Sony anuncia a Sony Interactive Entertainment - fusão formada a partir da SCE e da SNE

HenriquePerche

Viciado
6,717
6,780
Ribeirão Preto
Shawn Layden, presidente e CEO da Sony Computer Entertainment, anunciou a formação da Sony Interactive Entertainment.
Trata-se do resultado de uma espécie de fusão entre a Sony Computer Entertainment e a Sony Network Entertainment International, incluindo hardware, software, assim como operações de conteúdo e de rede.

A Sony Interactive Entertainment terá sede em San Mateo, na Califórnia. Haverá também operações em Tóquio e Londres, tudo a partir do dia 1º de abril.

No fluxograma abaixo você pode ver os cargos que as pessoas terão nesta nova formação:


E aí, o que acharam?
Será que alguma mudança significativa chegará até nós consumidores?
 

Victal

Viciado
11,175
9,863
Eu acho que não muda nada, mas poderiam aproveitar e dar uma melhorada na PS Store, deixar ela mais integrada com o PS4/Vita.
Queria poder ver a lista de troféus de um jogo na loja ou na tela principal e poder comprar DLC sem sair do tela principal.
 
  • Curtir
Reações: Max

Johannes

Viciado
8,934
5,416
Artigo interessante do VentureBeat sobre esta mudança de nome, que pode ser também uma postura de deixar o Japão um pouco mais de lado e focar no mercado ocidental, onde o grosso do lucro está. De 36 milhões de PS4 vendidos, só 2 milhões estão no Japão, que tá mais focado em portáteis do que em consoles de mesa.

Why Japan no longer matters to PlayStation as Sony heads West
Consoles de mesa já morreram no Japão. Acho bem difícil o mercado de lá voltar a abraçar esse tipo de hardware. Claro que alguns jogos ainda vão levar a picos de vendas, mas tome mercado de usados depois. Japonês é um público estranho.
 

Schwarzz

Viciado
12,907
11,009
Consoles de mesa já morreram no Japão. Acho bem difícil o mercado de lá voltar a abraçar esse tipo de hardware. Claro que alguns jogos ainda vão levar a picos de vendas, mas tome mercado de usados depois. Japonês é um público estranho.
Parece que xbox one vendeu 52 unidades no japão na última semana.
 

GameStrike

Arauto da impaciência
Consoles de mesa já morreram no Japão. Acho bem difícil o mercado de lá voltar a abraçar esse tipo de hardware. Claro que alguns jogos ainda vão levar a picos de vendas, mas tome mercado de usados depois. Japonês é um público estranho.
Sabe o que faria muito sucesso lá? Um game portátil com tentáculos. E pensar que portáteis japoneses já fizeram muito sucesso por aqui no final dos anos 80 e início dos 90:

A turma trocava isso na escola como se fosse figurinha. Pouco tempo depois chegou o Game Boy hahah
 
Última edição: