo - tavo08tom
Vinicius - citizenfranca
Luck Costa
Edu Barros
Harrisson - Pegazuswarri0R
Henrique - henriquevascain

@ronabs Valeu .. @DarkChornS dá para fazer igual o Ronaldo disse .

Organizar na primeira postagem os nomes linkando o comentário com o da pessoa/fotos.
pronto Heldera
só falta eu linkar com as fotos mas faço isso depois

@tavo08tom agora que percebi que sua @ do fórum não é 16 como no seu nick

@Luck Costa faltou seu nome, amigo. Apesar de eu acreditar que seu nome de fato é Luck Costa
 

Pegazuswarri0R

All good gifts around us are sent from heaven abov
PXB Gold
Outubro 19, 2016
5,575
8,834
Araraquara/SP
Bom, meu nome é Helder, funcionário público com cargo de Analista de Tecnologia. Formando em Ciências da Computação e Pós Graduação em Segurança da Informação. Moro onde a onça atravessa rua , Mato Grosso do Sul, na capital.

Estou no PXB desde 2009, ano este que conheci o Xbox 360 e resolvi entrar no fórum.

Nos primeiros dois meses o console que tinha era desbloqueado e frequentando aqui todos incentivando a ter bloqueado acabei trocando por um bloqueado. Foi onde realmente fiz minha GT HelderSR.

Passei por muitas coisas bacanas nesse tempo todo aqui no PXB. Já fui moderador , participei do PXB Kids, grandes amizades que se mantém até hoje .

Minha vida mudou totalmente em quase 13 anos de PXB.

Em 2009
- Solteiro
- Legal
- Jogava Online
- Tinha paciência

Em 2021
- Casado
- Uma filha
- Chato
- Antissocial
- Sem paciência
- Dois animais de estimação

Ver anexo 5276

Ver anexo 5277

Ver anexo 5278


Por fim, Flamenguista ..
Ver anexo 5279
Apresentou a família, muito bem!

Não mencionou que é de bom gosto (FLAMENGUISTA), mas apresentou o pocotó de OTOPATAMAR.

Essa parada do PXB KIDS poderia voltar hein! Sempre curtir fazer essas coisas, ajudar, pegar cartinha de papai noel em Correios etc. Espero que possamos fazer algo juntos um dia.

No mais, parabéns pela família e animais. E obrigado por manter o tópico vivo!
 

Edu Barros

#TeamFPSBoost
PXB Gold
Fevereiro 16, 2008
9,666
19,223
Ribeirão Preto
Bom, meu nome é Helder, funcionário público com cargo de Analista de Tecnologia. Formando em Ciências da Computação e Pós Graduação em Segurança da Informação. Moro onde a onça atravessa rua , Mato Grosso do Sul, na capital.

Estou no PXB desde 2009, ano este que conheci o Xbox 360 e resolvi entrar no fórum.

Nos primeiros dois meses o console que tinha era desbloqueado e frequentando aqui todos incentivando a ter bloqueado acabei trocando por um bloqueado. Foi onde realmente fiz minha GT HelderSR.

Passei por muitas coisas bacanas nesse tempo todo aqui no PXB. Já fui moderador , participei do PXB Kids, grandes amizades que se mantém até hoje .

Minha vida mudou totalmente em quase 13 anos de PXB.

Em 2009
- Solteiro
- Legal
- Jogava Online
- Tinha paciência

Em 2021
- Casado
- Uma filha
- Chato
- Antissocial
- Sem paciência
- Dois animais de estimação

Ver anexo 5276

Ver anexo 5277

Ver anexo 5278


Por fim, Flamenguista ..
Ver anexo 5279
Show de bola, Helder!
Só acho que faltou mencionar aí no seu perfil a quantidade de horas jogadas em Path of Exile.
 

Blanka

Jogador
Novembro 12, 2009
2,650
912
João Pessoa, PB
Acho que se somar Xbox + Playstation, quase 3000 horas . Que desperdício de tempo :laughing:
Eu tenho isso só no DOTA 2. Vício esse que, graças a Deus, eu conseguir sair.

