Resumo Resumo da Semana Xbox #143 - 26 a 30 de abril

ronabs

opa
Moderador
Novembro 8, 2010
17,299
41,936
Medalhas
1
Porto Alegre
Oi, pessoal.

Tudo certo por aí? Hoje o resumo está saindo daquele jeito, bonitinho, no horário perfeito pra pegar também a galera do almoço na sexta-feira, com muitas novidades do mundo do Xbox:
  • Dois novos jogos no Xbox Game Pass e quatro já confirmados para maio;
  • Inside Infinite, com atualização sobre o andamento do desenvolvimento para PC;
  • Resultados financeiros da divisão Xbox, que gerou aproximadamente $15 bilhões nos últimos 12 meses;
  • Um artigo interessante traçando um paralelo entre Netflix e Xbox Game Pass, com vários gráficos legais;
  • A Microsoft fortalecendo seu compromisso com os PC gamers;
  • Dois rumores quentes, com 50+ jogos no FPS Boost mais um novo jogo exclusivo da IO Interactive;
  • Free Play Days com Monster Truck Championship e Override 2;
  • Atualização semanal do Microsoft Rewards e Xbox Game Pass Quests;
  • Deals with Gold com dois saldões: Dia do Trabalho e Golden Week;
  • Lançamentos desta e da próxima semana;
  • Links recomendados, com notícias e vídeos sobre Xbox e videogames em geral.

Boa leitura.

.
.
.

GAME PASS COM NOVIDADES PARA ESTA E A PRÓXIMA SEMANA
apps.27359.14202829435326027.d8e6d286-7438-43e7-999e-60378c648621.d7a5c237-f605-41fe-9011-9590b6e06283

Nesta semana, tivemos duas adições interessantes no Xbox Game Pass, além de dois anúncios ainda mais legais. Primeiro, vamos falar do que já tem pra jogar. Destroy All Humans! (console/PC, já disponível) é um jogo de ação e aventura e mundo aberto envolvendo extraterrestres invadindo a Terra, mas com uma jogada interessante que é: nós somos os invasores e contamos com toda a parafernalha tecnológica enquanto a humanidade está vivendo lá em 1959. É um jogo bom de jogar, divertido e com muito bom humor, recomendo bastante. A outra adição é Second Extinction (console/PC, já disponível, Game Preview), um jogo de tiro em primeira pessoa cooperativo para até três jogadores onde precisamos enfrentar grandes dinossauros para evitar a segunda extinção (baduntss). Como o jogo lançou em Game Preview, são esperadas atualizações para os próximos meses, adicionando conteúdo, corrigindo bugs, essas coisas, não dá pra encarar como se fosse um produto completo ainda. Também adicionaram Fable Anniversary e Fable III por streaming, mas como não funciona ainda aqui no Brasil, não podemos aproveitar. E, por outro lado, ao final do dia de hoje (sexta-feira, 30), esses aqui serão removidos: Endless Legend (PC), For the King (console/PC), Fractured Minds (console), Levelhead (console/PC), Moving Out (console/PC) e Thumper (PC). Já para o mês de maio, não temos a lista oficial de jogos ainda, provavelmente será revelada na terça-feira, mas o Game Pass é tão espetacular que temos quatro jogos já confirmados: Dragon Quest Builders 2 (dia 4, console/PC), FIFA 21 (dia 6, console/PC, via EA Play/Game Pass Ultimate), Knockout City (dia 21, console/PC, via EA Play/Game Pass Ultimate) e The Wild at Heart (dia 20, console/PC). Quatro jogos, sendo três lançamentos na plataforma, nada mal. Ah, e ainda sobre o Xbox Game Pass, a Microsoft criou um vídeo bem divertido para promover alguns jogos e estilos disponíveis no catálogo, vale a pena pretigiar o belo trabalho - o link do vídeo está aqui. Pra quem quiser saber mais sobre o Xbox Game Pass, como o programa funciona, os jogos disponíveis, quem entra, quem sai, temos dois tópicos aqui no PXB (Xbox Game Pass/console e Xbox Game Pass/PC) com todas as informações sobre os serviços.

