Microsoft e Sony anunciam parceria para cloud, IA e streaming

HenriquePerche

Viciado
6,358
6,439
Ribeirão Preto
Não olhe para o PS4, mas para a divisão Playstation " lucro da divisão de games encolheu 14% "

"Ainda assim, o lucro da divisão de videogames caiu 14% no trimestre, uma vez que a popularidade de títulos como Marvel’s Spider-Man não conseguiu compensar a queda nas vendas de PS4. "

Em tempo: Não acho que o console vai acabar, nem nada desse tipo. Só que estão pensando com os bolsos.
Veja bem, eu não sou um especialista, mas eu acho que uma coisa é consequência da outra.
Sem consoles vendidos, você não vende softwares novos e nem assinaturas, logo o lucro diminui.

Eu não sei como a Sony ta vendo essa queda, mas eu acredito que isso é esperado.
Todo console tem uma curva de vendas com crescimento e depois redução. PlayStation foi extremamente bem nessa geração e agora o lucro ta diminuindo, não atoa a Sony já ta falando abertamente em próxima geração.
 
  • Curtir
Reações: MASSALLER-MG

HenriquePerche

Viciado
6,358
6,439
Ribeirão Preto
Na atual geração está mesmo, mais como disse "na próxima geração, ela é a que mais tem que se inventar", tanto que ela já fez a parceria pra usar o azure etc, pois se ela achar que vai ficar somente e focada em games single player com historia pode ficar pra trás. A MS em serviços manda bem no quesito serviços, rede etc e ela está atrás dos seus novos jogos single players com historia e a nintendo nem precisamos falar , pois sempre inventa um modo de conquistar o mundo todo e sempre consegue.
Sim, concordo plenamente!
Do mesmo jeito que a Sony ta indo atrás de estrutura, MS tá indo atrás de estúdios.

Ambas sabem que se não se mexerem, serão engolidas pelo tempo.
 
Veja bem, eu não sou um especialista, mas eu acho que uma coisa é consequência da outra.
Sem consoles vendidos, você não vende softwares novos e nem assinaturas, logo o lucro diminui.

Eu não sei como a Sony ta vendo essa queda, mas eu acredito que isso é esperado.
Todo console tem uma curva de vendas com crescimento e depois redução. PlayStation foi extremamente bem nessa geração e agora o lucro ta diminuindo, não atoa a Sony já ta falando abertamente em próxima geração.
Em minha opinião a sony já abandonou essa geração ela está 95% focada na próxima, temos mais certeza disso por ela ter saido da E3 e pior estes dois ultimos eventos dela, state of play foram bem abaixos do esperado.
 
  • Curtir
Reações: HenriquePerche

ronabs

Opa
Moderador
11,868
22,744
Porto Alegre
A Sony tá tomando várias decisões bem acertadas nos últimos meses, no sentido de se mexer para o futuro, e tem muita gente fazendo graça porque só consegue ver videogame como console war - da mesma maneira que uma galera fazia piada quando a Microsoft comecou seu processo de "abertura" em relação ao Xbox lá em 2015.

Permitir o download de 234 jogos de PS4 pra quem usa o Now no PS4, expandir catálogo (são quase 600 jogos por streaming disponíveis hoje), expandir serviço para 19 países (algo que Stadia/xCloud também deverão correr atrás pra poder atingir o maior número possível de pessoas), firmar parceria com o melhor serviço de cloud (Azure) já que não teria dinheiro/tempo pra desenvolver seus próprios servidores, reconhecer a importância de que é preciso reinventar o seu negócio porque focar somente em hardware é algo bem arriscado hoje em dia, planos de voltar a permitir o Now em aparelhos mobile (tomara que geral e não só na linha Xperia), SIE querendo aumentar sua força seja com expansão dos estúdios atuais (que já vem acontecendo há pelo menos dois anos, diga-se de passagem, tendo a Guerrilla como maior exemplo, que pretende chegar a 400 funcionários) ou aquisição de novos, começo de abertura pra cross play (por pressão dos jogadores, mais de outras plataformas do que dela mesma mas enfim, movimento é positivo), PS5 rodando jogos de PS4 (algo que a Sony teve que "voltar atrás" depois de fazer pouco caso de retrocompatibilidade), PS5 usar um SSD power pra potencializar loadings em jogos (algo já demonstrado em vídeo com Spider-Man e, como o Henrique falou, dá aquela sensação de "opa, isso aqui é nova geração"), entre várias outras que certamente esqueci.

Às vezes, a gente olha tanto pra Microsoft que pode parecer que a Sony está parada. Tá todo mundo mexendo suas peças.
 