EhyLLTE.png
 

Luck Costa

Jogador
PXB Gold
Janeiro 17, 2008
2,268
2,592
Vinhedo
pronto Heldera
só falta eu linkar com as fotos mas faço isso depois

@tavo08tom agora que percebi que sua @ do fórum não é 16 como no seu nick

@Luck Costa faltou seu nome, amigo. Apesar de eu acreditar que seu nome de fato é Luck Costa
Quase kkkk meu nome é Luciano Costa. Luck é um apelido de infância. Nasci em São Paulo, e esse apelido vem de lá. Mudei para Vinhedo em 85 e o apelido veio junto. A cidade toda me conhece por Luck. Se procurar por Luciano Costa aqui vai ser difícil me achar kkkk.
Me deu sorte.
 

ZuLuU 13

Só observando
PXB Gold
Maio 15, 2009
438
365
Limeira - SP
Meu nome é Ulisses. Casado a 13 anos, 1 filho e duas cachorras.

ZuLuU 13 surgiu por causa de um campeonato de Fifa (madrugadão, corujão) que fazíamos online com uns amigos. Amigos esses que tenho desde 2014 graças ao Fifa. O campeonato era na véspera da cosnciência negra e no meio de uma conversão ao invés de eu falar Zumbi de Palmares, soltei um Zulu de Palmares, daí já viram né... Desde então uso ZuLuU. O número 13 é referente ao número do Galo no jogo do bicho, sou (era) atleticano.

Essa parte de torcedor do Galo é legal. Tenho 39 anos, (1982), então vi boas partes das disgraças do Galo acontecerem, meu pai me levou ao Mineirão a primeira vez com 7 anos de idade. A partir dos 14 comecei a frequentar o estádio soziho, morava em uma cidade (Itáuna) a 80km do Mineirão e muita dessas idas eram escondidas de mãe e pai, eu sei, loucura total. Galo x Flamengo em 99 estava indo para a aula a noite e no caminho passou uns conhecidos dizendo que tinha vaga no carro para ir ao jogo. Nesse dia cheguei em casa às 2:00, peguei três meses de castigo de pena.
Por mais incrível que possa parecer até 2013 quando o time não ganhava absolutamente nada eu era fanático, a partir de 2016 comecei a não me interessar tanto, e em 2017 após um balanço financeiro do clube para aprovação de contas no Conselho Deliberativo eu simplesmente parei de acompanhar. Tinha tanta coisa no mínimo estranha naquele balanço e só teve um voto contra a aprovação.

Sou formado em técnico em fundição, e a partir de 2001 com 18 anos comecei a vagar por várias cidades do interior de SP fazendo estágios. Em 2006 vim parar em Limeira e estou aqui até hoje. Não atuo mais na área de metalurgia desde 2012. Desde então comecei a trabalhar em qualquer coisa operacional que aparecia: ajudante geral, modelador, limpador técnico (limpeza de máquinas, cabines automotivas, etc) e almoxarife.

Com nascimento do filho em outubro 2018 eu larguei o trabalho no inicio de 2019 para poder acompanhar o primeiro ano de vida com ele em casa sem creche, aqui na cidade somos apenas eu e minha esposa, sem parente algum. Por isso dessa descisão.
Essa era a ideia... daí em 2020 veio a pandemia, e o que seria só um ano sem emprego se estende até hoje.
Por obras do acaso, em junho conheci o jogo Axie Infinity, e desde então tenho conseguido uma renda bem legal, e até que seque essa fonte não volto a trabalhar formalmente.

Estou no PXB dede 2011 (com a marca Xbox também), mais lendo do que escrevendo e interagindo. Minha relação com video games sempre foi só para jogos de esporte, especialmente futebol. Em 2019 foi um ano atípico que não joguei Fifa e consegui finalizar 25 jogos durante o ano. Mas em 2020 voltei ao vício e continuei assim até aparecer o Axie em junho. Desde então sequer ligo o Xbox para jogar algo.

Empolguei na escrita acho. Depois mando foto da Susi e da Nina. Tirar foto não é das coisas que mais gosto na vida. Então segue apenas duas fotos que sou obrigado pela digníssima a tirar todos os anos para recordação dos dias dos pais.

