Resumo Resumo da Semana Xbox #66 - 7 a 11 de outubro

ronabs

Opa
Moderador
12,046
23,200
Porto Alegre
Fala, pessoal. Nesta semana, tivemos a adição de dois novos jogos ao Game Pass de console e dois de PC, o grande espaço da Xbox Brasil na Brasil Game Show 2019 que acontece até este domingo, a despedida de Mike Ybarra da Microsoft, as novidades do update de outubro do Xbox One, os motivos da Microsoft estar investindo em Age of Empires, uma entrevista com o produtor de Afterparty e os efeitos do Game Pass nos jogos, a Microsoft mandando dinheiro para nossas contas na Xbox Live, a treta videogames vs. China ganhando corpo, Free Play Days de dois jogos, os Deals with Gold, o calendário dos jogos que saíram esta semana e que chegam na próxima, e alguns links bacanas pra curtir e aprender mais sobre joguinhos como um todo.


WORLD WAR Z E YOOKA-LAYLEE NO GAME PASS, OUTROS CHEGANDO AO PC

Nesta semana, quatro jogos foram adicionado ao catálogo do Xbox Game Pass, dois no console, dois no PC. Começando pelo console, o primeiro deles é World War Z (console), um jogo relativamente recente, lançado em abril de 2019, que utiliza todo o universo de World War Z criado nos livros e expandido no filme agora para os videogames, em um TPS cooperativo para até quatro jogadores online se unirem para montar uma equipe e combater hordas e hordas de zumbis; o segundo é Yooka-Laylee (console), um simpático jogo de um estilo que não é mais tão bem abastecido hoje em dia que são os jogos de plataforma 3D, criado pela Playtonic Games, que conta com diversos ex-funcionários que ajudaram a alavancar o nome da Rare nos anos 90. Poucas adições, mas na semana que vem, a coisa movimenta de novo, com Fallout New Vegas, Felix the Reaper e Panzer Dragoon Orta chegando todos no dia 17 ao console. Pra quem quiser conferir a lista completa de jogos disponíveis no catálogo, é só acessar nosso tópico aqui do PXB.

Já no PC, dois jogos adicionados foram F1 2018 (PC), tradicional jogo de automobilismo da Fórmula 1; e Stellaris (PC), um jogo de estratégia da Paradox onde devemos explorar o espaço, coletar e gerenciar recursos para expandirmos nossa civilização - Stellaris já estava disponível no Game Pass de console. Além dessas duas novas adições, foram confirmados outros jogos que chegam ao PC ainda em outubro: Lonely Mountains Downhill (esse aqui vai sair pra console também), Minit, Saints Row IV, State of Mind, e o grande lançamento do Game Pass em outubro, The Outer Worlds.
Fonte: Xbox News

XBOX MARCA PRESENÇA NA BRASIL GAME SHOW

Como boa parte da galera deve saber, até este domingo, 13 de outubro, o Expo Center Norte/SP está recebendo mais uma edição da Brasil Game Show, a maior feira de games da América Latina e uma das maiores do mundo em número de visitantes. E o Xbox está marcando presença em grande estilo, com um estande gigantesco que reúne um palco para eventos especiais que acontecem volta e meia, além de diversas estações de jogos com alguns dos títulos mais aguardados da Xbox Game Studios, como Battletoads, Bleeding Edge, Minecraft Dungeons e Ori and the Will of the Wisps. Uma coisa que a Microsoft investiu bastante este ano é em coisas diferenciadas, teve banho de slime em parceria com a Nickelodeon (que também botaram Bob Esponja e Patrick no palco), briga daqueles “cotonetes” gigantes, cara do Sepultura no palco, campeonato de PES 2020 vencido por uns meninos do Vasco, teve FanFest na quarta-feira, até o Arial (o Rei do Blindado, aquele cara que fazia uns topetes estilosos que não desmancham por nada) estava lá. O perfil no Twitter e o canal no YouTube do Xbox BR estão bem movimentados, vale a pena dar uma olhada nos conteúdos.

Uma outra coisa relacionada à BGS é que a campanha Gamerblood, aquela de doar alimentos ou um valor simbólico lá pra trocar por códigos do Game Pass teve seu problema técnico resolvido e agora já está normal de novo. É só acessar o site do Resgate Códigos, enviar o comprovante que recebemos por e-mail e esperar a validação do sistema. Mas atenção: somente os 700 primeiros receberão o código, e a solicitação (envio do comprovante) pode ser feito só até esta quinta-feira, 17 de outubro. Então, é bom fazer isso logo.