Última edição:
Concordo plenamente com você, ambas estão se mexendo, mais como você mesmo disse nós ultimos meses, ou seja parece que ela acordou e foi correr atrás agora, como vi um comentário aqui do fórum mesmo a única diferença e que a MS está se mexendo a mais tempo.

Por exemplo muito amigos meus viram a parceria da sony com azurecomo ruim, assim como a da MS com a nintendo, eu vejo como muito boa pra todos os gamers, pois quem ganha em qualidade e cada vez mais opção somos nós.
A Sony tá tomando várias decisões bem acertadas nos últimos meses, no sentido de se mexer para o futuro, e tem muita gente fazendo graça porque só consegue ver videogame como console war - da mesma maneira que uma galera fazia piada quando a Microsoft comecou seu processo de "abertura" em relação ao Xbox lá em 2015.

Permitir o download de 234 jogos de PS4 pra quem usa o Now no PS4, expandir catálogo (são quase 600 jogos por streaming disponíveis hoje), expandir serviço para 19 países (algo que Stadia/xCloud também deverão correr atrás pra poder atingir o maior número possível de pessoas), firmar parceria com o melhor serviço de cloud (Azure) já que não teria dinheiro/tempo pra desenvolver seus próprios servidores, reconhecer a importância de que é preciso reinventar o seu negócio porque focar somente em hardware é algo bem arriscado hoje em dia, planos de voltar a permitir o Now em aparelhos mobile (tomara que geral e não só na linha Xperia), SIE querendo aumentar sua força seja com expansão dos estúdios atuais (que já vem acontecendo há pelo menos dois anos, diga-se de passagem, tendo a Guerrilla como maior exemplo, que pretende chegar a 400 funcionários) ou aquisição de novos, começo de abertura pra cross play (por pressão dos jogadores, mais de outras plataformas do que dela mesma mas enfim, movimento é positivo), entre várias outras que certamente esqueci.

Às vezes, a gente olha tanto pra Microsoft que pode parecer que a Sony está parada. Tá todo mundo mexendo suas peças.
 

DoutorGoriBR

Ga♏erssauro
PXB Gold
1,275
1,811
Sony esta tentando abrir alguma perspectiva de futuro. Nem que tenha que entregar a cesta de ovos de ouro pra MS.
Em 7 a 10 anos a MS vai estar com os bagos da Sony numa prensa mecânica e brincando de apertar.
 

Rastaman BR

Novato
786
1,281
O anúncio da Google balançou mesmo pelo visto, Sony teve que pedir arrego para Microsoft para tentar continuar competitiva, quem diria hein?
Se de fato a Google vier com uma proposta séria e disposta a investir pesado nos games, todos os atuais players do mercado precisam se preocupar, especialmente Sony e Nintendo, que não tem a mesma conta bancária pra encarar um conflito de gigantes.
 
  • Curtir
Reações: Maxximu

HenriquePerche

Viciado
6,358
6,439
Ribeirão Preto
tambem acho isso. Google é fogo de palha em muitos projetos, ele faz muito bem o que sempre soube fazer, mas quando se arrisca, geralmente nao consegue entregar o que se espera...
Exatamente o que eu penso.

E mais: meu segundo palpite é que o Stadia será a porta de entrada da galera jogadora de smartphone para os consoles de mesa.
 

Saci

Heimdall dos Pampas
Moderador
9,983
12,794
Esses tempos o Shawn Layden comentou que o Playstation ia investir mais na área de multiplayers. De onde veio isso?
Já repararam que o PS4 não exige Plus para jogar Fortnite online, certo? Bom, também viram a grana violenta que a EPIC ganha com Fortnite. Só que quando essas microtransações ocorrem pela loja do PS, 30% dessa grana fica com a Sony. O mesmo vale para o Xbox.

Poxa, tá lá os caras da Sony vendo o dinheiro entrar sem parar, é mais do que natural eles pensarem "já pensou se TUDO ficasse com a gente?"
 

Maxximu

Casual
3,297
2,418
A Sony demorou a pensar no futuro? Talvez não. Mas certamente demorou para EXECUTAR.
O Massaler falou que a Sony pensa 95% na nova geração, eu me pergunto cadê os outros 5%. Days Gone foi planejado faz tempo, e enquanto 2018 foi um ano a ser lembrado, 2019 poderia facilmente ser esquecido, pelos donos de PS4 e PS3.

É um ano sabático para a divisão Playstation. Só espero que estejam prontos para os novos ventos.
 