IMG-20210805-WA0048.jpg IMG-20210805-WA0049.jpg
 

Edu Barros

#TeamFPSBoost
PXB Gold
Fevereiro 16, 2008
9,666
19,223
Ribeirão Preto
Meu nome é Ulisses. Casado a 13 anos, 1 filho e duas cachorras.

ZuLuU 13 surgiu por causa de um campeonato de Fifa (madrugadão, corujão) que fazíamos online com uns amigos. Amigos esses que tenho desde 2014 graças ao Fifa. O campeonato era na véspera da cosnciência negra e no meio de uma conversão ao invés de eu falar Zumbi de Palmares, soltei um Zulu de Palmares, daí já viram né... Desde então uso ZuLuU. O número 13 é referente ao número do Galo no jogo do bicho, sou (era) atleticano.

Essa parte de torcedor do Galo é legal. Tenho 39 anos, (1982), então vi boas partes das disgraças do Galo acontecerem, meu pai me levou ao Mineirão a primeira vez com 7 anos de idade. A partir dos 14 comecei a frequentar o estádio soziho, morava em uma cidade (Itáuna) a 80km do Mineirão e muita dessas idas eram escondidas de mãe e pai, eu sei, loucura total. Galo x Flamengo em 99 estava indo para a aula a noite e no caminho passou uns conhecidos dizendo que tinha vaga no carro para ir ao jogo. Nesse dia cheguei em casa às 2:00, peguei três meses de castigo de pena.
Por mais incrível que possa parecer até 2013 quando o time não ganhava absolutamente nada eu era fanático, a partir de 2016 comecei a não me interessar tanto, e em 2017 após um balanço financeiro do clube para aprovação de contas no Conselho Deliberativo eu simplesmente parei de acompanhar. Tinha tanta coisa no mínimo estranha naquele balanço e só teve um voto contra a aprovação.

Sou formado em técnico em fundição, e a partir de 2001 com 18 anos comecei a vagar por várias cidades do interior de SP fazendo estágios. Em 2006 vim parar em Limeira e estou aqui até hoje. Não atuo mais na área de metalurgia desde 2012. Desde então comecei a trabalhar em qualquer coisa operacional que aparecia: ajudante geral, modelador, limpador técnico (limpeza de máquinas, cabines automotivas, etc) e almoxarife.

Com nascimento do filho em outubro 2018 eu larguei o trabalho no inicio de 2019 para poder acompanhar o primeiro ano de vida com ele em casa sem creche, aqui na cidade somos apenas eu e minha esposa, sem parente algum. Por isso dessa descisão.
Essa era a ideia... daí em 2020 veio a pandemia, e o que seria só um ano sem emprego se estende até hoje.
Por obras do acaso, em junho conheci o jogo Axie Infinity, e desde então tenho conseguido uma renda bem legal, e até que seque essa fonte não volto a trabalhar formalmente.

Estou no PXB dede 2011 (com a marca Xbox também), mais lendo do que escrevendo e interagindo. Minha relação com video games sempre foi só para jogos de esporte, especialmente futebol. Em 2019 foi um ano atípico que não joguei Fifa e consegui finalizar 25 jogos durante o ano. Mas em 2020 voltei ao vício e continuei assim até aparecer o Axie em junho. Desde então sequer ligo o Xbox para jogar algo.

Empolguei na escrita acho. Depois mando foto da Susi e da Nina. Tirar foto não é das coisas que mais gosto na vida. Então segue apenas duas fotos que sou obrigado pela digníssima a tirar todos os anos para recordação dos dias dos pais.

Ver anexo 5287 Ver anexo 5288
Ulisses, eu lembro de um tópico que vc falou sobre esse jogo Axie Infinity. Bom saber que ainda está firme e forte! Já não é a primeira pessoa que eu conheço que conseguiu superar esse período de pandemia por conta desse jogo. Outros amigos meus focaram em streaming (Free Fire e R6) e tb conseguiram reverter a situação graças aos jogos. Bom demais ver isso!
 

