Resumo Resumo da Semana Xbox #61 - 2 a 6 de setembro - Gears 5 entre nós

ronabs

Opa
Moderador
12,053
23,208
Porto Alegre
Fala, pessoal. Todo mundo jogando Gears 5, né? Jogo chegou, foi bem recebido e tá fazendo um barulho legal na comunidade e na crítica, The Coalition pelo jeito conseguiu elevar a franquia a um novo nível, abrindo caminho para alcançar ainda mais sucesso no futuro. Mas, além de Gears 5 liberado pra quem tem Game Pass Ultimate, temos outros destaques, como Gears 5 alcançando nota máxima em um site que avalia jogos sob o olhar da acessibilidade, muita coisa nova no Game Pass incluindo dois jogos da série Metal Gear Solid, os planos da Turn 10 pra reviver o "ethos" de Forza Motorsport, a Microsoft fechando uma parceria com uma empresa sul-coreana pra testar o xCloud em uma rede 5G, Ashen recebendo um DLC hoje e Celeste semana que vem (talvez), as Quests do Xbox Game Pass, o update de Outubro para Insiders, Free Play Days de Madden NFL 20, os Deals with Gold com duas promoções paralelas, os lançamentos desta e da próxima semana e alguns links com assuntos diversos.


GEARS 5 - REVIEWS + JOGUEM NO XBOX GAME PASS ULTIMATE

Então, parece que tem um jogo AAA de respeito aí que já está disponível para assinantes Game Pass Ultimate e também pra quem comprou a edição Ultimate dele. Um tal de Gears 5. Pois bem, Gears 5 já está entre nós, é o mais novo título da The Coalition e que tem arrancado bastante elogios do público e da crítica, com um 86 no Metacritic e 86 no Opencritic - vale ressaltar que o jogo ainda tem poucas análises (40) em relação a outros jogos AAA no Metacritic, muitos ainda estão fazendo a sua avaliação pra ter um panorama completo, então, é possível que a média final do jogo aumente nos próximos dias. Eu ainda não joguei, ontem tava cansadaço e ainda tinha o resumo pra fazer, Xbox tá na sala e tá frio aqui no Sul, foi um combo pra ficar longe, mas muitas análises que vi destacaram a evolução da franquia para um novo rumo, e uma do Windows Central me chamou a atenção por valorizar as mudanças e, ao mesmo tempo, destacar como elas podem ser importantes para os rumos da franquia no futuro - do tipo, Gears of War 4 foi um Gears tradicional para o público e Gears 5 é uma amostra do que a Coalition pode fazer com a franquia daqui pra frente.

Além disso, outras coisas de Gears aconteceram, como ser o primeiro jogo AAA a receber classificação perfeita em um site que analisa os jogos no quesito de acessibilidade (mais sobre isso abaixo), o John DiMaggio (dublador de Marcus Fenix) fazendo uma tatuagem especial, a confirmação de que o modo multiplayer vai receber conteúdos gratuitos a cada três meses, em um plano de atualizações chamado "Operations", com novos itens para o Map Builder, além de personagens e mapas dos modos Horde e Versus. É só entrar no jogo, cumprir os desafios e resgatar alguns brindes para o MP, em algo que a Coalition chama de Tour of Duty, pequenos desafios que rendem recompensas: o que está valendo agora é: Desert Armour de Del, Fahz e Kait, Winter Armour de Del e Kait, uma nova execução, um emote de saudação e uma skin para a Gnasher. Obs.: Desert Armour para Fahz, skin da Gnasher e o emote são apenas para este Tour of Duty, quem quiser, é melhor correr pra jogar e garantir estes itens. E tem também a Digital Foundry exaltando o primor técnico de Gears 5.

Daria pra seguir falando, mas o melhor é ligar o Xbox One ou o PC, botar o jogo pra rodar e sentir tudo isso de perto. Eu vou fazer isso de noite, finalmente.

