Resumo Resumo da Semana Xbox #52 - 1º a 5 de julho

ronabs

Opa
Moderador
11,650
22,229
Porto Alegre
E aí, povo. Aqui, a gente tarda, mas não falha, então, vamos direto para alguns assuntos que tiveram destaque na semana para o mundo do Xbox. Teve uma penca de títulos anunciados para o Xbox Game Pass (alguns até já disponíveis), o novo update de Top Gear de Forza Horizon 4, a Turn 10 falando sobre o próximo Forza Motorsport, o DLC de Cuphead sendo adiado para 2020 mas ainda assim parecendo bem legal, o teste versus de Gears 5 que tá chegando em breve no dia 19/07, Brian Fargo falando sobre a inXile e Wasteland 3, Free Play Days de Grip, os Deals with Gold, os lançamentos desta e da próxima semana e alguns links mais do que legais.

MIDDLE-EARTH: SHADOW OF WAR CHEGANDO, HITMAN SAINDO E MAIS NO GAME PASS

E o terror do backlog está de volta adicionando cinco novos jogos ao catálogo do Xbox One, alguns deles já disponíveis para download. Um deles é Middle-Earth: Shadow of War, que já está liberado desde ontem para assinantes do console/PC (Play Anywhere), e leva os jogadores de volta à Terra Média, eu gostei bastante de Shadow of Mordor e agora tenho que dar um jeito de encaixar o Shadow of War na agenda. O outro jogo já disponível é My Time at Portia (console/PC), simpático RPG feito por uma desenvolvedora chinesa que combina também elementos de simulação e construção, tudo para reconstruir e expandir a cidade de Portia. Pra quem tem o Game Pass Ultimate, Undertale (PC) também já está disponível e é um jogaço, leve pra caramba que roda em qualquer PC, e que faz algumas brincadeiras legais com elementos clássicos que vemos em vários jogos, testando não só a nossa habilidade como também a nossa lábia.

Já na semana que vem, outros jogos chegarão, todos no dia 11: Blazing Chrome (lançamento, console/PC) é uma homenagem à altura dos grandes clássicos da era Contra, onde será preciso habilidade para superar o bullet hell que os inimigos atiram na gente; Dead Rising 4 (console/PC) é o mais recente título da franquia de detonar zumbis de maneira criativa; Lego City Undercover (console), segue a máxima dos jogos de Lego, ação e aventura com elementos característicos da série, divertindo adultos e crianças; Timespinner (PC) é um metroidvania com arte muito bonitinha e que mistura esse estilo bem característico com manipulação do tempo; e, por último, Unavowed (PC) é um point-and-click mais amigável por não ser tão rigoroso em seus puzzles, deixando que a história mova o jogador a descobrir algo que a humanidade inteira não percebe.

Por outro lado, temos também muitos jogos saindo do programa este mês, 10 ao todo: Aftercharge (9). Warhammer Vermintide 2 (10), Lego Movie: The Videogame (16), aí daqui pra frente, todos removidos no dia 31, Dandara, Dead Rising 2, Hitman Season 1, Metal Slug XX, Defense Grid: The Awakening, Hexic 2 e Iron Brigade. De todos, Hitman é o que chama mais atenção e é um jogo elogiadíssimo. Warhammer também tem uma fan base bem extensa, Dandara eu recomendo por trazer um olhar diferente e único ao gênero metroidvania (e é brasileiro), e Metal Slug XX vou dar um jeito de jogar antes de sair. Pra se manter sempre atualizado em relação ao Game Pass, é só acessar os tópicos destinados ao Game Pass/Xbox One e Game Pass/PC.
Fonte: Xbox News

FORZA HORIZON 4 RECEBE NOVOS CONTEÚDOS BASEADOS EM TOP GEAR E MAIS

Não, não é o Top Gear de Super Nintendo, mas o programa da BBC. Nesta semana, quem curte Forza Horizon 4 recebeu muitos novos conteúdos com o update número 11 do jogo, que adicionou novas playlists de eventos, novos carros especiais da série, a funcionalidade "Horizon Life Timeline" para vermos toda a nossa história e progresso/desbloqueáveis que já temos e o que ainda podemos fazer, melhorias de acessibilidade e bugs, algumas mudanças no leilão de carros e, o que mais chamou a atenção, a nova história Horizon baseada em Top Gear. Ao todo, são sete capítulos onde controlaremos o famoso personagem piloto The Stig, com o vencedor dos capítulos levando para casa o Track-tor, veículo que ficou famoso na série e que está no Guinness World Records como o trator mais rápido do mundo (apesar de, como um trator de verdade, pra trabalhar no campo, ele não ser lá grandes coisa).
Fontes: Forza Motorsport, Playground Games, Xbox Power