MIKE YBARRA DEIXA CARGO DE VP DE XBOX E ESTÁ DE SAÍDA DA MICROSOFT

Essa daqui pegou todo mundo de surpresa no fim da tarde de quarta-feira, com Mike Ybarra anunciando, em seu Twitter, que está de saída da Microsoft. Ybarra tinha uma longa carreira de mais de 20 anos de Microsoft, e ficou bastante conhecido do grande público ao subir ao palco para falar sobre a retrocompatibilidade dos jogos de Xbox 360 na E3 2015, um dos momentos mais marcantes do Xbox em toda a geração. Nos últimos anos, ele foi promovido de VP Corporativo de Gerenciamento de Programas para VP de Xbox como um todo, responsável por gerenciar o crescimento e engajamento de diferentes serviços da área de jogos na Microsoft, especialmente a expansão da Xbox Live e de seu número de usuários mensais (MAU), além de gerenciar a criação e o sucesso do Xbox Game Pass, outro marco da Microsoft nesta geração. E, se não bastasse fazer só isso, ele ainda tinha entre suas atribuições liderar a equipe do Mixer, focada no estreitamento de negócios e engajamento do público. É um cara bem ativo nas redes sociais e que joga muito, especialmente no PC, e transmite suas lives no Mixer de maneria bem frequente.

Como comentamos no tópico que criamos aqui no PXB, reestruturações são bastante comuns na indústria, e a saída dele da Microsoft está sendo bastante amistosa, muito diferente de outro nome grande da indústria que deixou seu cargo recentemente (Shawn Layden, no caso da SIE). Diversas pessoas ligadas ao Xbox, como Phil Spencer, Major Nelson, Aaron Greenberg, jornalistas, fãs, entusiastas, correram às redes sociais pra agradecer todo o trabalho desempenhado por ele nos últimos anos e desejar sucesso em sua nova empreitada. Dentre todos os executivos, o Ybarra era, disparado, o que mais vestia a camisa, no sentido de defender a marca e até comprar algumas brigas, às vezes corretas, às vezes um pouco desnecessárias. Acredito que nada disso tenha a ver com a saída, é um cara experiente, gerenciou diversos projetos importantes pra Microsoft e pra indústria e deve ter alguém bem graúdo de olho nele. Desejo sucesso pro cara.

UPDATE DE OUTUBRO TRAZ NOVIDADES COMO NOTIFICAÇÃO DE WISHLIST E MAIS

Não, ainda não é a nova dash que estava sendo testada por usuários Insider até alguns dias atrás, mas uma atualização que adiciona algumas funcionalidades que estavam sendo testadas já há alguns meses. Entre elas, destaque para as notificações quando jogos em nossas listas de desejos entram em promoção - assim que um jogo que estamos de olho estiver em oferta, uma notificação pipoca na tela informando, um jeito legal de não perdermos nada. Além disso, a integração com o Mixer, importante ferramenta de conteúdo da Microsoft/Xbox, ganhou ainda mais valor dentro da experiência da dashboard: agora, é possível ver transmissões direto da dashboard, sem precisar abrir o app Mixer. Também foram inseridas as oções de recomendar jogos do Game Pass a outros amigos (tanto por mensagem quanto em nosso feed), que podem baixar direto caso sejam assinantes do serviço; controlar melhor o limite de tempo para contas familiares; e outras coisas que explicam melhor no link abaixo. É legal ver que a Microsoft trabalha ativamente pra melhorar a experiência que temos com o console.
Fonte: Xbox News

POR QUE MICROSOFT INVESTINDO TANTO EM AGE OF EMPIRES

Antes do Xbox sequer passar pela cabeça de alguns engenheiros e programadores entusiastas dentro da Microsoft, a empresa já havia conquistado o seu nome no cenário de videogames através do PC. Além de disponibilizar o Windows, ela encontrou na finada Ensemble Studios uma franquia que se tornaria uma das mais clássicas da história dos videogames, seja nos consoles, seja nos PCs. Age of Empires foi um marco, tem uma legião de fãs até hoje, e é para esta legião de fãs que a empresa está revivendo a franquia, relançando os jogos clássicos em versões completamente remasterizadas e preparando uma nova fase da série com Age of Empires IV. Mas por que isso meio do nada?