ZuLuU 13

Só observando
PXB Gold
Maio 15, 2009
438
365
Limeira - SP
Ulisses, eu lembro de um tópico que vc falou sobre esse jogo Axie Infinity. Bom saber que ainda está firme e forte! Já não é a primeira pessoa que eu conheço que conseguiu superar esse período de pandemia por conta desse jogo. Outros amigos meus focaram em streaming (Free Fire e R6) e tb conseguiram reverter a situação graças aos jogos. Bom demais ver isso!
Os desenvolvedores desse jogo todas as vezes que entrevistados falam do Axie não só como um jogo, mas como meio para mudança de vidas. Tem até um "documentário" sobre essa transformação que está ocorrendo para alguns filipenses, na Filipinas é onde se encontra a maior base de jogadores.
Na minha vida mudou muito.

Para vocês que conhecem tudo sobre jogos, em julho deste ano o Zyori, que dizem ser o cara que mudou o cenário competitivo de Dota 2 (não sei se é verdade essa informação), entrou para a equipe do Axie. Vem muita coisa boa por aí em 2022.

Quem ainda não conhece sobre o jogo, recomendo a pesquisa.
 

RAYMON

XBOX MVP
Administrador
Outubro 29, 2005
11,691
23,732
Medalhas
1
São Paulo
Desce mais uma rodada! (cuidado, me empolguei real)

Ramon Nakamura, 33 anos. Nasci em Paranaguá, litoral do Paraná. Namoro há três anos, mas moro sozinho em São Paulo (ele é funcionário púbico no interior e nos vemos nos fins de semana).

Sou designer, e como meu pai era fotógrafo (com laboratório fotográfico e tudo mais), cresci no mundo das artes visuais. Já na adolescência aprendi a usar o Photoshop (a versão 4.0 naquela época) na loja do meu pai e depois segui caminho na faculdade de Design. Tenho até hoje a fotografia como um hobby, com câmeras, lentes, drones e afins.

Minha trajetória digital começou no falecido fórum UOL Jogos, no qual me dei o nome de RAYMON, e desde aquela época uso esse avatar do Zell (Final Fantasy VIII foi um marco na minha vida, naquela velha historia de traduzir todos os diálogos do ingles para o português com um dicionário :laughing: ).Em 2002, eu e meu irmão juntamos dinheiro pra comprar um Xbox caixão, 900 reais na primeira compra pelo Mercado Livre, e escondidos dos meus pais porque não sabíamos se de fato aquela compra iria chegar até nós). Mas chegou....e aí desencadeou uma série de eventos que me trouxeram até aqui hoje.

Depois que descobri Halo e comecei a me aventurar nos jogos online - galera do xLink Kai dá um alô ai! - vi que muitos dos que jogavam online não entendiam toda a trama da série, e ai com a minha experiência prévia de Final Fantasy VIII, resolvi criar um site traduzindo todos os diálogos de Halo e Halo2, pra que mais pessoas pudessem discutir todas as teorias acerca do jogo. Nascia o "BioHalo", um projeto que tenho muito carinho de lembrar até hoje. Esse site me rendeu duas matérias na Revista Oficial do Xbox (comandada na época pelo grande Nelson Alves Jr.) e o mais importante, fez os lendários Malegra, DocAraxá e PHRIOS me convidarem para fazer parte da equipe de moderadores do recém inaugurado "PortalXbox", em 2005. Fui o 11° usuário cadastrado nesse banco de dados que hoje vocês conhecem como PXB 🍻

Toda a trajetória do PXB durante sua época de ouro do Xbox 360 é um caso a parte. Para quem é daquela época, sabe bem que eu tinha um posicionamento meio esquisito. Muitos me chamavam de sonysta e até mesmo sugeriam que eu fosse expulso da equipe :sweat::joy:. Mas sobrevivi! Em 2011, outro grande usuário da época, DWLADS, fez a minha primeira proposta de trabalho real: trabalhar com ele em uma startup em Uberlândia. Naquele ano eu tinha acabado de me formar e ainda morava em Curitiba. Obviamente aceitei e me mudei para Minas Gerais para trabalhar como designer de interface (em um aplicativo para Android, iOS e o finado Windows Phone).