TURN 10 FALA SOBRE O PRÓXIMO FORZA MOTORSPORT

Forza Motorsport 7 foi lançado há quase dois anos e, pelo cronograma de antigamente, estaríamos recebendo um novo Motorsport em 2019. Mas algo mudou na Turn 10 e na própria Xbox Game Studios, que ofereceu um suporte contínuo ao jogo nos últimos dois anos para que, no fim das contas, tivesse mais tempo para trabalhar também em seu próximo jogo.

Para o diretor criativo Chris Esaki, até as pistas estão sendo criadas de um jeito diferente, com um sistema totalmente reformulado e que foi trabalhado junto com a nova engine. Além disso, o próximo Motorsport também irá incluir pistas fictícias, algo que estão chamando de Forza Lore Series e que verá também o surgimento de crossovers com a série Horizon. A parte de física também foi completamente refeita, incluindo aí coisas como drafting e inteligência artificial. Com isso, o objetivo é fazer do próximo Forza Motorsport a excelência em jogos de corrida no mercado, e o diretor de arte Scott Lee até falou que a Turn 10 pegou algumas ferramentas técnicas diretamente da indústria do cinema para trazer a adrenalina das corridas reais para o jogo.
Fonte: Seasoned Gaming

DLC 'THE DELICIOUS LAST COURSE' DE CUPHEAD FICA PARA 2020

Cuphead foi um dos grandes jogos de 2017 e é, até hoje, um dos títulos de maior destaque no catálogo do Xbox One, graças a seu estilo artístico e sonoro únicos no mercado, além de uma jogabilidade deliciosa e desafiadora. O Studio MDHR sabe que tem uma jóia em suas mãos, e está trabalhando para deixá-la ainda mais brilhante. The Delicious Last Course é o primeiro DLC ("The DLC") do jogo, muita gente esperava ele ainda em 2019 mas, para um pouco de surpresa, foi anunciado que ficaria para 2020. Nele, teremos a inclusão de uma nova ilha, com fases e chefes, além de uma nova personagem (Ms. Chalice, que poderá ser usada durante todo o jogo), novos ataques e poderes... Enfim, é o trabalho primoroso do Studio MDHR que, em breve, retornará. Quem quiser ver o vídeo de como está o desenvolvimento, tem um link pra ver o vídeo direto aqui.
Fonte: Xbox News

GEARS 5 TERÁ PRIMEIRO VERSUS TEST EM 19 DE JULHO, LIBERADO PARA ASSINANTES GAME PASS

Na E3 2019, a Microsoft apresentou o novo modo Escape para Gears 5, o que gerou muitas críticas porque todo o restante do jogo ficou ofuscado, e o lançamento é logo ali, 10 de setembro (daqui a três meses). Hoje, eles confirmaram algumas novidades para Gears 5, incluindo aí o dia em que será realizado o Versus Multiplayer Technical Test. Todos que fizerem pre-order, e também assinantes Xbox Game Pass, terão acesso liberado a partir de 19 de julho, às 14h (Brasília), até o dia 21 de julho; dos dias 26 a 29, será realizada outra bateria de testes. O download do arquivo poderá ser realizado a partir do dia 17 de julho.
Fonte: Xbox News

O QUE OS DESENVOLVEDORES PENSAM SOBRE O XBOX GAME PASS

Pra nós, que jogamos, o Xbox Game Pass é uma maravilha: um baixo valor mensal por um catálogo de quase 250 jogos no Xbox One, que sobe para quase 350 jogos somando o PC para quem tem a assinatura Ultimate. Para a Microsoft, o Game Pass é um pilar central da sua estratégia de futuro nos videogames. Mas e para os desenvolvedores? Na semana passada, um painel da Gamelab que teve como host um cara do Games Industry, falou com desenvolvedores de Crusader Kings, Rime, Q.U.B.E. e Inside.