HenriquePerche

Viciado
6,358
6,439
Ribeirão Preto
A Sony demorou a pensar no futuro? Talvez não. Mas certamente demorou para EXECUTAR.
O Massaler falou que a Sony pensa 95% na nova geração, eu me pergunto cadê os outros 5%. Days Gone foi planejado faz tempo, e enquanto 2018 foi um ano a ser lembrado, 2019 poderia facilmente ser esquecido, pelos donos de PS4 e PS3.

É um ano sabático para a divisão Playstation. Só espero que estejam prontos para os novos ventos.
Planejando as coisas 2 anos antes da geração chegar não é demorar, é se mover no momento certo.

Lógico que se você for comparar com a Microsoft que planejou e executou tudo isso durante essa geração, parece que a Sony demorou, porém diferente da Microsoft a Sony ficou confortável pela geração inteira, já a Microsoft precisou se mover pra arrumar as gafes do começo da geração.
A gente sabe que a Microsoft mesmo fazendo tudo que fez (retro, game pass, One X) não ofereceu perigo pra Sony falando em termos de mercado/vendas. Em contrapartida a Sony viu que se ela não se adequar pra próxima geração, sabe que a Microsoft vai engolir ela.

Eu tenho certeza se o começo da geração a Microsoft tivesse com retro, game pass, console mais forte e um marketing bom, a Sony tinha comido poeira nas vendas.

Acho que o único "prejuízo" disso tudo é exatamente o que você comentou: 2019 da Sony tá sendo um limbo total em termos de jogos exclusivos, e honestamente eu não vejo isso mudando pra esse ano, acho que os jogos exclusivos que faltam pra lançar ainda nessa geração, saem tudo em 2020.

Porém eu tô vendo a história se repetir no final da vida do PS3:

Ali entre 2009 e 2011 a Sony se refez da cagada do lançamento do PS3 e começou a se reerguer.
Lançou PS Plus, Uncharted 2 foi GOTY, lançou bons exclusivos, só que no ano seguinte, em 2012, foi um ano ruim demais, tanto em termos de exclusivos quanto em termos de multiplataformas. Foi um ano que The Walking Dead da Telltale ganhou o GOTY pra você ter noção hahaha

Em 2012 começaram os rumores do PS4, mas ainda tinha muita coisa pra lançar pro PS3, ai veio aquele 2013 maravilhoso da Sony com vários exclusivos ótimos, e no final do ano saiu o PS4. Arrisco dizer inclusive que 2013 da Sony influenciou muito o início do Ps4.

Então tô vendo isso acontecer, Sony colocou o PS4 na banguela agora, 2019 vai ser magrinho magrinho, mas acho que 2020 vão lançar os exclusivos que faltam, e dos três, pelo menos um já é certeza que será um masterpiece concorrente a GOTY com um metacritic +90, e ai fecha a geração bem e abre a próxima com uma certa confiança dos cliente.

Essa é minha visão desse fim de geração da Sony, acho que tá tudo bem encaminhado.
 

Maxximu

Casual
3,297
2,418
Planejando as coisas 2 anos antes da geração chegar não é demorar, é se mover no momento certo.

Lógico que se você for comparar com a Microsoft que planejou e executou tudo isso durante essa geração, parece que a Sony demorou, porém diferente da Microsoft a Sony ficou confortável pela geração inteira, já a Microsoft precisou se mover pra arrumar as gafes do começo da geração.
A gente sabe que a Microsoft mesmo fazendo tudo que fez (retro, game pass, One X) não ofereceu perigo pra Sony falando em termos de mercado/vendas. Em contrapartida a Sony viu que se ela não se adequar pra próxima geração, sabe que a Microsoft vai engolir ela.

Eu tenho certeza se o começo da geração a Microsoft tivesse com retro, game pass, console mais forte e um marketing bom, a Sony tinha comido poeira nas vendas.

Acho que o único "prejuízo" disso tudo é exatamente o que você comentou: 2019 da Sony tá sendo um limbo total em termos de jogos exclusivos, e honestamente eu não vejo isso mudando pra esse ano, acho que os jogos exclusivos que faltam pra lançar ainda nessa geração, saem tudo em 2020.

Porém eu tô vendo a história se repetir no final da vida do PS3:

Ali entre 2009 e 2011 a Sony se refez da cagada do lançamento do PS3 e começou a se reerguer.
Lançou PS Plus, Uncharted 2 foi GOTY, lançou bons exclusivos, só que no ano seguinte, em 2012, foi um ano ruim demais, tanto em termos de exclusivos quanto em termos de multiplataformas. Foi um ano que The Walking Dead da Telltale ganhou o GOTY pra você ter noção hahaha

Em 2012 começaram os rumores do PS4, mas ainda tinha muita coisa pra lançar pro PS3, ai veio aquele 2013 maravilhoso da Sony com vários exclusivos ótimos, e no final do ano saiu o PS4. Arrisco dizer inclusive que 2013 da Sony influenciou muito o início do Ps4.