Para Adam Isgreen, diretor criativo da franquia Age of Empires, tudo envolve o plano de que a empresa como um todo acredita muito na área de games para o seu futuro, com o apoio do CEO Satya Nadella e de toda a companhia, e acreditam também no futuro que o novo estúdio criado especialmente para gerir a marca tem para os próximos anos. E tudo isso é feito com o apoio da comunidade, que é extremamente apaixonada pela série cresceu jogando e agora se delicia ao saber que pode experimentar algo nostálgico mas com um ar de novo, refeito para os tempos atuais, mas com o mesmo charme de antes - até mesmo, com mods para deixar os primeiros jogos iguais ao que eram nos anos 90, tem quem prefira assim. Papo vai, papo vem, é bem curtinho, mas ele encerra falando sobre a grande expectativa para Age of Empires II, que lança agora em 14 de novembro e conta, só na campanha, com 200h de conteúdo. Isgreen encerra dizendo que espera reviver aquele prazer dos jogos que são um pouco mais lentos do que a média dos jogos atuais, mas que permitem dar espaço pro jogador pensar, respirar e se divertir contando sua própria versão da história.
Fonte: PC Games Insider

IGN UNFILTERED COM SEAN KRANKEL, QUAL EFEITO O GAME PASS PROMOVE E MAIS

O nome Sean Krankel pode não apitar nenhum sininho na cabeça de muita gente. O estúdio que ele trabalha, Night Dive Studios, talvez também cause o mesmo efeito. Já o primeiro jogo deles, Oxenfree, pode gerar um "opa, eu já ouvi falar disso daí". Ex-funcionário da Telltale, trabalhando como escritor, ele e outro cara da Disney Interactive Studio fundaram essa nova equipe na Califórnia, lançaram Oxenfree, vão lançar Afterparty agora no fim do mês (no Game Pass), e, aproveitando tudo isso, ele conversou com o Ryan McCaffrey no IGN Unfiltered, um programa que está indo para a sua 50ª edição e que conversa abertamente com diversos desenvolvedores. Tá, mas o que isso tem a ver com Xbox? Vamos lá: descontando que Oxenfree está no Game Pass e que Afterparty será lançado no Game Pass, ele falou bastante sobre como o serviço funciona para os desenvolvedores.

Durante a conversa, o Ryan questionou como é lançar um jogo independente tendo que competir com tantos outros estúdios independentes igualmente competentes, como é ter essa competição onde muita coisa sai e nem todos conseguem atenção. Já sobre o desempenho de Oxenfree, ele comenta que o início foi até meio lento, que a coisa demorou um ano pra engrenar, mas que desde então, venderam mais de 1 milhão de unidades e , sobre o Game Pass, o cara comenta que o Game Pass e outras formas de distribuição ajudaram a conseguir outros 3 milhões de downloads. E aqui abro um parênteses porque muitos lugares estão passando a informação errada e tratando esses 3 milhões apenas como o Game Pass, mas não foi isso que o cara falou: nos "other giveaways", estão inclusos coisas como Games with Gold (Xbox One), Epic Games Store e Twitch Prime (PC). Sean Krankel finaliza também comentando sobre como o Game Pass contribuiu pra dar mais atenção para o estúdio como um todo: primeiro, o acordo de ter Afterparty no lançamento não teria acontecido caso Oxenfree não tivesse se saído tão bem com o Game Pass; eles também tinham a preocupação de canibalizar as vendas, mas eles descobriram que isso não aconteceu e as vendas aumentaram não somente no Xbox mas em todas as plataformas, algo que vários desenvolvedores comentam sobre o serviço - e uma particularidade que eles perceberam é que pessoas que jogaram Oxenfree no Game Pass e viram sua assinatura se encerrar compraram o jogo em outros lugares; para ele, de maneira espontânea, o Game Pass é uma das melhores coisas que aconteceu para a indústria. É um papo bem legal, o vídeo no link tem pouco mais de meia hora, tem também uma versão estendida em podcast de 55 minutos
Fonte: IGN