GEARS 5 RECEBE NOTA MÁXIMA EM SITE ESPECIALISTA EM ANÁLISES DE ACESSIBILIDADE

Essa aqui vale o destaque especial, porque vai ao encontro de tudo o que a Microsoft tem feito ao longo dos últimos anos, e que se fortaleceu com a ascensão de Satya Nadella ao posto de CEO da companhia. Desde 2014, a missão da Microsoft deixa algo bem claro: "nossa missão é empoderar cada pessoa e cada organização do planeta para alcançar mais". Ou seja, dar as ferramentas para que pessoas e empresas possam se desenvolver - e isso envolve, claro, acessibilidade. Uma iniciativa importante da empresa foi lançar o Controle Adaptativo, uma maneira de pessoas com algum tipo de deficiência motora conseguirem jogar e se divertir igual a todas as outras pessoas. Agora, vem isso: Gears 5 é o primeiro jogo AAA a ganhar nota máxima do site Can I Play That, especializado em analisar os jogos sob uma ótica que muitos de nós nem imagina, que é o de pessoas que tenham algum tipo de dificuldade, especialmente auditiva.

O site deu nota máxima em todos os quesitos avaliados, como representação visual dos diálogos e dos sons, dicas visuais, vibração do controle e comunicação com outros jogadores. Sabe aquela respiração ofegante de um personagem, fundamental pra dar algum significado a uma ação? Está lá representado. Ver de onde os tiros estão vindo? Também, com a engrenagem vermelha aparecendo da direção do tiro. Além disso, a Coalition fez muita, mas muita coisa: criou um modo para pessoas com algum tipo de dificuldade visual enxergarem melhor as coisas, deu opção de desabilitar a vibração da câmera ao correr, melhorou as legendas (e seu tamanho!! estúdio que faz isso ao invés de legendas padrão minúsculas merece os parabéns) e as fontes, recarregar automaticamente as armas, aumentar o tempo que um diálogo fica em tela, remover a sanguinolência e alguns conteúdos mais maduros, inclui um narrador para a UI (user interface), além de diversas outras coisas. Tudo isso, claro, é opcional - mas vem pra agradar a parcela do público que, na imensa maioria das vezes, não tem nenhuma opção.

Uma coisa que eu estava pensando ontem a tarde, enquanto lia sobre isso quando o @Saci postou no tópico de Gears, é como a Microsoft tem feito bastante coisa pela acessibilidade nos videogames, dando exemplos pro mercado como um todo. É algo que a gente vê muitas empresas fazendo no diálogo, mas poucas na prática, e achei até curioso a Microsoft ser tão constante em ações deste tipo. Daí que lendo coisas por aí, caí em uma entrevista com o Satya Nadella onde ele comenta sobre a sua vida familiar e sobre como criar um filho com necessidades especiais tornou-o uma pessoa mais empática. E aqui está a resposta, o motivo maior: o cara sabe o quanto isso faz a diferença na vida de uma pessoa, o quanto esta pessoa pode ganhar quando é ouvida, e leva esse exemplo pessoal como uma motivação pra que a Microsoft e, tomara, o mercado como um todo sigam a mesma atitude. Vou quebrar uma "tradição" do tópico de resumos, o gif geralmente vem só no encerramento, mas sabendo de tudo isso, não tem outra coisa a fazer a não ser bater palmas de pé para o estúdio The Coalition, a Microsoft, o Satya Nadella e todas as pessoas que, de alguma forma, acreditam que podem transformar o mundo com pequenos gestos, mesmo que isso seja acessível para poucas pessoas - pra estas pessoas, essa mudança significa muito. (E eu realmente me emocionei escrevendo esta última parte, pqp.)

Fontes: Can I Play That, Gears 5

GAME PASS COM NOVIDADES PARA CONSOLE E PC - GEARS 5, DEAD CELLS, ENTER THE GUNGEON E MAIS

Nesta semana, assinantes Xbox Game Pass receberam adições excepcionais pra jogar numa boa. No dia 5, vieram os primeiros títulos: Dead Cells (console/PC), um jogo muito bonito e desafiador que conseguiu unir as mecânicas de metroidvania e roguelike de maneira única, sem ficar punitivo demais e dando aquele ar de progressão tanto pelo mundo como do domínio das mecânicas, algo fundamental pra um roguelike; e Metal Gear Solid HD Edition: 2 & 3 (console), as versões remasterizadas de dois dos melhores jogos da saga Metal Gear (e pra muita gente, entre os melhores já feitos), eu joguei esses dois jogos recentemente e as mecânicas ainda se sustentam, o remaster ficou muito bem feito . No dia 6, (na real, na noite do dia 5), a grande estrela do mês, o prato principal, Gears 5 - Ultimate Edition (console/PC, lançamento, Xbox One X Enhanced, Xbox Play Anywhere), o jogo mais aguardado do ano no Xbox One e que traz cinco maneiras diferentes de se jogar, com uma campanha (que pode ser jogada em co-op online em até três pessoas) focada na história e nos mistérios da história de Kait Diaz e quatro modos multiplayer (Versus, Escape, Horde e Map Builder); e, ainda no dia 6, a sobremesa: Creature in the Well (console/PC, lançemento), que assim como Dead Cells, também traz uma combinação de elementos curiosa, agora com pinball + hack and slash + dungeon crawler. É bem bonito também.