INSIDE INFINITE - ATUALIZAÇÃO DE ABRIL ABORDA O DESENVOLVIMENTO PARA PC
apr2021-insideinfinite-5-0cc0058b2b8e4a38b6c0cc1b6962e7c1.jpg

Depois de abordar assuntos como arte, gráficos, sandbox, campanha e áudio, a 343 Industries dedicou uma edição do Inside Infinite para endereçar aos jogadores de PC, que receberão um jogo da franquia no lançamento depois de muitos anos. Isso é importante porque, como informado pela Microsoft nesta semana, mais de 10 milhões de pessoas já jogaram a Master Chief Collection no PC desde o seu lançamento, indicando um potencial enorme para a franquia na plataforma. A visão da equipe responsável por esta versão é entregar um jogo que pareça ter sido feito para o PC em mente, e isso significa personalização e customização, como suporte a monitores ultrawide ou até super ultrawide (como na imagem acima), atalhos do teclado, suporte a diferentes inputs (teclado e mouse, controles Xbox, outros controles), opções de sensibilidade da mira, entre outros. Já para não deixar o jogo desparelho, por exemplo, opções até então exclusivas de PCs farão parte do jogo nos consoles também, como o FOV (field of view, o campo de visão). Isso impede que um jogador no PC jogando em um monitor ultrawide enxergue mais da tela do que um jogador de console, já que quem estiver no console poderá ajustar o campo de visão para se ajustar também. O texto é bem extenso e aborda muitas coisas que estarão disponíveis, como a integração com diferentes integrações para o pessoal se comunicar (Xbox Live, Steam, Discord, áudio in-game e convites fora do jogo).

Como é sabido, o multiplayer de Halo Infinite será gratuito e cross-platform, com pessoas podendo jogar juntas seja no Xbox One, Xbox Series X|S, PC e mobile. As playlists sociais e partidas customizadas são abertas para todos, em qualquer plataforma; já para as rankeadas, a ideia é dividir os jogadores pelos inputs (controles) que eles utilizarem, e não por plataforma, por exemplo: duas pessoas jogando com teclado e mouse, uma no PC e uma no console, poderiam jogar juntas mesmo em plataformas diferentes, já que o método de jogo (controle e mouse) é o mesmo para ambas. A 343 Industries adotou essa abordagem por acreditar que a maior diferença de gameplay entre plataformas recai justamente no controle. Desta forma, caso alguém no PC queira jogar uma partida rankeada com os amigos do console, é só plugar um controle e tudo certo, o mesmo vale para o caminho inverso, alguém do console querendo jogar com o povo do PC só precisa selecionar a opção de jogar com teclado e mouse. O artigo é finalizado com a informação que estão na fase final do jogo, no polimento, o que indica que tudo está no caminho certo para ser lançado ainda no final de 2021, como planejado, além de reforçar que o estúdio acredita que textos longos e screenshots são legais, mas que vídeos são muito mais legais. E, como a temporada de eventos da indústria está chegando, eles tem grandes planos para aproveitar estes momentos.
(Halo Waypoint)

DIVISÃO XBOX ALCANÇA RECEITA RECORDE DE $15 BILHÕES
talking-point-what-are-your-xbox-series-xs-launch-day-plans.original.jpg

Como é de praxe no final do trimestre fiscal, a Microsoft divulgou ao mercado os resultados dos primeiros meses de 2021 (janeiro, fevereiro e março), apresentando $41,7 bilhões de receita (+19%, as comparações são sempre em relação ao mesmo trimestre de 2020) e $15,5 bilhões de lucro líquido, números condizentes com o tamanho da empresa. Mas aqui, o foco é Xbox, e os resultados da divisão de jogos estão acompanhando o excelente crescimento da empresa como um todo. Neste sentido, a divisão de jogos alcançou uma receita de $3,53 bilhões (+50%), com uma puxada de +34% nas receitas de conteúdo e serviços e, especialmente, de +232% na receita oriunda de hardware, devido ao lançamento do Xbox Series X|S e um cenário favorável em comparação ao ano anterior. Desde que a Microsoft começou a dividir os resultados com o mercado, é o melhor desempenho da parte de gaming da empresa. Com tudo isso, nos últimos 12 meses (abril/2020 a março/2021), a receita total da divisão de jogos alcançou, aproximadamente, impressionantes $15 bilhões, um aumento de quase 50% comparado aos 12 meses anteriores ($10,3 bilhões). Estes números já incluem a aquisição da Bethesda. O crescimento da divisão de jogos também acontece fora do console: por exemplo, só em mods de Minecraft vendidos na loja, a Mojang apresentou um faturamento de $300 milhões.

