Rumor Central de Rumores Xbox - "Eu aumento, mas não invento"

Victal

Viciado
11,008
9,705
Acho que também tem muito há ver com a percepção geral do Switch, esse console híbrido. Me parece que a MS não vê a Nintendo como um concorrente direto, tipo as pessoas compram Xbox One e Switch com objetivos de entretenimento similares, mas são propostas diferentes que até se complementam.

É como a @ronabs comentou, pode ser só a MS esticando o braço na outra plataforma e dando um gostinho do que tem para oferecer. O estilo de Ori combina muito bem com o Switch, assim como Cuphead.

E é um jogo pequeno de um estúdio "second-party", não é Halo saindo no Switch. Bom, pelo menos por enquanto...
 

CaioNF

Novato
806
615
Pra mim, a Microsoft pode lançar os "jogos exclusivos" onde quiser. A vantagem do xbox em relação aos outros consoles hoje é o gamepass. Você poderia até comprar o Ori 1 no switch, mas no xbox você joga o 1 e o 2 na mesma assinatura que joga diversos outros lançamentos.
Esse custo x benefício do xbox por enquanto é imbatível e (esse sim de verdade) exclusivo.
 

Gerent

Viciado
339
226
Santa Catarina
Galera, eu realmente não vejo vantagens como jogador em manter o mercado como é hoje (e foi ontem).
Eu quero que a Xbox Studios esteja em todas as plataformas, eu quero ter um ps5 e jogar na GamePass, e se eu sair de casa e poder continuar no Switch/Mobile melhor ainda.
Se a Sony, Nintendo e Steam resolverem fazer a mesma coisa, melhor ainda, pq posso continuar no Xbox (que independente dos jogos considero a melhor plataforma pra isso) e jogar os jogos da concorrência.
Felizmente a MS já deu o primeiro passo.
 

TiagoCruz85

Jogador
228
136
Camaçari, BA
Não sou muito a favor dessa política de lançamento no switch, principalmente pq do lado da Nintendo não chega nada no Xbox.
Ok ajuda nas vendas, mas a Microsoft já tem o PC e o Xbox como base, agora no PC terá a Steam e em breve o mobile (uma alternativa portátil).
Não sei em qual lugar a Microsoft quer chegar com isso, se é apenas grana ou fazer pr com fãs da Nintendo, mas vejo enfraquecendo a marca Xbox, não sei o que passa na cabeça do Phil, mas exclusividade é algo importante, assinei o prime esses dias apenas pq queria assistir the boys e agora vou manter a assinatura da plataforma.
Concordo. A parceria deveria trazer benefício mútuo para as empresas e para nós consumidores. Nesse caso, a Microsoft deveria trazer alguns exclusivos da Nintendo para o xbox. Claro que seriam jogos indies ou algo do tipo, mas acho seria bom.
 
  • Curtir
Reações: Péricles Freitas

HenriquePerche

Viciado
6,360
6,442
Ribeirão Preto
Pra quem ta esperando retribuição da Nintendo eu tiraria o cavalinho da chuva, a Nintendo não tem a mesma política de querer abraçar o mundo igual da MS e eles são ferrenhos com suas propriedades intelectuais.
Até porque o maior atrativo da Nintendo hoje em dia são os exclusivos né... Se a Nintendo abrir mão deles não tem mais motivo pra comprar um console Nintendo...

Falando sobre a Microsoft, recentemente eu li que o Nadella teve uma conversa com o Phil Spencer no início da geração, falando que não sabia porque a MS estava no ramo de games. Phil bateu o pé dizendo que poderia convencer o CEO da MS do contrário. Acho que no fim das contas o Phil conseguiu a confiança dos colarinhos brancos.
 

Maxximu

Casual
3,298
2,420
Pra quem ta esperando retribuição da Nintendo eu tiraria o cavalinho da chuva, a Nintendo não tem a mesma política de querer abraçar o mundo igual da MS e eles são ferrenhos com suas propriedades intelectuais.
Concordo. Espero mais e mais parceiros e clientes que levam o nome da Microsoft, como a Nintendo (jogos) e a Sony(cloud).
 

mad2035

Casual
1,652
869
Ao meu ver a questão de Ori, Minecraft entre outros indo para outras plataformas e mais questão de fazer dinheiro, já que são títulos que teoricamente não são diretamente direcionados ao público alvo da Microsoft, mas necessários para fazer volume no gamepass.

Assim, disponibilizar para outros consoles compensa o custo grátis no Xbox.

O problema seria se algum jogo da trindade saísse para outras plataformas, mais pesada na questão do ego a curto prazo.