Já na próxima semana, mais dois jogos serão adicionados: Enter the Gungeon (12, console/PC) é um dungeon crawler viciante, já tinha ouvido falar bastante dele e peguei free na Epic Games Store recentemente, botei pra rodar só pra ver se era bom mesmo e, quando percebi, haviam se passado quase três horas; e também Gonner Blüeberry Edition (console/PC), outro jogo com elementos de roguelike mas agora envolvendo também plataforma em uma perspectiva 2D. Além destes, quem assina o Game Pass Ultimate/PC pode aproveitar mais dois jogos: Bad North: Jotuun Edition (PC), um joguinho bem simpático de estratégia onde temos uma ilha e precisamos defendê-la de invasores; e Shadow Warrior 2 (PC), que continua a saga de trucidar inimigos com estilo com uma espada. Estes estão sem data, na real, todos os de PC apareceram sem data mas suponho eu que sejam junto quando chegarem ao console - se não for isso, peço desculpas antecipadamente pelo equívoco.

Por outro lado, jogo entra mas jogo também sai do Game Pass, e estes aqui deixaram e deixarão o catálogo do console ainda em setembro: 4 - Onrush; 6 - Joy Ride Turbo, LEGO Batman 2, Splosion Man, The Maw; 30 - LEGO Indiana Jones, Ninja Gaiden Black, Shantae: Half-Genie Hero, Split/Second, theHunter: Call of the Wild.
Fontes: Xbox News, Xbox News

TURN 10 QUER REVIVER A AURA CLÁSSICA DE FORZA MOTORSPORT NO PRÓXIMO TÍTULO

Não achei uma palavra melhor pra "ethos" no título do que aura, mas ethos basicamente é o conjunto de costumes e hábitos fundamentais, sejam eles no âmbito do comportamento (instituições, afazeres, etc.) e da cultura (valores, ideias e crenças), característicos de uma determinada coletividade, época, etc. Basicamente, é o conjunto de coisas que diz que coisa X é coisa X. Então, para o próximo Forza Motorsport, a Turn 10 está trabalhando pra trazer a "coisa X" de Forza Motorsport de volta, buscando inspiração nos pilares da série para incorporar esta filosofia em seu próximo jogo. Durante o último Forza Monthly, o diretor criativo da franquia Forza, Chris Esaki, e o Community Manager Brian Ekberg, falaram mais sobre essas mudanças. Coisas como mais atenção aos regulamentos das corridas, os aspectos que o time está desenvolvendo mais no momento (especialmente, a parte sonora), investimentos no motor de física para melhorar as questões técnicas de aerodinâmica, utilização de machine learning para potencializar os drivatares, o sistema de homologação de carros. É bastante coisa e mostra o comprometimento do estúdio em evoluir a franquia, em fazer do próximo Forza Motorsport não somente mais um, mas um ponto que marca um avanço para a série.
Fonte: Full Throttle Media

MICROSOFT ANUNCIA PARCERIA COM SK TELECOM PRA TESTAR XCLOUD EM REDE 5G NA COREIA DO SUL

Em uma conferência à imprensa, Microsoft e SK Telecom (empresa de telefonia da Coreia do Sul) anunciaram uma parceria pra entregar jogos através da nuvem pela rede 5G, com a SK Telcom se tornando parceira exclusiva do serviço de jogos por streaming da Microsoft, o xCloud. O negócio já tem até uma data confirmada, com os testes do xCloud no país iniciando em outubro. O país tem o quarto maior mercado mobile do mundo, representando 47,3% do total do mercado nacional. Para Phil Spencer, "a abordagem da Microsoft no mercado de streaming combina quase 40 anos de experiência em videogames com investimentos e recursos do Azure, Microsoft Research e outros grupos de negócios da companhia, permitindo que alcancemos jogadores no mundo todo". É aquela coisa, Microsoft investindo e fechando parcerias para um futuro que está cada vez mais próximo. A foto é uma imagem do Phil Spencer com Ryu Young-sang, VP e Head de MNO Business da SK Telecom.
Fonte: Microsoft News