Tudo isso pinta um cenário muito animador: primeiro, porque o dinheiro ganho com a venda de hardware (consoles, controles, acessórios, etc.) representou apenas 18% das receitas da divisão, logo, 82% de todo o dinheiro que entra no cofrinho do Xbox é proveniente do gasto de consumidores em jogos, assinaturas, microtransações, DLCs; e segundo, que o crescimento de serviços como o Xbox Game Pass, tem sido um motor que impacta positivamente os resultados da empresa. O Mat Piscatella (NPD) até fez uma piadinha no Twitter dizendo assim: "aqueles que dizem que serviços de assinatura como o Xbox Game Pass não são sustentáveis estão corretos. O Game Pass e serviços de assinatura como ele são , na verdade, impulsionadores do crescimento da indústria". A palavra "sustentável", aqui, não tem nada a ver com ser rentável, como muita gente relaciona de primeira, e sim com o sentido puro da palavra mesmo, algo que pode ser mantido em uma certa taxa média, sem muitas variações. Logo, o Game Pass cresce em um ritmo que está longe de ser médio, de ter pouca variação, e isso representa um futuro animador porque quanto maior for a escala do serviço, mais dinheiro entra todo mês e mais esse dinheiro pode ser utilizado para novos investimentos em jogos. Infelizmente, não tivemos nenhuma atualização do número de assinantes Xbox Game Pass, a última informação oficial é de 18 milhões de assinantes ao final de 2020 - segundo rumores, este número estaria próximo de 22 milhões atualmente. Outros insights interessantes apontam as expectativas para o próximo trimestre: aumento de receitas de 1 dígito (entre 4% e 9%), restrições de cadeia ainda irão interferir na produção do Xbox Series X|S por, pelo menos, mais um trimestre, e receitas de conteúdo caindo também entre 4% e 9%, devido a um trimestre comparativo muito forte em 2020. Enfim, mais money no bolso da Microsoft pra fazer mais games pra gente.
(The Verge, Tom Warren, ZhugeEX)

A MICROSOFT ESTÁ NO CAMINHO PARA TORNAR O GAME PASS NO "NETFLIX DOS GAMES"?
maxresdefault.jpg

É, semana passada, comentamos que não fazia muito sentido comparar o Xbox Game Pass com o Netflix, muito por conta do seu modelo de negócios. Mas ainda é um bom ponto de partida principalmente para quem não sabe o que é o Xbox Game Pass, coloca o Netflix ou qualquer outro serviço de assinatura de entretenimento e a conversa fica mais fácil. E também porque achei o artigo interessante para trazer pra cá. Eles iniciam com o lançamento lá em 2017, que aconteceu pouco tempo após os cancelamentos de Fable Legends (e posterior fechamento da Lionhead) e Scalebound, passam pelo começo de 2018 quando anunciaram que os jogos first party da Xbox Game Studios seriam lançados no serviço, entre outras coisas. Mas o artigo fica realmente interessante quando lembra de uma reportagem de setembro de 2017, quando Satya Nadella (CEO da Microsoft) comenta um pouco sobre a sua história com o negócio do Netflix. Quando Nadella ainda trabalhava como engenheiro do Bing, Reed Hastings, CEO e co-fundador do Netflix, virou seu mentor. Hastings falou assim: "ei, você pode ser um insider no Netflix, e vir aqui e participar de todas as minhas reuniões e encontros executivos". E foi isso que Nadella fez, e nessa mesma entrevista, ele comentou que Hastings, até hoje, compartilha algumas ideias sobre o que fazer e o que não fazer. Levando isso em consideração, o caminho dos dois serviços é bem mais próximo do que muita gente imagina, e a experiência de Nadella dentro do Netflix certamente contribuiu para a aprovação do Xbox Game Pass como serviço.