XBOX BR ESTÁ MANDANDO CRÉDITOS NA LIVE PARA JOGADORES BRASILEIROS

Esse aqui é mais um aviso porque pode ter gente, tipo eu, que não tem o costume de ver as mensagens automáticas enviadas pela Xbox Live. Mas, em comemoração à Brasil Game Show e também ao Dia das Crianças, a Xbox BR está mandando códigos de R$ 15 e R$ 30 para utilizar na Microsoft Store. É só abrir a mensagem e pegar o código. Mas tem um detalhe: não é todo mundo que está recebendo, tanto quem recebe quanto o valor que recebe são aleatórios. Dá uma olhada pra ver se não tem nenhum presentinho por lá! Esses códigos devem ser resgatados até 31 de outubro de 2019, e utilizados em até 90 dias após este resgate. Se você ainda não recebeu, as mensagens na Live serão enviadas até sábado, 12 de outubro.

TRETA NEWS - VIDEOGAMES VS. CHINA

O que seria do mundo dos videogames se não seriam as tretas, não é mesmo? Ainda mais quando essas tretas tomam proporções globais e envolvem uma das maiores publishers do mundo e o maior mercado consumidor de games do mundo - nope, não são os Estados Unidos, e sim a China. Vamos por partes: recentemente, durante uma transmissão ao vivo de Hearthstone, um dos competidores fez declarações de apoio aos protestos de Hong Kong, uma região que vive uma tensão alta há tempos e, recentemente, viu eclodir diversas manifestações contra um projeto que poderia colocar em risco a soberania do território, que ainda é uma região administrativa da China. Quando Ng "Blitzchung" Wai Chung tirou sua máscara tradicional e gritou “Liberate Hong Kong. Revolution of our age!”, a transmissão foi rapidamente cortada. Em resposta, a Activision Blizzard também baniu o jogador de competições oficiais de Hearthstone por um ano, perdendo prêmios já recebidos em torneios anteriores. Mas por que a Activision Blizzard faria isso? Porque 5% da empresa pertence à Tencent, a maior empresa do mundo quando o assunto é jogos e que, veja só, é chinesa. Situações desse tipo geralmente são só o catalisador pra mais merda, e foi exatamente o que aconteceu.

Depois disso, profissionais da Activision Blizzard foram em um símbolo do HQ da Activision protestar contra a decisão da empresa, e com tanto backlash da comunidade, a empresa removeu a suspensão do cara. Até a Epic Games (que não é boba nem nada) entrou na história, dizendo que não iria banir nenhum jogador que se posicionasse politicamente, com o CEO Tim Sweeney dizendo que isso jamais acontecerá enquanto ele for CEO e tal. Mas o estrago já estava feito, e em resposta a tudo isso, partindo ainda mais como um meio de provocação, manifestantes de Hong Kong começaram a utilizar figuras da personagem Mei, de Overwatch, durante os protestos, com o objetivo de transformá-la em símbolo da democracia. Essa não é a primeira polêmica grande que a China se envolve em relação a games neste ano. Em fevereiro de 2019, a Red Candle Games, um estúdio de Taiwan (outro território chinês que já tá meio de saco cheio da China) lançou Devotion, um jogo de horror psicológico. Dentro do jogo, em uma piadinha bem escondida, quase como um easter egg, tinha lá uma piada com o presidente chinês que não vou nem escrever o nome porque vá que ele tá monitorando isso também. A piadinha consistia em comparar ele ao personagem Ursinho Pooh, da Disney - que foi, também, banido no país porque começaram a fazer comparações da forma física dele e do ursinho. O Jogabilidade conta tudo sobre nesse vídeo aqui, é um vídeo excelente. É um assunto bem delicado mas uma mostra da importância cultural dos videogames e como isso pode afetar diversas outras ações da nossa sociedade. E é sempre bom a gente ficar de olho.
Fontes: Eurogamer, Jogabilidade (Devotion, o jogo que deixou de existir), NY Times, Polygon, The Verge, The Verge 2