ASHEN RECEBE DLC NIGHTSTORM ISLE

Ashen foi um importante lançamento do Xbox One no ano passado, por ser um título de uma produtora independente respeitável como a Annapurna, de um estúdio estretante, chamado A44. A qualidade do jogo chamou a atenção da Microsoft, que fechou uma parceria para que ele fosse lançado primeiro no Xbox One - e mais, direto no Xbox Game Pass! Funcionou, o jogo foi bastante jogado, bem recebido por público e crítica e, agora, quase um ano depois, recebe seu primeiro DLC, chamado Nightstorm Isle. Segundo a A44, nele, os jogadores irão acompanhar uma mãe em busca de sua filha. E, como tudo em Ashen, esperem por bastante desafio pelo caminho.
Fonte: Windows Central

CELESTE RECEBE DLC GRATUITO "FAREWELL" EM 9 DE SETEMBRO (TALVEZ)

Em janeiro, a Microsoft ofereceu aos assinantes Live Gold um dos jogos mais elogiados de 2018, que estava até entre os indicados ao GOTY do The Game Awards. É bem raro um jogo independente chegar no shortlist, mas Celeste chegou e abocanhou duas premiações, nas categorias Best Independent Game e Games for Impact. Pois bem, quem pegou o jogo em janeiro (ou quem tem interesse), saiba que a partir de 9 de setembro*, estará disponível um DLC chamado Farewell para todas as plataformas, que adiciona nada mais, nada menos do que 100 novos níveis ao jogo e 40 minutos de novas músicas. Este anúncio veio junto a uma mudança na desenvolvedora, que deixou de ser Matt Makes Games e se tornou oficialmente um estúdio chamado Extremely OK Games (adorei o nome), com escritório oficial em Vancouver/CA e levando pro Canadá inclusive os talentos brasileiros do estúdio Mini Boss, Amora, Heidy e Pedro. O asterisco ali no "9 de setembro" é que, no anúncio do DLC, eles comentam que talvez a versão de Xbox One não seja lançada neste dia, dizendo que coordenar o lançamento para todas as plataformas é um grande desafio pra um estúdio do tamanho deles, e caso não chegue no dia 9, vai ser lançado pra gente logo depois. Achei bacana eles serem sinceros e avisarem antes pra não dar problema.
Fonte: Extremely OK Games

QUESTS DO GAME PASS VALEM PONTOS POR DINHEIRO, APROVEITE

Esse aqui é mais um aviso de uma funcionalidade que talvez nem todo mundo conheça, ou talvez até conheça mas não utilize. Por muito tempo, a Microsoft teve no Xbox o programa Xbox Live Rewards, que recompensava os jogadores que fizessem algumas atividades por pontos, e estes pontos poderiam ser trocados por dinheiro. Tempo vai, tempo vem, o Xbox Live Rewards virou Microsoft Rewards e passou a incluir também missões do Xbox Game Pass, pequenas coisas que dá pra fazer em minutos e que rendem alguns pontinhos que, lá na frente, podem ser trocados por cards de Xbox Live Gold, Xbox Game Pass, crédito em conta e muito mais. Geralmente, são coisas simples, como jogar determinado jogo e desbloquear uma conquista, ou desbloquear algumas conquistas em jogos do [email protected], ou baixar algo pelo app do Game Pass no celular. Coisas simples mas que vão somando ali seus pontinhos e que podem ser trocados por várias coisas, dinheiro na Live pra comprar algum DLC ou assinatura ou qualquer outra coisa. É só visitar o app Microsoft Rewards no Xbox pra conferir o que tem disponível.