Para Dino Patti (ex-Playdead e atualmente na Jumpship, fazendo Sommervile), "os consumidores querem o máximo de jogos possível, o mais gratuito possível, mas você não pode ter nada gratuito, então, você precisa encontrar o preço certo. [...] eu acho que o jeito que o Game Pass faz seus negócios, é a primeira vez que acontece de uma maneira que considero justa para os desenvolvedores. Em todas as outras vezes em que me sugeriram programas de assinatura, nunca deu certo, porque eles não sabem o que a gente precisa e, no fim, acaba com os desenvolvedores colocando seus jogos praticamente de graça". Já Raul Rubio, da Tequila Works, é preciso "escolher seu parceiro de desenvolvimento com tanto cuidado quanto você escolhe seu parceiro amoroso". E Fred Wester (Paradox) comenta que o investimento em jogos para assinaturas é praticamente uma corrida do ouro, algo que "eu nunca vi antes em 16 anos de indústria, as pessoas estão jogando dinheiro em tudo. E, se você não está fazendo dinheiro hoje, você provavelmente não fará nunca."
Fonte: Eurogamer

BRIAN FARGO: "QUEREMOS TRABALHAR EM WASTELAND PELA PRÓXIMA DÉCADA"

Wasteland é o projeto mais próximo da inXile a ser lançado, com perspectiva de chegar ao mercado no primeiro semestre de 2020, sendo também o primeiro jogo do estúdio a contar com um apoio financeiro da Microsoft após a aquisição. Para Brian Fargo, o adiamento do lançamento, do fim desde ano para a primeira metade do próximo, é a primeira vez que o estúdio vai realmente ter alguma vantagem prática, além de ter sido possível trazer animadores, artistas, programadores, diretores técnicos e outros profissionais top de linha. Wasteland 3 não terá combates PVP, optando pela abordagem cooperativa. A estimativa é que consigam chegar a um tempo médio de gameplay de 15h, algo mais ou menos na linha de Wasteland 2 - mas a inXile reforça que, nesse tipo de jogo, onde o jogador pode fazer escolhas e ir por caminhos diferentes, é difícil largar uma estimativa que seja correta, já que tudo vai variar de acordo com a maneira como a qual o jogador realiza as ações. Além disso, já existem planos para DLCs futuros.

Especificamente sobre a Microsoft, Brian Fargo comenta que eles se sentiam como uma banda sem um tecladista ou um baixista, eles até faziam um som mas não era tudo o que podia ser feito. Então, esses espaços-chave que estavam vagos agora tem sido preenchidos de maneira relativamente rápida. Isso vai possibilitar eles criarem o jogo que realmente querem, Tim Campbell (Diretor Criativo de Wasteland 3) fez questão de reforçar isso, que não tem nada de dedo da Microsoft, tudo o que sair no produto final é objeto do desejo da inXile. Pra quem quiser saber mais, tem bastante coisa além disso no link.
Fonte: Wccftech

FREE PLAY DAYS DE GRIP: COMBAT RACING

Até a madrugada desta segunda-feira, 8 de julho, às 3h59min, assinantes Xbox Live Gold poderão jogar gratuitamente Grip: Combat Racing, um jogo de corrida onde a parte combate ganha destaque. O jogo está também no Game Pass e tem recebido constantes atualizações gratuitas, trazendo novas pistas, veículos e outros itens.
Fonte: Xbox News

DEALS WITH GOLD COM OFERTAS COMO FARMING SIMULATOR 17 E RIME

Mais promoções da semana pra quem quer comprar alguma coisa, com destaque para um sucesso inesperado e outro que é uma joia que pode ficar meio esquecida. O sucesso é Farming Simulator, uma série que, a cada novo título, atrai mais pessoas para viver a simulação de uma fazenda, eu tenho me surpreendido com o quanto de gente que volto e meia vejo jogando esse negócio; o outro é Rime, um jogo de aventura e exploração que pode parecer meio presunçoso em certos momentos, mas tem história e lições que valem a pena. Para ver a lista completa de promoções, é só acessar nosso tópico da semana.