Em 2013 essa startup faliu! Mas nosso time de desenvolvimento era realmente fora de série, e uma outra em empresa contratou praticamente a equipe toda. Em 2015 falimos essa empresa também, praticamente uma maldição. Ah, em 2013 também ocorreu a queda do PortalXbox. Um problema generalizado tão grande que acabou encerrando a parceria dos três fundadores, que me então me ofereceram o controle dela caso conseguisse resgatar toda aquela base de dados construída em anos de fórum. Muita coisa foi perdida nessa transição, mas conseguimos salvar a maior parte. Foi nessa época também que o nome PXB nasceu. Os usuários já chamavam o PortalXbox de PXB, e o registro de marca não permitia a palavra "xbox" junto de um nome de empresa. Depois de um inicio conturbado em uma nova plataforma, hoje estamos completamente estáveis e saudáveis por aqui - e espero que ainda tenhamos muitos anos pela frente!

Em 2014 me tornei Xbox MVP, e sigo com esse título até então. Sei que muitos tem questões a respeito desse programa (incluindo aí o próprio Bruno Motta, que me ligou pra perguntar o que eu fazia :joy:), mas vou tentar ser breve: somos um grupo de 60 pessoas espalhadas pelo mundo, que tem como missão basicamente dar feedback sobre as opniões e comportamentos de suas comunidades a respeito do Xbox. Todos os anos temos um grande evento exclusivo que dá um panorama geral dos próximos passos do Xbox, com Phil Spencer, Aaron e alguns outros cabeças de equipe (e as vezes algumas devs também). De fato esse evento continua ocorrendo porque nunca nenhuma informação foi vazada dele, então a confiança deles com a gente é bem grande. Ao longo do ano também temos diversas reuniões pontuais para assuntos específicos, onde eles conversam mais abertamente e pedem nossas opiniões. Nos últimos meses tem rolado uma grande reestruturação na gerência do programa e já faz um tempinho que estamos sem grandes novidades. Ah, esse programa é totalmente baseado na equipe do Xbox dos Estados Unidos. Não tenho nenhuma relação com a equipe Xbox Brasil, inclusive meu contato com eles hoje é extremamente raro. - ao contrário do que aconteceu na era do 360, com o Guilherme Camargo, onde fazíamos até evento na sede da Microsoft Brasil).

Em 2016 parte da equipe "amaldiçoada" se reencontrou novamente em uma nova empresa, e a sombra da maldição pairou sobre nós até 2019, quando a empresa que trabalhávamos decidiu encerrar suas atividades em Uberlândia :dizzy:. Não foi falência, mas nos deram o ultimato: ou mudam para a sede em São Paulo, ou estão demitidos. Fui o único da equipe que aceitou mudar pra SP. Atualmente já estou em outro emprego (em SP mesmo), mas ainda trabalhando com interface e experiência de usuário. Também faço freelas de produção de vídeo para um startup social chamada New School, voltada para jovens da periferia.

Ah, com exceção do Playstation 1, eu nunca tive um outro Playstation na minha vida.

1634162137990.png
*Pokémons adquiridos na Pokémon Store, em Tóquio :heart_eyes:
 

Pegazuswarri0R

All good gifts around us are sent from heaven abov
PXB Gold
Outubro 19, 2016
5,575
8,834
Araraquara/SP
Desce mais uma rodada! (cuidado, me empolguei real)

Ramon Nakamura, 33 anos. Nasci em Paranaguá, litoral do Paraná. Namoro há três anos, mas moro sozinho em São Paulo (ele é funcionário púbico no interior e nos vemos nos fins de semana).

Sou designer, e como meu pai era fotógrafo (com laboratório fotográfico e tudo mais), cresci no mundo das artes visuais. Já na adolescência aprendi a usar o Photoshop (a versão 4.0 naquela época) na loja do meu pai e depois segui caminho na faculdade de Design. Tenho até hoje a fotografia como um hobby, com câmeras, lentes, drones e afins.

Minha trajetória digital começou no falecido fórum UOL Jogos, no qual me dei o nome de RAYMON, e desde aquela época uso esse avatar do Zell (Final Fantasy VIII foi um marco na minha vida, naquela velha historia de traduzir todos os diálogos do ingles para o português com um dicionário :laughing: ).Em 2002, eu e meu irmão juntamos dinheiro pra comprar um Xbox caixão, 900 reais na primeira compra pelo Mercado Livre, e escondidos dos meus pais porque não sabíamos se de fato aquela compra iria chegar até nós). Mas chegou....e aí desencadeou uma série de eventos que me trouxeram até aqui hoje.