UPDATE DE OUTUBRO COMEÇA A SER TESTADO POR INSIDERS

Usuários Insider nas categorias Alpha Skip-Ahead e Alpha já estão testando o update 1910, que traz diversas melhorias na dash. Uma delas, um pedido que complementa outro já implementado: notificações para jogos que estão em nossa wish list. Quem tem jogo no Steam conhece um padrão de receber emails com uma lista imensa de jogos em promoção que estão na nossa lista de desejos, e a Microsoft vai fazer algo similar, mas com notificações no próprio console, avisando que um de nossos jogos está com desconto. Além disso, o Mixer está ainda mais integrado à dash, com transmissão direta sem precisar entrar no aplicativo; melhorias na parte de jogadores recentes; mais flexibilidade nas configurações de capturas; a possibilidade de recomendar algum jogo do Xbox Game Pass para um amigo, que recebe uma notificação em seu console; e muito mais. Insiders Beta, Delta e Omega começarão a testar as funcionalidades nas próximas semanas.
Fonte: Xbox News

FREE PLAY DAYS DE MADDEN NFL 20

Pra combinar com o retorno dos jogos da NFL, EA e Microsoft irão liberar gratuitamente para assinantes Xbox Live Gold e Xbox Game Pass Ultimate o jogo Madden NFL 20 na Xbox Live. A jogatina liberada vai até o dia 8 de setembro, pra gente no BR, madrugada do dia 9. Dificilmente alguém vai jogar já que muitos devem se ocupar com Gears 5 neste final de semana, mas vai que tenha alguém que não curta serrar inimigos e sim jogar futebol americano. O link pra baixar é este aqui, ou é só procurar por Madden NFL 20 no Xbox mesmo.
Fonte: Xbox News

DEALS WITH GOLD COM BANDAI NAMCO SALE E DISCOVERY SALE

Nesta semana, temos duas promoções rolando praticamente. Uma delas é a "Bandai Namco Sale", com jogos como Dark Souls, Dragon Ball FighterZ, Dragon Ball Xenoverse, Jump Force, Naruto, One Piece, Project Cars, Soul Calibur e Tekken, vale dar uma corrida pelos títulos porque tem bastante coisa não só em jogos como também em complementos pra um ou outro jogo que você talvez já possua. A outra é a "Discovery Sale", com diversos títulos das publishers Athlon, Skybound, Soedesco e Team 17. Tem muita coisa da TellTale no meio, parece que em momento oportuno, já que o estúdio voltou aos holofotes na semana passada com o anúncio da sua "meia volta". Enfim, pra conferir a lista com todos os jogos em promoção, e comprar os jogos utilizando os links do PXB, cliquem aqui nesse link gigantesco.

LANÇAMENTOS DESTA SEMANA (2 A 6/SET)

LANÇAMENTOS DA PRÓXIMA SEMANA (9 A 13/SET)
Terça-feira, 10
Quinta-feira, 12
Sexta-feira, 13
  • Borderlands 3 (Gearbox Software/2K) - A partir de R$ 250,00 (Xbox One X Enhanced)
  • Nascar Heat 4 (Monster Games/704Games Company) - A partir de R$ 184,95
  • NHL 20 (EA Vancouver/Electronic Arts) - A partir de R$ 239,00 (Xbox One X Enhanced)