Charts-hd3.png

Outros insights interessantes do artigo envolvem dados do próprio Xbox Game Pass. Por exemplo: no console, foram 699 jogos oferecidos ao todo, com 329 remoções; no PC, a oferta foi de 480 jogos, com 98 remoções - esses números incluem aqueles jogos do EA Play. O gráfico acima também mostra a média de jogos adicionados mês a mês (até março de 2021), tem um desses sobre o PC também na matéria. Além disso, também fizeram um gráfico com base na tal curadoria que tanto falamos, de selecionar bons títulos e de diferentes gêneros: pois bem, isso garante que, na média, o Metacritic de jogos do catálogo seja, quase sempre, acima da média dos jogos do Xbox One, mostrando que existe um interesse em trazer jogos de qualidade ao serviço. Tem também outros diversos gráficos sobre o número de jogos com 80+ no Metacritic, o percentual de jogos removidos após determinados períodos de tempo, classificação etária, divisão de jogos single e multiplayer, além de assuntos importantes como o gap que existe entre os catálogos do console e PC (por exemplo, o Game Pass de console tem 39 jogos AAA de grandes publishers, contra 24 no PC), divisão de desenvolvedores por país, quantos jogos podem ser rodados por streaming, entre outros, Vale a pena ler completo no link abaixo.
(XboxEra)

MICROSOFT FORTALECE SEU COMPROMETIMENTO COM OS JOGOS NO PC
1920x1080.jpg

Há alguns dias, o Jeff Grubb (um dos nossos vazadores de informações favorito) comentou que, no dia 29 de abril, a Microsoft iria compartilhar novidades sobre o seu compromisso com os jogos no PC. Como bem sabemos, desde 2016, a empresa tem levado a marca Xbox também para os PCs, primeiro compartilhando jogos first party, depois através da iniciativa Xbox Play Anywhere (compre no console/PC, jogue no PC/console sem custo adicional, com o mesmo save, progressão, conquistas, etc.) e, mais recentemente, com a chegada do Xbox Game Pass no PC também. Além disso, já tem algum tempo que a empresa coloca o jogador no centro de tudo, com o intuito de construir uma plataforma que seja centrada no jogador, e hoje, isso significa jogar diferentes jogos em vários lugares. Então, a Microsoft compartilhou suas ideias para o futuro. Ah, nesse mesmo texto, eles comentaram que Halo: The Master Chief Collection já foi jogado por mais de 10 milhões de pessoas desde o seu lançamento no PC, seja através da Microsoft Store, Game Pass ou Steam.
  • Construir comunidades ao redor de jogos, não dispositivos: boa parte do papel da empresa como dona de uma plataforma e também publisher é conectar jogadores, independente de onde estejam. Nos últimos 18 meses, diversos jogos foram lançados no PC e até em lojas concorrentes, pois a empresa sabe que a galera do PC utiliza diferentes lojas pra ter seus jogos. E muitos, além do PC, também jogam no mobile e em consoles Xbox, sendo assim, o multiplayer de Halo Infinite terá suporte a cross-play e cross-save quando for lançado, permitindo que jogadores do Xbox One, Xbox Series X|S e PC joguem juntos e tenham todo o seu progresso compartilhado. No PC, a Microsoft também vai fazer questão de implementar funcionalidades queridas pela comunidade, como suporte a monitores ultrawide, atalhos de teclado, configurações gráficas, entre outros. E, claro, existe o compromisso de usar o Xbox Cloud Gaming para levar jogos àqueles que tem computadores mais modestos ou já mais antigos que não poderiam rodar jogos atuais sem ser desta forma;
  • Criar experiências sob medida para jogadores do PC: seja pelo Xbox Game Pass ou comprando os jogos diretamente na Microsoft Store ou Steam, a ideia é trazer ainda mais jogos de publishers e desenvolvedoras para o catálogo do Xbox Game Pass. Eles também reforçaram importantes movimentos, como a chegada do EA Play para assinantes Xbox Game Pass PC e Ultimate, parcerias com empresas de hardware (Acer, Asus, Lenovo, MSI e Razer) que colocam códigos do Game Pass em alguns produtos, e também funcionalidades como a Game Bar e novidades para os próximos meses, como mais estabilidade para instalação e downloads;
  • Ajudar desenvolvedores a entregarem experiências excepcionais: assim como fez a Epic um tempo atrás, a Microsoft vai aumentar a taxa que os desenvolvedores ganham a cada venda, de 70% para 88%, a partir de 1º de agosto. Isso significa que mais desenvolvedores poderão trazer seus jogos a mais jogadores e ter sucesso comercial fazendo isso. Além disso, ainda citaram o desenvolvimento de Microsoft Flight Simulator, que teve o PC como prioridade e utilizou tecnologias inovadoras como Azure AI, machine learning, Azure Cognitive Services e Bing Maps pra construir uma réplica real do nosso mundo. E, claro, citaram ainda a implementação do DirectX 12 e DirectX 12 Agility SDK, que traz funcionalidades com Auto HDR (que já existe no Series X|S) e que está sendo testada em mais de 1.000 jogos.
(Xbox Wire)