LANÇAMENTOS DESTA SEMANA (1º A 5/JUL
LANÇAMENTOS DA PRÓXIMA SEMANA (8 a 12/JUL)
Terça-feira, 9 de julho
Quarta-feira, 10 de julho
  • SolSeraph (Ace Team/Sega) - Sem preço na Store ainda
Quinta-feira, 11 de julho
  • Blazing Chrome (JoyMasher/The Arcade Crew) - Sem preço na Store ainda (Xbox Game Pass)
  • Streets of Rogue (Matt Dabrowski/tinyBuild) - R$ 74,95 (Xbox One X Enhanced)
Sexta-feira, 12 de julho
  • Aggelos (LookAtMyGame/PQube Ltd) - R$ 54,95
  • Lethal League Blaze - Sem página na Store ainda
  • Redeemer: Enhanced Edition - Sem página na Store ainda
LINKS INTERESSANTES
  • "Accurate" E3 Demos - Esta E3 foi bastante criticada por muitas produtoras irem ao evento somente com CGs, sem gameplay de seus novos jogos. Mas, algumas ainda conseguiram mostrar um pouco de gameplay, dar uma ideia de como o jogo realmente funciona. Mas [2], quanto disso se sustenta para o lançamento final? Neste vídeo, dá pra ver que mesmo aqueles trailers bem criticados, como de Watch Dogs, sustentam boa parte de sua proposta, apesar do downgrade gráfico. | YouTube Raycevick
  • Cuphead – The Delicious Last Course será lançado em 2020 - O novo DLC de Cuphead ganhou, pelo menos, um ano de lançamento agora: 2020. Entre as principais novidades, estão a inclusão de uma nova personagem (Ms. Chalice), com suas novas habilidades e movimentos - e que pode ser utilizada fora do DLC também -, além de uma nova ilha, novas armas e outras coisinhas mais. | YouTube Studio MDHR
  • Desperados III receberá beta fechada em julho - A série Desperados está retornando e, em breve, jogadores de PC poderão fazer parte de uma fase beta fechada, entre os dias 9 e 21 de julho. Mas, se é de PC, por que está aqui? Porque o jogo também vai sair para Xbox One e PS4, e dá pra jogar com os controles dos consoles também, ajudando a calibrar como vai ser. Pra quem quiser tentar a sorte, são apenas 500 vagas. | Arena Xbox
  • Halo Size Comparision - O universo de Halo é gigantesco, e não é somente no escopo, mas no mundo do jogo mesmo. Sabe aqueles vídeos comparando o tamanho dos planetas e estrelas, desde a Terra até chegar a uns negócios absurdos de grande? Então, nesse vídeo, é mais ou menos isso, comparando o tamanho real de diversos elementos de Halo, desde o data crystal chip (não sei a tradução disso) da Cortana, passando por armas, armaduras e naves, chegando até a Instalation 00. | YouTube MetaBallStudios
  • Jogaecast #71 - Maiores expectativas do segundo semestre - O primeiro semestre de 2019 lançou alguns jogos muito bons, que poderão chegar lá na frente inclusive entre os melhores do ano. Mas o segundo semestre está aí, com bons jogos chegando também. Neste podcast, o povo do Jogae comenta 15 títulos que estão aguardando para os próximos meses. | Jogae.TV
  • Metal Wolf Chaos XD será lançado em 6 de agosto - Um jogo onde encarnamos o presidente dos Estados Unidos usando um robô gigante na luta contra o vice-Presidente. Que plot, hein. Metal Wolf Chaos XD é o remaster do original, lançado exclusivamente para Xbox em 2004 e agora chega ajustado para a nossa geração, disponível a partir de 6 de agosto no PC, PS4 e Xbox One. Pra quem não sabe do que se trata, tem um trailer aqui. | Gematsu
  • Novas informações de Age of Empires IV ainda em 2019 - Age of Empires II Definitive Edition está chegando, nesta entrevista, os devs comentam sobre algumas mudanças que farão o jogo ser mais justo (tipo a IA não ter mais recursos do que o jogador normal, ou da IA não precisar desbravar o mapa porque ela sabe de tudo também), é uma conversa bem extensa e recomendo a todos que querem jogar AOE II DE. Mas a parte que destaco aqui é sobre Age of Empires IV: depois de mostrarem aquele trailer lá em 2017, eles finalmente falarão mais sobre o jogo ainda em 2019, ou na Gamescom, ou na X019. | PCGamesN
  • Posso falar #03 - Sea of Thieves - Quando Sea of Thieves saiu, muita gente meteu o pau. Um ou outro foram os que curtiram, alguns do Nautilus estavam entre essa turma, e, agora, junto de Totoro (é, o do Porta), voltam para falar sobre Sea of Thieves, o Anniversary Update e jogos como serviço no geral. | Soundcloud Nautilus
  • Remedy retoma direitos sobre a IP de Alan Wake - Em um comunicado a seus investidores, a Remedy informou que acumulou € 2.5 milhões em royalties de seus jogos anteriores, valor que será repassado a empresa durante o segundo semestre. Em relação a isso, os direitos de publicação de Alan Wake foram revertidos à Remedy, o que significa que a desenvolvedora agora tem controle total sobre os jogos. O que ela vai fazer com isso, ninguém sabe, mas renasce uma pontinha de esperança que Alan Wake 2 veja a luz do dia em algum momento.| Global Newswire
  • The History of Dragon Age 2 - Depois de fazer o vídeo de Dragon Age: Origins, chegou a vez de conhecer melhor a história de Dragon Age 2. Como toda sequência, o trabalho é mais tranquilo porque muito do trabalho pesado já foi feito antes, mas a BioWare apostou em um caminho diferente para a sequência, algo que agradou alguns e desagradou outros. | YouTube GVMERS
  • Vídeo análise de Samurai Shodown - Samurai Shodown voltou, chegou e parece que muita gente gostou, com uma volta ao estilo do passado mas com uma roupagem moderna que mostra o motivo de, já em 1993, a série fazer bastante sucesso. | Nautilus