LINKS DA SEMANA
  • Assassin's Creed Odyssey's Discovery Tour chega na semana que vem - Uma coisa legal que a Ubisoft fez em Assassin's Creed Origins e repete agora em Odyssey é lançar o modo "Discovery Tour", um modo onde não existe combate e o jogador vai passando por estações para saber mais sobre momentos históricos, pessoas, construções, cidades, etc. É uma baita maneira de aprender mais sobre o mundo do jogo e o nosso também, lembro que semana passada vi um vídeo do Super Bunnyhop questionando se jogos podem nos ensinar algo sobre história, até citando o exemplo de AC Origins, e esse aqui se encaixa também. Pra quem não tá nem aí pra isso, vale ficar de olho se pelo menos tem algumas conquistas, já que é gratuito mesmo. | True Achievements
  • BioWare anuncia algumas novidades do estúdio - Em um post em seu blog, a BioWare anunciou algumas mudanças. A maior dela é a mudança de seu escritório em Edmonton para o Ice District, um gigantesco complexo de esportes e entretenimento, contando com todo o suporte da EA para montar o novo espaço. Nele, mais gente está chegando para trabalhar em alguns projetos, como Dragon Age 4, que se encontra em pré-produção, além também de algumas novidades pra Anthem. Mais sobre tudo isso no link. | BioWare Blog
  • Blair Witch - análise - Revelado de surpresa na E3 2019 e lançado poucos meses depois, Blair Witch utiliza diversos recursos da clássica franquia de terror e suspense pra criar uma ambientação tensa. O Xbox Power fez uma análise (em texto) do jogo. | Xbox Power
  • Children of Morta - análise - Jogos de ação/rpg isométricos são relativamente comuns, muito porque diversos jogos já vieram antes e estabeleceram as mecânicas padrão do gênero, com exemplos como Diablo e Torchlight (que lançou o 2 recentemente no Xbox One, inclusive). Mas alguns se destacam por alguma coisa, e este aqui tem nas relações de uma família de verdade o seu brilho. Children of Morta será lançado em 15 de outubro no Xbox One. | YouTube Nautilus
  • Confira como estão as vozes de Gears 5 - O JogaeTV fez um vídeo comparando as vozes em inglês e português em Gears 5, pra mostrar como está a dublagem e localização, se fazem jus às vozes originais, etc. | YouTube JogaeTV
  • Control - análise - Control é um jogo que tem cara de Remedy mas, ao mesmo tempo, representa algo novo para o estúdio. Apostando em uma narrativa não tão linear e deixando que o jogador descubra muitas coisas por conta própria, em arquivos espalhados ou pelo próprio ambiente. É um novo passo pra um estúdio que precisa mostrar seu valor como multiplataforma, e é um passo na direção certa. | YouTube Nautilus
  • Cyberpunk 2077 contratando gente pro modo multiplayer - Cyberpunk 2077 é um dos jogos mais aguardados de 2020 e de toda a geração, já que tem todo o pedigree da CD Projekt Red. A ideia é lançar o jogo, seguir com alguns DLCs gratuitos (igual já fez com The Witcher 3) e conteúdos single player e, depois de terminar tudo isso, convidar a galera para um modo multiplayer. É mais como um anúncio de vaga, de "hey, venha trabalhar com a gente". E nem imagino o que eles vão bolar para este modo. | Twitter CD Projekt Red
  • Demo de Code Vein disponível na Live - Code Vein é uma das respostas da Microsoft para os pedidos de mais jogos japoneses na plataforma, e em parceria com a Bandai Namco, o jogo mostra que o console também tem espaço para jogos orientais. E quem quiser experimentar pode baixar a versão demo na Live agora mesmo, só clicar aqui. | Xbox Power
  • Double Fine Presents pode acabar em breve - Além de ser um estúdio, a Double Fine também é uma publisher e tem uma presença considerável no apoio a jogos independentes, com o selo Double Fine Presents e ações como o Day of the Devs. Agora que fazem parte da Microsoft, segundo Tim Schafer, talvez não faça mais sentido ter um negócio de publisher dentro de outra publisher, pode ser algo complicado, mas a Double Fine pode encontrar outras formas de continuar com este espírito, que é algo característico do estúdio. | Destructoid
  • Jogos pouco conhecidos que estão chegando ao Xbox - Tópico bonito, tópico bem feito, tópico formoso, cheio de novos jogos. | PXB
  • Nintendo recomenda jogadores a jogarem Banjo-Kazooie no Xbox One - Durante a Nintendo Direct desta semana, a Nintendo fez o lançamento dos personagens Banjo e Kazooie em Super Smash Bros. Ultimate e, durante esta sequência, fez uma fala inesperada. Masahiro Sakurai, diretor de SSBU, convidou quem estava assistindo ao strem pra jogar Banjo-Kazooie no Xbox One. Inesperado? Certamente. Mas uma mostra que a parceria com a Microsoft está crescendo, pra Nintendo falar abertamente assim de uma concorrente. O termo "Xbox" até foi parar nos trending topics do Twitter lá no Japão. | Reddit Xbox One
  • Phil Spencer e Pete Parsons (Bungie) vão jogar Destiny 2 em 10 de setembro - Phil Spencer adora Destiny. Somando os dois jogos, o cara que tem que cuidar de tudo do Xbox encontra tempo pra jogar mais de 1000 horas, e nesta terça-feira, 10 de setembro, às 19h (Brasília), ele vai jogar Destiny 2 junto ao CEO da Bungie, Pete Parsons - tudo isso transmitido pelo Mixer. Pode parecer pouco, mas é uma aproximação da Microsoft com a Bungie e também com Destiny, uma franquia que, desde seu início, sempre teve muito da sua imagem ligada à Sony/PS4. | Twitter Mixer
  • Space Invaders | Design Icons - Em uma nova série de vídeos, Mark Brown vai contar a história do design de jogos através de alguns dos jogos mais influentes da história. Começando por uma invasão espacial. | YouTube Game Maker's Toolkit
  • The history of Tetris randomizers - Tetris é Tetris, Tetris é tudo igual, muita gente pode pensar que o jogo é o mesmo desde 1900 e vai bolinha, mas a real é que o jogo passou por diversas alterações que mudaram a maneira de jogar, incluindo aí um trabalho de balanceamento sobre o seu RNG (random number generator, a aleatoriedade das peças, basicamente). Leitura bem legal pra quem se interessa por esse tipo de curiosidade. | Simon Laroche
.
.
.