Então tô vendo isso acontecer, Sony colocou o PS4 na banguela agora, 2019 vai ser magrinho magrinho, mas acho que 2020 vão lançar os exclusivos que faltam, e dos três, pelo menos um já é certeza que será um masterpiece concorrente a GOTY com um metacritic +90, e ai fecha a geração bem e abre a próxima com uma certa confiança dos cliente.

Essa é minha visão desse fim de geração da Sony, acho que tá tudo bem encaminhado.
Concordo com quase tudo.

A Sony se recuperou no PS3 e deu o troco no PS4. Mas a tem um trecho que não concordo:
"A gente sabe que a Microsoft mesmo fazendo tudo que fez (retro, game pass, One X) não ofereceu perigo pra Sony falando em termos de mercado/vendas."

Volta e meia se fala em vendas como justificativa, mas se for pra falar em dinheiro, não tem como comparar as empresas né?! Então vamos pular esse assunto enfadonho.

Sobre a quantidade a Sony bateu a MS. Mas como estamos falando em evolução do console / futuro, foi exatamente o contrário.

O PS4 é o mesmo de 2013, com pequenos ajustes (HD externo, mudança de ID, etc)
O Xbox é outro video game desde 2013. (retro, game pass, real 4K, etc).

E não dá pra manter o console de 2019 para a nova geração, dá?
Pergunto pq tirando a potência do PS5, ele vai vir com as mesmas funções do Xbox X (já lançado).
 

HenriquePerche

Viciado
6,358
6,439
Ribeirão Preto
Concordo com quase tudo.

A Sony se recuperou no PS3 e deu o troco no PS4. Mas a tem um trecho que não concordo:
"A gente sabe que a Microsoft mesmo fazendo tudo que fez (retro, game pass, One X) não ofereceu perigo pra Sony falando em termos de mercado/vendas."

Volta e meia se fala em vendas como justificativa, mas se for pra falar em dinheiro, não tem como comparar as empresas né?! Então vamos pular esse assunto enfadonho.

Sobre a quantidade a Sony bateu a MS. Mas como estamos falando em evolução do console / futuro, foi exatamente o contrário.

O PS4 é o mesmo de 2013, com pequenos ajustes (HD externo, mudança de ID, etc)
O Xbox é outro video game desde 2013. (retro, game pass, real 4K, etc).

E não dá pra manter o console de 2019 para a nova geração, dá?
Pergunto pq tirando a potência do PS5, ele vai vir com as mesmas funções do Xbox X (já lançado).
Então, mas é que a "justificativa vendas" é sempre necessária, não tem nada de enfadonho nisso, é só não tratar como um tabu.
Comparar o dinheiro da MS com a da Sony eu nem ouso kkkkkk

Veja bem, nenhuma empresa nesse mundo faz as coisas só porque ela é uma empresa legal, a evolução de um produto vem exatamente da necessidade de vendê-lo cada vez mais e consequentemente ganhar dinheiro.

Ai vem o que você falou de evolução do console, que eu concordo 110%: PS4 é um console que pouco mudou, estagnado eu diria. Já o One é outro videogame desde 2013.
Mas porque a Sony não precisou mudar o PS4 o quanto a Microsoft mudou o Xbox One? Porque pra Sony as vendas do PS4 foram satisfatórias, e ela fez valer a frase: "em time que tá ganhando não se mexe".

E eu poderia dizer também:
Porque a Microsoft não precisou mudar o 360 o quanto a Sony mudou o PS3? Porque pra MS as vendas do 360 foram satisfatórias, e ela fez valer a frase: "em time que tá ganhando não se mexe".

Um exemplo clássico e recente é o Wii U.
Nintendo teve que matar o console precocemente porque absolutamente nada que ela fizesse salvaria o console. É assim que funciona, tudo está ligado as vendas.

E volto a dizer: essa estruturação que a Sony ta fazendo é unicamente focando em vender o consoles, esse é o foco no final das contas.

E se você me perguntar: qual foi o cliente que mais ganhou com essa disputa?
Eu te respondo sem pensar: o cliente do Xbox com folga e sem sombra de dúvidas.
 
Última edição:

Maxximu

Casual
3,297
2,418
Blz! ;)

A próxima geração (PS5) precisa de mais do que o Xbox X já tem. (claro, ainda não sabemos o que vem!) Mas é esperado que venha mais que o X, certo?

Pode vender como uma tekpix, mas se não der ao usuário a tecnologia de ponta que tem no concorrente, já ficou para trás.
 
  • Curtir
Reações: HenriquePerche