RUMORES XBOX - 50+ JOGOS COM FPS BOOST SEMANA QUE VEM + NOVO JOGO IOI
E0N0V4yXoAElspl

Como a semana foi meio tranquila, temos espaço pra falar um pouquinho de dois rumores que surgiram nesta semana, de diferentes fontes, o que corrobora aquele ditado de que onde há fumaça, há fogo. Primeiro, vamos para algo mais próximo: segundo Tom Warren, na semana que vem, poderemos ter o anúncio de mais de 50 jogos com suporte ao FPS Boost, aquela tecnologia da Microsoft que dobra ou até quadruplica a taxa de frames por segundo dos jogos de Xbox One no Xbox Series X|S. Nesta mesma semana, o Klobrille tuitou, em resposta a um meme do Jason Ronald que postaram em seus comentários, que a gente provavelmente iria utilizar esta imagem na semana que vem, então, é meio que certo que teremos novas adições a esta funcionalidade. Já o outro rumor vai mais longe e precisamos colar muitas pontas. Em 2017, a IO Interactive rompeu com a Square Enix e deixou de fazer parte da publisher, mantendo os direitos sobre a franquia Hitman. O estúdio se deu bem de forma independente, lançou Hitman 2 em 2018 e Hitman 3 em 2021 e, no final do ano passado, anunciou que está trabalhando em um jogo do 007. Mais recentemente, coisa de meses atrás, a IO anunciou que estava abrindo um estúdio em Barcelona para trabalhar em uma nova IP, dizendo que era um projeto "ambicioso" e tal. Alguns dias depois, o mesmo Klobrille fez um tuíte dizendo algo nessa linha: algumas vezes, coisas acontecem que parecem não ter relação com o Xbox, mas que terão no futuro, utilizando a mesma palavra "ambicioso" - ali, já me acendeu uma luzinha, porque foi bem na época que começaram os rumores de que a Xbox Game Studios Publishing estaria trabalhando com diversos estúdios para trazer jogos exclusivos para o Xbox, lembro que o @Saci também chegou a ligar esses pontos por conta do estúdio novo de Barcelona. Pois bem, parece que é isso mesmo que está acontecendo. Em estágios iniciais de produção, Project Dragon (codinome do jogo) seria um RPG de fantasia com dragões produzido pelo estúdio em parceria com a Microsoft, sendo um projeto em um mundo de RPG conectado em um novo universo, com diversas posições abertas para posições que trabalharão com multiplayer. A informação é corroborada pela Eurogamer, que também ouviu de fontes próximas que este projeto existe e está em andamento, reforçando que se trata de um AAA mas que ainda está a anos de distância de ser finalizado. Como temos falado muito nos últimos anos, a Microsoft está se mexendo em várias pontas e não está satisfeita apenas com seus 23 estúdios internos, tornando a XGS Publishing uma carta coringa que pode nos trazer diversas surpresas a qualquer momento.
(Eurogamer, Windows Central)