Depois que descobri Halo e comecei a me aventurar nos jogos online - galera do xLink Kai dá um alô ai! - vi que muitos dos que jogavam online não entendiam toda a trama da série, e ai com a minha experiência prévia de Final Fantasy VIII, resolvi criar um site traduzindo todos os diálogos de Halo e Halo2, pra que mais pessoas pudessem discutir todas as teorias acerca do jogo. Nascia o "BioHalo", um projeto que tenho muito carinho de lembrar até hoje. Esse site me rendeu duas matérias na Revista Oficial do Xbox (comandada na época pelo grande Nelson Alves Jr.) e o mais importante, fez os lendários Malegra, DocAraxá e PHRIOS me convidarem para fazer parte da equipe de moderadores do recém inaugurado "PortalXbox", em 2005. Fui o 11° usuário cadastrado nesse banco de dados que hoje vocês conhecem como PXB 🍻

Toda a trajetória do PXB durante sua época de ouro do Xbox 360 é um caso a parte. Para quem é daquela época, sabe bem que eu tinha um posicionamento meio esquisito. Muitos me chamavam de sonysta e até mesmo sugeriam que eu fosse expulso da equipe :sweat::joy:. Mas sobrevivi! Em 2011, outro grande usuário da época, DWLADS, fez a minha primeira proposta de trabalho real: trabalhar com ele em uma startup em Uberlândia. Naquele ano eu tinha acabado de me formar e ainda morava em Curitiba. Obviamente aceitei e me mudei para Minas Gerais para trabalhar como designer de interface (em um aplicativo para Android, iOS e o finado Windows Phone).

Em 2013 essa startup faliu! Mas nosso time de desenvolvimento era realmente fora de série, e uma outra em empresa contratou praticamente a equipe toda. Em 2015 falimos essa empresa também, praticamente uma maldição. Ah, em 2013 também ocorreu a queda do PortalXbox. Um problema generalizado tão grande que acabou encerrando a parceria dos três fundadores, que me então me ofereceram o controle dela caso conseguisse resgatar toda aquela base de dados construída em anos de fórum. Muita coisa foi perdida nessa transição, mas conseguimos salvar a maior parte. Foi nessa época também que o nome PXB nasceu. Os usuários já chamavam o PortalXbox de PXB, e o registro de marca não permitia a palavra "xbox" junto de um nome de empresa. Depois de um inicio conturbado em uma nova plataforma, hoje estamos completamente estáveis e saudáveis por aqui - e espero que ainda tenhamos muitos anos pela frente!

Em 2014 me tornei Xbox MVP, e sigo com esse título até então. Sei que muitos tem questões a respeito desse programa (incluindo aí o próprio Bruno Motta, que me ligou pra perguntar o que eu fazia :joy:), mas vou tentar ser breve: somos um grupo de 60 pessoas espalhadas pelo mundo, que tem como missão basicamente dar feedback sobre as opniões e comportamentos de suas comunidades a respeito do Xbox. Todos os anos temos um grande evento exclusivo que dá um panorama geral dos próximos passos do Xbox, com Phil Spencer, Aaron e alguns outros cabeças de equipe (e as vezes algumas devs também). De fato esse evento continua ocorrendo porque nunca nenhuma informação foi vazada dele, então a confiança deles com a gente é bem grande. Ao longo do ano também temos diversas reuniões pontuais para assuntos específicos, onde eles conversam mais abertamente e pedem nossas opiniões. Nos últimos meses tem rolado uma grande reestruturação na gerência do programa e já faz um tempinho que estamos sem grandes novidades. Ah, esse programa é totalmente baseado na equipe do Xbox dos Estados Unidos. Não tenho nenhuma relação com a equipe Xbox Brasil, inclusive meu contato com eles hoje é extremamente raro. - ao contrário do que aconteceu na era do 360, com o Guilherme Camargo, onde fazíamos até evento na sede da Microsoft Brasil).