FREE PLAY DAYS DE MORTAL KOMBAT 11 E WARHAMMER CHAOSBANE

Desde ontem até o dia 14 de outubro, segunda-feira, assinantes Xbox Live Gold e Xbox Game Pass Ultimate podem aproveitar dois jogos gratuitamente na Xbox Live. Mortal Kombat 11 dispensa apresentações, é uma das maiores e mais clássicas franquias de luta de todos os tempos, e esse período de testes libera todos os personagens do jogo base e também três personagens disponíveis somente por DLC: Nightwolf, Shang Tsung e T-800. Todos os modos multiplayer estarão liberados, já a campanha será limitada a alguns conteúdos selecionados. Já Warhammer Chaosbane leva a franquia Warhammer, também muito grande e bastante tradicional, para o universo dos jogos dungeon crawler como Diablo, um estilo de jogo que nunca fica velho e sempre é bom pra passar o tempo. O período gratuito de Mortal Kombat 11 vai até a madrugada de terça-feira, 15 de outubro, às 3h59min; já Warhammer Chaosbane termina um pouco antes, na madrugada de segunda-feira, 14 de outubro, também às 3h59min - ambos os horários são de Brasília.
Fontes: Xbox News 1 e 2

DEALS WITH GOLD COM PROMOÇÃO SURVIVAL OF THE FITTEST E MAIS

Nesta semana, o foco das promoções exclusivas para assinantes Xbox Live Gold e Xbox Game Pass Ultimate são os jogos de sobrevivência, como Ark, Conan Exiles, Don’t Starve, Far: Lone Sails, No Man’s Sky, The Long Dark, entre outros. Mas não é só isso, tem também coisa grande com preços legais, como os três Dark Souls, Red Dead Redemption 2, Resident Evil 2 (tem outros Resident também). Enfim, melhor coisa é passar os olhos pela lista e ver se nada te agrada, clique aqui e compre com os links do PXB também.

LANÇAMENTOS DESTA SEMANA (7 A 11/OUT)

LANÇAMENTOS DA PRÓXIMA SEMANA (21 A 25/OUT)
Terça-feira, 15
Quarta-feira, 16
Quinta-feira, 17
  • Driven Out (No Pest Productions) – R$ 54,95
  • Felix The Reaper – Sem página na Store (Xbox Game Pass)
  • Ice Age Scrat's Nutty Adventure (Just Add Water/Outright Games) – R$ 147,45
  • Kine – Sem página na Store
  • Pig Eat Ball (Mommy’s Best Games) – R$ 54,95
  • Stela – Sem página na Store
Sexta-feira, 18
  • Megaquarium (Twice Circled/Auroch Digital) – R$ 89,95
  • Qubit's Quest – Sem página na Store
  • Return of the Obra Dinn – Sem página na Store
  • Voyage of the Dead – Sem página na Store