FREE PLAY DAYS - MONSTER TRUCK CHAMPIONSHIP E OVERRIDE 2: SUPER MECH LEAGUE
XBL_Free-Play-Days_042921_1920x1080-Wire_2-shots_JPG.jpg

Até a madrugada de segunda-feira, 26 de abril, às 3h59min, assinantes Xbox Live Gold e Xbox Game Pass Ultimate poderão aproveitar sem custo adicional esses dois jogos aí da imagem. Monster Truck Championship (Series X|S, 7,5 GB ou Xbox One, 3,2 GB) é um simulador de monster trucks, aqueles carros que são colocados em cima de rodas gigantes e que é bastante popular em países como Estados Unidos, com 16 opções de veículos, 25 arenas e três ligas para testar a habilidade dos jogadores em busca do primeiro lugar. O outro é Override 2: Super Mech League (2 GB), um jogo de luta com robôs gigantes que pode ser feita tanto contra a máquina como também com amigos de forma local ou on-line. Coloquei dois links ali, mas vale destacar que o Monster Truck Championship terá as versões de Xbox One e Series X|S liberadas, e elas contam com listas de conquistas separadas, caso alguém se interesse. Esses jogos estarão liberados graças ao Free Play Days, um benefício extra das assinaturas Xbox Live Gold e Xbox Game Pass Ultimate que, volta e meia, solta uns títulos aí pra gente jogar no final de semana. Pra fazer o downlod, é só clicar nos links dos nomes dos jogos, procurar por eles na Store ou até clicar no banner que estará na home do console.
(Xbox Wire)

MICROSOFT REWARDS E XBOX GAME PASS QUESTS | ATUALIZAÇÃO SEMANAL
0d4b6e43-4705-4170-8d39-65b63dcc2244.png

Na última semana de atividades de abril, o lembrete é mais pra reforçar alguma solicitação caso faltem poucas pra conseguir a grandona de 1.000 pontos. Como na segunda-feira, após as 14h, não terão mais atividades, restam ainda três dias para realizar o que for possível no mês. Aqui, felizmente já consegui completar essa e os pontos estão na conta, 92 mil e subindo. Além das solicitações tradicionais, a Microsoft remodelou o app Bing para o console e está oferecendo 500 pontos no Microsoft Rewards para quem baixar o novo app, completar um quiz com três perguntas simples e realizar cinco pesquisas por meio do app. Mas rápido, tem só mais um dia restante. Para mais informações sobre os dois programas de recompensas, conferir as atividades disponíveis, compartilhar dicas de como resolver as solicitações, temos um tópico completo com tudo sobre o Microsoft Rewards e Xbox Game Pass Quests aqui no PXB. As atividades abaixo devem ser completadas até segunda-feira, 3 de maio, até às 14h - após esse período, o Xbox Game Pass Quests não tem nenhuma atividade disponível, reiniciando com uma nova leva na terça-feira, no mesmo horário.

Xbox Game Pass Quests
  • Halo 5: Guardians (50 pontos) - Acumule 10 eliminações no modo multiplayer. Atividade exclusiva para assinantes Ultimate.
  • The Outer Worlds (25 pontos) - Seja a variável não planejada em uma luta pelo poder em The Outer Worlds.
  • Ganhe uma uma conquista no Xbox Game Pass (10 pontos) - Desbloquear uma conquista em um jogo do catálogo do Xbox Game Pass.
  • Conclua quatro solicitações diárias (10 pontos) - Fazer quatro daquelas solicitações diárias: jogar um jogo do Xbox Game Pass e logar no app do Xbox Game Pass.
  • Conquiste mais pontos (10 pontos) - Desbloquear três conquistas ou jogar três jogos diferentes do Xbox Game Pass.
Microsoft Rewards
  • Xbox Game Pass (10 pontos) - Só clicar no card de NieR Replicant.
  • Caçador de Conquistas (40 pontos) - Desbloquear três conquistas em qualquer jogo do Xbox.
  • Faça buscas no Bing (50 pontos) - Fazer 50 buscas no Bing através de um dispositivo móvel.