E era isso, não vou me estender muito aqui no final. Divirtam-se com Gears 5 - ou com qualquer outro jogo, opção é o que não falta. Tenham todos um baita final de semana.

 

Saci

Heimdall dos Pampas
Moderador
10,151
13,167
Double Fine Presents pode acabar em breve - Além de ser um estúdio, a Double Fine também é uma publisher e tem uma presença considerável no apoio a jogos independentes, com o selo Double Fine Presents e ações como o Day of the Devs. Agora que fazem parte da Microsoft, segundo Tim Schafer, talvez não faça mais sentido ter um negócio de publisher dentro de outra publisher, pode ser algo complicado, mas a Double Fine pode encontrar outras formas de continuar com este espírito, que é algo característico do estúdio. | Destructoid
O próprio Fig é uma coisa que me pergunto até onde vai. A sorte é que o Spencer é um cara muito razoável, se o Schafer e o resto do pessoal chegarem numa ideia viável, ele não vai se opor.
 

ronabs

Opa
Moderador
12,053
23,208
Porto Alegre
O próprio Fig é uma coisa que me pergunto até onde vai. A sorte é que o Spencer é um cara muito razoável, se o Schafer e o resto do pessoal chegarem numa ideia viável, ele não vai se opor.
Yup, Fig entra junto. Tomara que mantenham, é até uma forma da Microsoft se reaproximar ainda mais dos devs de PC.
 

Tauguro

Viciado
1,259
1,052
Rio de Janeiro
  • Nintendo recomenda jogadores a jogarem Banjo-Kazooie no Xbox One - Durante a Nintendo Direct desta semana, a Nintendo fez o lançamento dos personagens Banjo e Kazooie em Super Smash Bros. Ultimate e, durante esta sequência, fez uma fala inesperada. Masahiro Sakurai, diretor de SSBU, convidou quem estava assistindo ao strem pra jogar Banjo-Kazooie no Xbox One. Inesperado? Certamente. Mas uma mostra que a parceria com a Microsoft está crescendo, pra Nintendo falar abertamente assim de uma concorrente. O termo "Xbox" até foi parar nos trending topics do Twitter lá no Japão. | Reddit Xbox One
  • A cara sensacional, o cara com poucos minutos conseguiu a atenção que a Microsoft em anos nem em sonho conseguiria
 

ronabs

Opa
Moderador
12,053
23,208
Porto Alegre
Como de costume um excelente resumo da semana.

Tem o link da entrevista do Satya Nadella, onde ele comenta sobre criação do filho?
Tenho sim, eu vi três coisas na real. Um é um vídeo da Bloomberg com o Nadella conversando com o David Rubenstein (tem que clicar no link pra abrir no YouTube direto, eles desativaram rodar o vídeo em outros sites); outro é um artigo da Geekwire que aborda praticamente os mesmos pontos/falas mas em texto; e um texto da Anu Nadella, mulher do Satya, falando sobre o lado dela nisso tudo.

O primeiro filho dele teve paralisia cerebral e uma das duas filhas também tem problemas de desenvolvimento e aprendizado.


 
Última edição:

ronabs

Opa
Moderador
12,053
23,208
Porto Alegre
Galera, como o resumo dessa semana vai sair só amanhã (não vai dar tempo de fechar tudo hoje, mals ae), deixo nesse tópico o free code friday desta sexta, com A Plague Tale: Innocence e Borderlands 3.