.
.
.

E era isso, gente. Esse frio que tá fazendo aqui no RS me pegou de jeito, geralmente consigo desviar dele mas dessa vez não deu, aí o resumo dessa semana tá mais curtinho e mais tarde - o plano até era sair mais tarde, ali pelas 15h30min, pra se adequar com a agenda da Microsoft, que divulga muita coisa na sexta-feira de manhã/tarde, mas o atraso de hoje foi por outro motivo. Mesmo assim, tem bastante coisa pra se inteirar sobre Xbox e passar o tempo com links, então, aproveitem, joguem bastante e tenham todos um excelente final de semana.


 
Última edição:

ronabs

Opa
Moderador
11,650
22,229
Porto Alegre
Muito bom . Tenho curiosidade de como funciona para a MS e para os desenvolvedores os ganhos do GP.
Para os devs, já vi vários relatos de que eles ganham um valor fechado acertado previamente, com base em fatores como tempo de lançamento, expectativa de vendas futuras, vendas que deixarão de ser feitas pelo jogo estar no Game Pass, etc. Parece ser um modelo mais justo do que cobrar por download/reprodução como faz o Spotify, por exemplo, já que isso daria vantagem a jogos mais conhecidos, por mais que exista uma diferença enorme de valor entre um Monster Hunter World e um Next Up Hero.
 
  • Curtir
Reações: Lightwarrior8

RAYMON

XBOX MVP
Administrador
9,585
14,117
São Paulo
"se você não está fazendo dinheiro hoje, você provavelmente não fará nunca"

Sabias palavras? Apesar de parecer duro, eu gosto dessa escola, faz pensar que o Game Pass não vai ser aquela mina de ouro pra gerar "youtubers" sem sentido que fazem tudo pra ganhar seus dolares no final do mês...
 

Saci

Heimdall dos Pampas
Moderador
9,744
12,340
Para os devs, já vi vários relatos de que eles ganham um valor fechado acertado previamente, com base em fatores como tempo de lançamento, expectativa de vendas futuras, vendas que deixarão de ser feitas pelo jogo estar no Game Pass, etc. Parece ser um modelo mais justo do que cobrar por download/reprodução como faz o Spotify, por exemplo, já que isso daria vantagem a jogos mais conhecidos, por mais que exista uma diferença enorme de valor entre um Monster Hunter World e um Next Up Hero.
O cara da Paradox preferia que fosse um modelo que remunerasse por hora jogada, como era no (falecido) On live, mas ao mesmo tempo ele admite que os jogos da Paradox costumam ser jogados por mais de 40 horas. Esse modelo seria ótimo pra ele, mas ruim para os demais, além de incentivar "encheção de linguiça" na produção dos jogos.
 
  • Curtir
Reações: Marcos Assis