DEALS WITH GOLD COM SALDÃO DE DIA DO TRABALHO E GOLDEN WEEK
ApuLKInt

De vez em quando, a Microsoft Brasil promove ofertas do Deals with Gold com alguns jogos a mais aqui pra gente, de acordo com alguns feriados ou datas festivas do calendário brasileiro. Como nesta semana, onde temos uma promoção temática do Dia do Trabalho, com diversos jogos para comprarmos e recompensarmos nosso suado esforço e dinheirinho em benefício da nossa própria diversão e entretenimento. Jogos como Dying Light (que estou namorando há anos), Assassin's Creed Valhalla, Immortals Fenyx Rising, Kingdoms of Amalur: Re-Reckoning, Watch Dogs Legion e muitos outros, com jogos iniciando por apenas R$ 1,90. Além disso, tem também uma outra lista de ofertas com jogos japoneses, como Devil May Cry 5, Dragon Ball FighterZ, Mega Man e muito mais. Pra conferir a lista completa com mais de 400 itens em oferta, é só clicar no link abaixo - e, comprando pelos links do PXB, uma parte da grana volta para a manutenção do fórum.
(PXB)

LANÇAMENTOS DESTA SEMANA (26 A 30/ABR)

LANÇAMENTOS DA PRÓXIMA SEMANA (3 A 7/MAI)
Terça, 4
Quarta, 5
Quinta, 6
Sexta, 7

LINKS RECOMENDADOS
  • Can Your Phone Be A Gaming Console? [vídeo] - Há não muito tempo atrás, jogos de celulares eram quase como passatempos para encararmos em uma fila de algum lugar. Hoje, a história é completamente diferente, com títulos mais elaborados, cross-play inclusive com consoles e PC e jogadores habilidosos que se dão muito bem com a tela de toque. Com a chegada do streaming do Game Pass, esse futuro é ainda mais promissor. | Raycevick
  • Games That Save the Best for Last [vídeo] - Existe uma regra não escrita do desenvolvimento de jogos que é fazer o seu início por último, pra que a galera tenha domínio das ferramentas de desenvolvimento e do escopo do projeto, e consiga colocar tudo de melhor no começo, na parte que todos que comprarem vão jogar. Basicamente, impressionar logo de cara. Já outros jogos apostam em outra abordagem, sendo simples no início e deixando o melhor para o final. | Jacob Geller
  • Fall Guys adiado no Xbox - Contrariando os planos iniciais, Fall Guys não será mais lançado no nosso inverno para os consoles Xbox (e Switch também). Em seu blog, a Mediatonic disse que com muitas novas oportunidades nas mãos (pra quem não lembra, a Epic comprou a Mediatonic no início de março), eles querem incluir o máximo possível de funcionalidades logo de cara, como cross-play, logo, vai ficar pra depois. Não deram previsão também. | Fall Guys
  • Games with Gold/maio - Armello, Dungeons 3, Lego Batman e Tropico 4 - A Microsoft divulgou os quatro jogos do Games with Gold de maio sem muitas surpresas, com alguns jogos bons pra compor catálogo e talvez surpreender alguém. São dois de Xbox One e dois de Xbox 360, todos funcionam no One e Series X|S pela retrocompatibilidade. Armello e Lego Batman até já estão liberados pra baixar e jogar. | Xbox Wire
  • Respawn recebe Oscar por documentário inserido no jogo VR de Medal of Honor - A Respawn é, para muitos, o melhor estúdio da EA, e acabou de adicionar a sua galeria de honrarias uma premiação para poucos. Com Colette (Respawn Entertainment/Oculus Studios), a equipe conquistou o Oscar de Melhor Documentário Curta-Metragem, com seu especial originalmente produzido para o jogo em VR Medal of Honor: Above and Beyond. É a primeira vez que um estúdio de videogames ganha esta premiação. | Xbox Power
  • S.T.A.L.K.E.R. 2 - Game Pass é um dos motivos da exclusividade - Em entrevista ao Gaming Bolt, a GSC Game World comentou que o Xbox Game Pass foi um dos principais motivos de S.T.A.L.K.E.R. 2 ser exclusivo do Xbox Series X|S, salientando que não existem planos de levar o jogo para o PS5. | Gaming Bolt