Em 2016 parte da equipe "amaldiçoada" se reencontrou novamente em uma nova empresa, e a sombra da maldição pairou sobre nós até 2019, quando a empresa que trabalhávamos decidiu encerrar suas atividades em Uberlândia :dizzy:. Não foi falência, mas nos deram o ultimato: ou mudam para a sede em São Paulo, ou estão demitidos. Fui o único da equipe que aceitou mudar pra SP. Atualmente já estou em outro emprego (em SP mesmo), mas ainda trabalhando com interface e experiência de usuário. Também faço freelas de produção de vídeo para um startup social chamada New School, voltada para jovens da periferia.

Ah, com exceção do Playstation 1, eu nunca tive um outro Playstation na minha vida.

Ver anexo 5316
*Pokémons adquiridos na Pokémon Store, em Tóquio :heart_eyes:
Já anotei aqui : não oferecer sociedade ao raymon.
 

Edu Barros

#TeamFPSBoost
PXB Gold
Fevereiro 16, 2008
9,666
19,223
Ribeirão Preto
Desce mais uma rodada! (cuidado, me empolguei real)

Ramon Nakamura, 33 anos. Nasci em Paranaguá, litoral do Paraná. Namoro há três anos, mas moro sozinho em São Paulo (ele é funcionário púbico no interior e nos vemos nos fins de semana).

Sou designer, e como meu pai era fotógrafo (com laboratório fotográfico e tudo mais), cresci no mundo das artes visuais. Já na adolescência aprendi a usar o Photoshop (a versão 4.0 naquela época) na loja do meu pai e depois segui caminho na faculdade de Design. Tenho até hoje a fotografia como um hobby, com câmeras, lentes, drones e afins.

Minha trajetória digital começou no falecido fórum UOL Jogos, no qual me dei o nome de RAYMON, e desde aquela época uso esse avatar do Zell (Final Fantasy VIII foi um marco na minha vida, naquela velha historia de traduzir todos os diálogos do ingles para o português com um dicionário :laughing: ).Em 2002, eu e meu irmão juntamos dinheiro pra comprar um Xbox caixão, 900 reais na primeira compra pelo Mercado Livre, e escondidos dos meus pais porque não sabíamos se de fato aquela compra iria chegar até nós). Mas chegou....e aí desencadeou uma série de eventos que me trouxeram até aqui hoje.

Depois que descobri Halo e comecei a me aventurar nos jogos online - galera do xLink Kai dá um alô ai! - vi que muitos dos que jogavam online não entendiam toda a trama da série, e ai com a minha experiência prévia de Final Fantasy VIII, resolvi criar um site traduzindo todos os diálogos de Halo e Halo2, pra que mais pessoas pudessem discutir todas as teorias acerca do jogo. Nascia o "BioHalo", um projeto que tenho muito carinho de lembrar até hoje. Esse site me rendeu duas matérias na Revista Oficial do Xbox (comandada na época pelo grande Nelson Alves Jr.) e o mais importante, fez os lendários Malegra, DocAraxá e PHRIOS me convidarem para fazer parte da equipe de moderadores do recém inaugurado "PortalXbox", em 2005. Fui o 11° usuário cadastrado nesse banco de dados que hoje vocês conhecem como PXB 🍻

Toda a trajetória do PXB durante sua época de ouro do Xbox 360 é um caso a parte. Para quem é daquela época, sabe bem que eu tinha um posicionamento meio esquisito. Muitos me chamavam de sonysta e até mesmo sugeriam que eu fosse expulso da equipe :sweat::joy:. Mas sobrevivi! Em 2011, outro grande usuário da época, DWLADS, fez a minha primeira proposta de trabalho real: trabalhar com ele em uma startup em Uberlândia. Naquele ano eu tinha acabado de me formar e ainda morava em Curitiba. Obviamente aceitei e me mudei para Minas Gerais para trabalhar como designer de interface (em um aplicativo para Android, iOS e o finado Windows Phone).

Em 2013 essa startup faliu! Mas nosso time de desenvolvimento era realmente fora de série, e uma outra em empresa contratou praticamente a equipe toda. Em 2015 falimos essa empresa também, praticamente uma maldição. Ah, em 2013 também ocorreu a queda do PortalXbox. Um problema generalizado tão grande que acabou encerrando a parceria dos três fundadores, que me então me ofereceram o controle dela caso conseguisse resgatar toda aquela base de dados construída em anos de fórum. Muita coisa foi perdida nessa transição, mas conseguimos salvar a maior parte. Foi nessa época também que o nome PXB nasceu. Os usuários já chamavam o PortalXbox de PXB, e o registro de marca não permitia a palavra "xbox" junto de um nome de empresa. Depois de um inicio conturbado em uma nova plataforma, hoje estamos completamente estáveis e saudáveis por aqui - e espero que ainda tenhamos muitos anos pela frente!