LINKS DA SEMANA
  • Análise de Code Vein - Code Vein chamou a atenção logo de cara ao ser anunciado para Xbox por vir lá do Japão, trazer uma arte bem característica local e misturar um combate no estilo 'souls' com uma temática de vampiros. Como que ficou essa mistura toda? | Arena Xbox
  • Análise de Trine 4: The Nightmare Prince - Mais uma análise em sequência porque, quando não temos acesso ao jogo, é bom contar com uma ajudinha de quem teve. Trine é uma série de plataforma com puzzles baseados em física, teve um primeiro jogo ok, um segundo muito bom e um terceiro que deixou a peteca cair. Nesta análise, a gente vê de qual desses casos Trine 4 mais se aproxima. | Xbox Power
  • Como Okami me conectou à minha ascendência japonesa - Quem jogou Okami diz que é uma das experiências mais bacanas que já teve com videogames, graças à belíssima arte e jogabilidade refinada da parada. Pra quem entende ou tem alguma relação com a cultura japonesa, então, esse sentimento pode ajudar até a reatar laços com o Japão. | IGN Brasil
  • Criador de Dark Souls diz que o objetivo nunca foi "fazer jogos difíceis" – Hidetaka Miyazaki não é um cara que gosta tanto de aparecer, mas ele veio pela primeira vez ao Brasil para visitar a BGS e, claro, muita gente partiu pra cima do cara pra conversar, tirar uma foto, etc. Essa aqui é uma entrevista muito boa que passa pela carreira do Miyazaki, suas influências, como ele começou, como é fazer parte de uma nova criação de designers japoneses e mais. Está em português. | Start Uol
  • Doom Eternal adiado para março de 2020 - E temos a primeira (?) baixa do ano, de um jogo que seria lançado agora e foi jogado lá pro ano que vem. Doom Eternal era um dos títulos mais aguardados de 2019, sequência de um dos melhores FPS de toda a geração pra muita gente e, segundo a id Software, pra cumprir o objetivo de fazer um jogo ainda maior, eles precisam de mais tempo. A nova data é 20 de março de 2020. Quem fizer pre-order de Doom Eternal ainda ganha Doom 64 junto no pacote. | Twitter id Software
  • Indie game makers open up about the money they actually make – O mercado independente cresceu muito nos últimos anos, dando espaço para que pessoas desconhecidas formassem estúdios pequenos e atingissem o grande público. Mas parece que todo mundo teve essa mesma ideia meio perto demais, e o mercado rapidamente foi inundado de jogos que chegam de bacia todos os dias. Como essa galera ganha grana? Excelente artigo. | The Verge
  • SQUASH & STRETCH - The 12 Principles of Animation in Games - Esse vídeo é o segundo de uma série sobre princípios de animação nos games, que o canal New Frame Plus está fazendo (o primeiro episódio foi sobre Timing), e aborda a maneira como os devs transmitem a sensação de movimento e velocidade através de técnicas que deformam rapidamente as formas dos personagens, itens e elementos. Vídeo daqueles pra entender mais do hobby que tanto gostamos. | YouTube New Frame Plus
  • The Outer Worlds terá legendas em português mas não terá mídia física – RPGs são famosos por suas extensas linhas de diálogo, mas isso pode afastar muita gente que não manja do inglês. Nem todos os jogos contam com legendas, mas The Outer Worlds vai contar com legendas em português, ampliando o acesso pra mais gente. Já a mídia física vai ficar de fora, e a distribuidora não deu muitos motivos do motivo do cancelamento. | Xbox Power
  • Untitled Goose Game and Player-Driven Comedy - Já faz muito tempo que videogames deixaram de ser joguinhos e se tornaram entretenimento, ao lado de outras formas bastante conhecidas, como cinema, séries, teatro, etc. Um dos gêneros preferidos da galera quando vai ver um filme, uma série ou uma peça é a comédia, rir, se divertir, mas, curiosamente, os videogames não conseguem preencher tanto esta lacuna, deixando muitas vezes o humor para momentos específicos do jogo (história/situações absurdas) ou glitches. Até que alguns outros jogos dão controle para o jogador contar suas próprias piadas. | YouTube Writing on Games
  • Vigor agora é free to play - Lembram que Vigor, aquele jogo FPS cooperativo, iria virar free to play? Então, virou. E é isso. | Xbox News
  • Warner Bros e IO Interactive anunciam acordo para publicação de novo jogo para console/PC – Especula-se que a IO Interactive, produtora de Hitman, estava entre a lista de estúdios que a Microsoft pretendia adquirir, inclusive com uma carta de intenção de compra enviada e tudo. Mas parece que melou também. A IO Interactive anunciou uma parceria com a Warner Bros. para publicação e distribuição de um novo jogo para consoles e PC. | Business Wire

.
.
.

E por hoje é só, pessoal. Um excelente fim de semana pra todos, quem for na BGS aproveite, quem não for, se divirta de outros jeitos. Eu vou tentar jogar Vampyr, fechar esse negócio, máximo que cheguei perto do Xbox essa semana foi ligar uma vez na terça e uma na quinta pra dar uma olhada nos jogos instalados e desligar kkkk correria demais. Feitoria, até semana que vem.

 
Última edição:

Nightwolf

Viciado
3,353
3,112
XBOX BR ESTÁ MANDANDO CRÉDITOS NA LIVE PARA JOGADORES BRASILEIROS

Esse aqui é mais um aviso porque pode ter gente, tipo eu, que não tem o costume de ver as mensagens automáticas enviadas pela Xbox Live. Mas, em comemoração à Brasil Game Show e também ao Dia das Crianças, a Xbox BR está mandando códigos de R$ 15 e R$ 30 para utilizar na Microsoft Store. É só abrir a mensagem e pegar o código. Mas tem um detalhe: não é todo mundo que está recebendo, tanto quem recebe quanto o valor que recebe são aleatórios. Dá uma olhada pra ver se não tem nenhum presentinho por lá! Esses códigos devem ser resgatados até 31 de outubro de 2019, e utilizados em até 90 dias após este resgate. Se você ainda não recebeu, as mensagens na Live serão enviadas até sábado, 12 de outubro.
Deixa eu adivinhar... ninguém que compra muito jogo e é super ativo na live vai receber nada.

No mais, estou curioso para ver World War Z e Yooka-Laylee. Só não sei quando vou ter tempo.
 
  • Haha
Reações: SOL INVICTUS