  • Star Wars Jedi: Fallen Order receberá versão para Xbox Series X|S - A Disney revelou que Star Wars Jedi: Fallen Order receberá uma atualização no Xbox Series X|S em breve, trazendo inúmeras melhorias técnicas em breve. Essa atualização será gratuita pra quem já tem o jogo. Vale lembrar que, no início do ano, o jogo recebeu uma melhoria nos novos consoles, com suporte a 4K ou 60 fps no Series X. | Xbox Power
  • The Amnesia Fortnight Movie [vídeo] - Há muitos anos, é tradição na Double Fine eles pararem de trabalhar nos projetos do dia a dia para fazer uma grande game jam, aqueles eventos onde desenvolvedores criam jogos ou protótipos com base em suas ideias de forma rápida, mais pra provar um conceito. O legal desses eventos é que todos podem participar, por exemplo, o cara que cuida das redes sociais pode propor uma ideia de projeto. Em 2019, eles fizeram uma, como de costume, e transformaram em um filme de quase duas horas. | Double Fine
  • The Curious History of Alien Isolation [vídeo] - Muita gente olha pra Amnesia, Outlast e P.T. como bons exemplos de jogos de terror em primeira pessoa que influenciaram o gênero como um todo, mas pouca gente coloca Alien Isolation no mesmo barco. Ao contrário de outros jogos da franquia, Isolation não era de ação, não oferecia armas a rodo para enfrentar inimigos e é um bom exemplo de como um projeto fora da curva pode dar certo. | GVMERS
  • The Power of Video Game HUDs [vídeo] - Quando falamos em jogos, geralmente pensamos primeiro em jogabilidade, gráficos, mecânicas, elementos diretamente envolvidos com a sensação de jogar. Poucas vezes, porém, os HUDs chamam a atenção: displays de informações, status, menus, inventário. Quando bem implementados, eles contribuem para manter o jogador não só imerso no jogo, mas também bem informado. Esse vídeo aborda os HUDs nas telas de jogo mesmo: avisos, sinais visuais, indicadores, etc. | Game Maker's Toolkit
  • Toys for Bob sofre com saídas enquanto se transforma em um estúdio de suporte de Call of Duty - Nesta semana, muitas pessoas foram demitidas da Toys for Bob, estúdio responsável pela versão do Switch de Crash Bandicoot N' Sane Trilogy e os jogos Spyro Reignited Triloty e Crash Bandicoot 4: It's About Time. A medida, aparentemente, visa fortalecer ainda mais Call of Duty Warzone, a grande vaquinha leiteira da Activision. Fontes da indústria comentam que, hoje, praticamente todos os estúdios da Activision estão trabalhando em Call of Duty. | Games Industry
  • Vibe Checks in Video Games [vídeo] - Alguns momentos marcantes dos videogames não tem ação exagerada, setpieces gigantescas ou grandes coisas acontecendo. São, ao contrário, momentos de contemplação e simplicidade, de uma pausa no ritmo para apreciar aquele momento específico, para nos conectarmos ainda mais com aqueles personagens. | Razbuten

.
.
.

Bastante coisa legal, novidades interessantes para a próxima semana, e deixo aqui embaixo também um último aviso de que a votação para o Clube PXB Game Pass de maio vai até amanhã de manhã, às 10h11min. Quem quiser votar para ajudar a escolhermos o jogo de maio pode fazer clicando aqui.

Tenham todos um excelente final de semana.

giphy.gif
 

Sobre o PXB

  • Desde 2005 nossa comunidade se orgulha de oferecer discussões inteligentes e críticas sobre a plataforma Xbox. Estamos trabalhando todos os dias para garantir que nossa comunidade seja uma das melhores.

Sobre a Comunidade

  • As opiniões expressas neste neste site são da inteira responsabilidade dos autores. Microsoft, Xbox, Xbox Live, os logotipos do Xbox e/ou outros produtos da Microsoft mencionados neste site são marcas comerciais ou registradas da Microsoft Corporation.

Assinatura PXB Gold

+ Navegação sem publicidade

+ Upload de imagens nas postagens do fórum

+ Títulos de avatar personalizados.

 

Assinar com PayPal PagSeguro (cartão ou boleto)