Em 2014 me tornei Xbox MVP, e sigo com esse título até então. Sei que muitos tem questões a respeito desse programa (incluindo aí o próprio Bruno Motta, que me ligou pra perguntar o que eu fazia :joy:), mas vou tentar ser breve: somos um grupo de 60 pessoas espalhadas pelo mundo, que tem como missão basicamente dar feedback sobre as opniões e comportamentos de suas comunidades a respeito do Xbox. Todos os anos temos um grande evento exclusivo que dá um panorama geral dos próximos passos do Xbox, com Phil Spencer, Aaron e alguns outros cabeças de equipe (e as vezes algumas devs também). De fato esse evento continua ocorrendo porque nunca nenhuma informação foi vazada dele, então a confiança deles com a gente é bem grande. Ao longo do ano também temos diversas reuniões pontuais para assuntos específicos, onde eles conversam mais abertamente e pedem nossas opiniões. Nos últimos meses tem rolado uma grande reestruturação na gerência do programa e já faz um tempinho que estamos sem grandes novidades. Ah, esse programa é totalmente baseado na equipe do Xbox dos Estados Unidos. Não tenho nenhuma relação com a equipe Xbox Brasil, inclusive meu contato com eles hoje é extremamente raro. - ao contrário do que aconteceu na era do 360, com o Guilherme Camargo, onde fazíamos até evento na sede da Microsoft Brasil).

Em 2016 parte da equipe "amaldiçoada" se reencontrou novamente em uma nova empresa, e a sombra da maldição pairou sobre nós até 2019, quando a empresa que trabalhávamos decidiu encerrar suas atividades em Uberlândia :dizzy:. Não foi falência, mas nos deram o ultimato: ou mudam para a sede em São Paulo, ou estão demitidos. Fui o único da equipe que aceitou mudar pra SP. Atualmente já estou em outro emprego (em SP mesmo), mas ainda trabalhando com interface e experiência de usuário. Também faço freelas de produção de vídeo para um startup social chamada New School, voltada para jovens da periferia.

Ah, com exceção do Playstation 1, eu nunca tive um outro Playstation na minha vida.

Ver anexo 5316
*Pokémons adquiridos na Pokémon Store, em Tóquio :heart_eyes:
Muito legal conhecer a trajetória do PXB. Meu cadastro aqui é da época do Portal Xbox, mas eu praticamente não acessava. É até engraçado ver que grande parte dos outros fóruns foi soterrada por grupos de Facebook e WhatsApp, mas o PXB continua firme e forte. Eu curto muito essa dinâmica de fórum de discussão, uma pena estão quase extintos.

Ah, e parabéns pelo relacionamento à distância, só os fortes conseguem. Namorei durante 1 ano uma menina da terra do @Lightwarrior8 , Juiz de Fora. Eu morava no Rio de Janeiro, eram cerca de 200 km da minha casa até a casa dela. Fiz esse trajeto TODOS os finais de semana durante um ano inteiro, fora algumas vezes que eu fiz bate-e-volta durante a semana. Coisas que só o amor explica mesmo.
 

Sobre o PXB

  • Desde 2005 nossa comunidade se orgulha de oferecer discussões inteligentes e críticas sobre a plataforma Xbox. Estamos trabalhando todos os dias para garantir que nossa comunidade seja uma das melhores.

Sobre a Comunidade

  • As opiniões expressas neste neste site são da inteira responsabilidade dos autores. Microsoft, Xbox, Xbox Live, os logotipos do Xbox e/ou outros produtos da Microsoft mencionados neste site são marcas comerciais ou registradas da Microsoft Corporation.

Assinatura PXB Gold

+ Navegação sem publicidade

+ Upload de imagens nas postagens do fórum

+ Títulos de avatar personalizados.

 

Assinar com PayPal PagSeguro (cartão ou boleto)